Menu
tera, 3 de agosto de 2021
Busca
BONITO AGUAS DE BONITO JUNHO
Mapa da desigualdade

Pesquisa mostra que 0,7% da população detém 41% da riqueza mundial

17 Out 2013 - 09h38Por UOL

Cinco anos depois do início da crise econômica mundial, marcada pela quebra do banco norte-americano Lehamn Brothers, os indicadores financeiros seguem apontando para uma concentração da riqueza ao redor do globo. De acordo com o relatório "Credit Suisse 2013 Wealth Report", um dos mapeamentos mais completos sobre o assunto divulgados recentemente, 0,7% da população concentra 41% da riqueza mundial.

Em valor acumulado, a riqueza mundial atingiu em 2013 o recorde de todos os tempos: US$ 241 trilhões. Se este número fosse dividido proporcionalmente pela população mundial, a média da riqueza seria de US$ 51.600 por pessoa. No entanto, não é o que acontece. Veja abaixo o gráfico da projeção de cada país se o PIB fosse dividido pela população:
A Austrália é o país com a média de riqueza melhor distribuída pela população entre as nações mais ricas do planeta. De acordo com o estudo, os australianos têm média de riqueza nacional de U$219 mil dólares. 

Apesar de serem o país mais rico do mundo em termos de PIB (Produto Interno Bruto) e capital produzido, os EUA têm um dos maiores índices de pobreza e desigualdade do mundo. Se dividida, a riqueza dos EUA seria, em média, de mais de US$110 mil dólares. No entanto, é atualmente de apenas US$ 45 mil dólares - menos da metade.

Entre os países com patrimônio médio de US$ 25 mil a US$ 100 mil se destacam emergentes como Chile, Uruguai, Portugal e Turquia. No Oriente, Arábia Saudita, Malásia e Coreia do Sul. A Líbia é o único país do continente africano neste grupo. A África, aliás, continua com o posto de continente com a menor riqueza acumulada.

Mesmo com o crescimento da riqueza mundial, a desigualdade social continua com índices elevados. Os 10% mais ricos do planos detêm atualmente 86% da riqueza mundial. Destes 0,7% tem posse de 41% da riqueza mundial. 
 

Deixe seu Comentário

Leia Também

FUNTRAB BORA TRABALHAR
BORA TRABALHAR: Semana começa com 1,3 mil vagas de empregos em 28 cidades de MS
Ministro Bento Albuquerque, governador Reinaldo Azambuja e demais autoridades participaram da inauguração a usina termelétrica William Arjona (Foto: Saul Schramm) AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Investimentos de R$ 4 bilhões na geração de energia em MS vão criar 15 mil empregos
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Com apoio do Governo do Estado, usina de etanol vai gerar 150 empregos diretos e 2 mil indiretos
(Imagem: Reprodução/Google) BONITO - MS - PAGODE
Prefeitura deposita salário dos servidores municipais nesta sexta-feira em Bonito (MS)
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Servidores de MS recebem neste fim de semana; folha de julho injeta R$ 408 milhões na economia
FOTO: Assessoria de Comunicação do SEEBCG-MS OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Com vagas em BONITO, Banco do Brasil prorroga inscrições de concurso para 4.480 vagas
ENERGIA SOLAR NO PANTANAL
Ilumina Pantanal promove desenvolvimento, dinamiza turismo e valoriza o pantaneiro, diz Reinaldo
TURISMO - AUXÍLIO
Auxílio de R$ 1.000 do Incentiva+MS Turismo, veja como fazer o cadastro e ficar ligado no prazo
PANTANAL - ENERGIA SOLAR ENERGIA SOLAR NO PANTANAL
Governador e ministro visitam projeto para levar energia solar a mais de 2 mil famílias no Pantanal
Foto: @visitmsoficial/Alexis Prappas MS - A RETOMADA
Inscrições para auxílio de R$ 1 mil reais do Programa 'Incentiva+MS Turismo' vai até dia 08 em MS