Menu
BANNER ANNA
tera, 2 de junho de 2020
Busca
POLONIO IMÓVEIS
ASSASSINATO

Jovem é morta a golpes de canivete pelo ex-namorado no dia do aniversário em MS

Jovem é morta a golpes de canivete pelo ex-namorado no dia do aniversário em MS

23 Jun 2019 - 13h08Por G1/MS

Kelly Cristina Rodrigues de Souza, de 20 anos, foi morta pelo ex-namorado com golpes de canivete na noite deste sábado (22), dia em que comemorava o próprio aniversário, em Costa Rica, a 327 km de Campo Grande. De acordo com a polícia, o suspeito, de 24 anos, foi preso e não mostrou arrependimento.

Segundo o delegado Gustavo Mendes Silva, os dois tiveram um relacionamento por cerca de dois anos e meio e desde novembro do ano passado, a vítima teria se separado do suspeito que foi preso em casa.

"De início ele disse que não tinha remorso e que estava aliviado. Na residência também encontramos o canivete que foi apreendido," explicou ao G1. Conforme o delegado, o crime ocorreu após uma discussão do homem com a vítima. No primeiro desentendimento, os dois estavam com mais um grupo de amigos e o suspeito nervoso, quebrou o celular de Kelly.

Depois de alguns momentos de conversa, os dois ficaram sozinho no local e após uma nova discussão, o suspeito teria usado um canivete com lâmina de 9 centímetros para dar o primeiro golpe no abdômen de Kelly. Ela conseguiu correr, mas caiu a alguns metros da praça.

Segundo a ocorrência, o suspeito foi atrás da vítima e a atingiu com mais dois golpes na região do pescoço, conforme testemunhas. Kelly morreu antes do socorro e da polícia chegar ao local.

De acordo com o delegado, a jovem fez um boletim de ocorrência de ameaça e teria solicitado medida protetiva em novembro de 2018. O caso foi registrado como feminicídio.

Feminicído em MS
Mato Grosso do Sul registrou 19 casos de feminicídio de 1º de janeiro até 22 de junho deste ano, conforme a Secretaria Estadual de Justiça e Segurança Pública (Sejusp). Já de acordo com a Subscretaria Estadual de Políticas Públicas para a Mulher, Kelly é a vigésima vítima.

O ultimo caso foi na terça-feira (18), em Aral Moreira, a 373 quilômetros de Campo Grande, na fronteira com o Paraguai. De acordo com a polícia, Andreia Pereira dos Santos foi morta a tiros na lanchonete dela pelo marido, de 39 anos, que foi preso durante abordagem na MS-156, entre os municípios de Amambai e Tacuru.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Roubo
Mulher leva pancada na cabeça, desmaia e quando acorda percebe que foi roubada
OPERAÇÃO
Operação Sucata Preciosa cumpre mandados de busca e apreensão em três cidades de MS
Confronto
Homem morre durante confronto com o Bope em 'boca de fumo'
PLANTÃO POLICIAL JARDIM - MS - CASO DE POLÍCIA
Dois são presos após realização de festa em residência durante pandemia em Jardim (MS)
Mulher é esfaqueada e tem pulmão perfurado pelo marido FEMINICÍDIO EM MS
FEMINICÍDIO: Mulher é esfaqueada e tem pulmão perfurado pelo marido
BONITO - MS - CASO DE POLÍCIA
Homem atrapalha o serviço da polícia e caso vai parar na delegacia de Bonito
FATALIDADE
Idoso é atropelado por moto e morre horas depois em hospital da fronteira
POLICIALJovem é morto por tiros de fuzil na região central de Ponta Porã ASSASSINATO A ESCLARECER
AGORA: Jovem é morto por tiros de fuzil em MS
COM PLACAS DE MIRANDA PLACAS DE MIRANDA - POLÍCIA
Com placas de Miranda, homem é preso com 48Kg de drogas em compartimento falso da caminhonete
Homem é executado com 6 tiros a 'queima-ropa' durante partida de futebol em MS ASSASSINATO A ESCLARECER
Homem é executado com 6 tiros a 'queima-ropa' durante partida de futebol em MS