Menu
terÁa, 20 de agosto de 2019
Busca
BONITO AGUAS DE BONITO

Cientistas apresentam novas variedades de trigo para plantio em MS

19 Mar 2011 - 11h22Por Revista Fator

Mato Grosso do Sul, junto com São Paulo e os estados da região sul, receberá já para a próxima safra novas variedades de trigo desenvolvidas pelos pesquisadores da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. O cultivo deve começar já em abril.

Utilizada pelos produtores do Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina, a BRS 208 é resistente às principais doenças do trigo, como a ferrugem da folha, as manchas foliares e os fungos. Apresenta qualidade industrial estável em diferentes ambientes e classifica-se como trigo Pão porque é voltada para produção da indústria panificadora.

A BRS Pardela é uma boa opção para a produção do tradicional pão francês devido ao alto teor de glúten, tenacidade e estabilidade de farinha. Também pode ser utilizada na fabricação de massa. A BRS Pardela apresenta boa resistência a fungos e à ferrugem da folha, moderada resistência à brusone e às manchas foliares. É indicada para áreas de alta fertilidade, onde pode apresentar bom rendimento de grãos.

Outra variedade indicada para a fabricação de pão francês é a BRS Tangará, que tem resistência a fungos e à ferrugem da folha e apresenta melhor rendimento em locais com temperaturas mais amenas. Outra opção de cultivo para os agricultores é a BRS Albatroz, da classe Pão e com excelente potencial produtivo, lançada no ano passado em parceria com a Fundação Meridional.

Para o estado de São Paulo, a cultivar mais indicada é a BRS 210, também desenvolvida pela Embrapa, que apresenta porte baixo e adapta-se bem tanto em sistema de cultivo de sequeiro quanto em condições irrigadas.

No Rio Grande do Sul, segundo maior produtor brasileiro de trigo, a cultivar da Embrapa mais plantada na última safra foi a BRS Guamirim. Essa variedade caracteriza-se pelo porte baixo e grande número de espigas por metro quadrado. Classificada como Trigo Pão, é indicada para panificação industrial e mesclas de farinha.

Também da classe Pão, a BRS Tarumã serve tanto para produção de grãos, quanto para forragem voltada à alimentação animal. Por conta disso, é indicada para a integração lavoura-pecuária, principalmente leiteira.

Lançada no ano passado, a BRS 327 apresenta várias características de interesse do produtor, como produtividade e sanidade. A cultivar é resistente às principais pragas e doenças da cultura, como manchas foliares e ferrugem da folha.

A BRS 296 apresenta ciclo precoce, excelente sanidade e estabilidade produtiva, sendo classificada como Trigo Pão. Tanto ela como as variedades BRS Guamirim, BRS Tarumã e BRS 327 são comercializadas pela Embrapa Transferência de Tecnologia.

Deixe seu Coment√°rio

Leia Também

Futebol
Grêmio e Palmeiras iniciam 'batalha' por vaga na semifinal da Libertadores
Festival
Ap√≥s tr√™s dias de festival, Comitiva dos Chefs se consolida como evento gastron√īmico de valoriza√ß√£o
ESTUPRO
Criança de 7 anos é estuprada por marido de avó; pastor denuncia caso
Policial
Homem que matou trabalhador a facadas e passou com caminhão por cima do corpo é preso
Política
Bolsonaro transferirá Coaf para o Banco Central via medida provisória
TRAG√ČDIA
Criança cai de carro em movimento e morre em MS
Bonito
Terça-feira amanhece geladinha, mas a previsão é de calor, em Bonito (MS)
BONITO - MS - SA√öDE
Confira as unidades de Sa√ļde que n√£o abrem nesta 3¬™ e 4¬™ em Bonito (MS)
AGORA DEU MEDO
Velório é interrompido após morto 'apertar' mão da esposa
TRAG√ČDIA NAS ESTRADAS
Jovem caminhoneira morre em acidente e comove colegas de toda a regi√£o