Menu
sexta, 29 de maio de 2020
BANNER ANNA
Busca
BONITO AGUAS DE BONITO
BODOQUENA - FOGO

Incêndio destrói 200 hectares e aceiro construído as pressas impede fogo de chegar em Bodoquena

Incêndio destrói 200 hectares e aceiro construído as pressas impede fogo de chegar em

16 Set 2019 - 18h51Por G1/MS

Um aceiro de 2 km - uma espécie de barreira para contenção - foi construído as pressas para evitar que o fogo em uma vegetação chegasse próximo a residências de dois bairros de Bodoquena, a 240 km de Campo Grande. De acordo com a prefeitura, o fogo que começou na tarde deste domingo (15), destruiu cerca de 200 hectares.

Conforme o secretario adjunto de administração e finanças do município, Hélio Ferreira Gonçalves, cerca de 30 homens, entre funcionários e voluntários, trabalharam na construção do aceiro: "É um sistema onde construímos uma espécie de estrada e jogamos água nesse espaço para refrigerá-lo e assim o fogo não avança", explica.

Incêndio já destruiu 200 hectares e aceiro é construído as pressas em Bodoquena.  Foto: Osvaldo DanielIncêndio já destruiu 200 hectares e aceiro é construído as pressas em Bodoquena.  Foto: Osvaldo Daniel

Incêndio já destruiu 200 hectares e aceiro é construído as pressas em Bodoquena. — Foto: Osvaldo Daniel

Segundo Gonçalves, o incêndio que começou nesse domingo, não corre risco de chegar até as casas dos moradores: "Tudo foi controlado, mas ainda há brasas que podem gerar novos incêndios, ou se alguém de forma criminosa atear fogo nessa região. Estamos monitorando essa área".

Para a contenção das chamas, foram utilizados uma patrola, uma pá carregadeira e mais três caminhões-pipas. Segundo o secretário, as chamas chegaram a cerca de 20 metro das residências.

Máquinas na construção de aceiro para evitar fogo chegar próximo de cidade.  Foto: Hélio FerreiraMáquinas na construção de aceiro para evitar fogo chegar próximo de cidade.  Foto: Hélio Ferreira

Máquinas na construção de aceiro para evitar fogo chegar próximo de cidade. — Foto: Hélio Ferreira

 

Ajuda para combater incêndios

 

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB), anunciou nesta segunda-feira (16) que o estado irá receber apoio logístico e recursos financeiros do Governo Federal para intensificar o combate aos focos de calor em Mato Grosso do Sul. O estado que decretou na quarta-feira passada (11), por 180 dias, situação de emergência em razão do grande número de queimadas, terá ajuda da União que irá ceder aeronaves do Exército e equipes de brigadistas do Ibama, além de uma verba específica.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Apenas o veículo entrou no cemitério no início da tarde de hoje em Dourados DOURADOS - TRISTE
Protocolo é seguido e mulher vítima de Covid-19 é enterrada sem despedida de familiares em Dourados
DOURADOS - VÍTIMA DA COVID-19
Jovem de 27 anos morre por Covid-19 em Dourados
Instituto de Desenvolvimento de Bonito
Requerimento quer antecipar feriados e pode causar mais dificuldades no turismo de Bonito
Homem é executado com 6 tiros a 'queima-ropa' durante partida de futebol em MS ASSASSINATO A ESCLARECER
Homem é executado com 6 tiros a 'queima-ropa' durante partida de futebol em MS
ALISTAMENTO
Governo prorroga até 30 de setembro prazo para alistamento militar
Secretaria  de Educação  de MS  exibirá  aulas remotas na TVE SED/MS e FERTEL
SED/MS e FERTEL firmam convênio para transmissão de aulas da rede pública pela TVE Cultura
Meteorologia
Sexta-feira amanhece geladinha, mas a previsão é de calor no período da tarde, em Bonito (MS)
Instituto de Desenvolvimento de Bonito
Representantes dos transportadores turísticos e atrativos de Bonito participam de reuniões virtuais
Pagamento dos integrantes do programa Fazendo Bonito será nesta sexta-feira BONITO - MS - FAZENDO BONITO
Atenção Bonito: Pagamento dos integrantes do programa Fazendo Bonito será nesta sexta-feira
Sorteio
Mega-Sena acumula mais uma vez e prêmio vai a R$ 38 milhões