Menu
domingo, 20 de setembro de 2020
Busca
BONITO AGUAS DE BONITO
ECONOMIA

Exportações de soja crescem e somam 36% da balança comercial de MS

As exportações de soja contribuíram para o aumento, chegando a representar 36,5% de todo o volume exportado em 2020.

9 Set 2020 - 08h51Por ANNA GOMES

Mato Grosso do Sul terminou agosto com saldo de US$ 2,816 milhões na balança comercial, 32% maior que o verificado nos oito primeiros meses de 2019. As exportações de soja contribuíram para o aumento, chegando a representar 36,5% de todo o volume exportado em 2020.

As informações são da Carta de Conjuntura do Setor Externo do mês de junho, divulgada nesta terça-feira (8) pela Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar). Acesse o documento aqui.

As exportações de soja cresceram 58,6% em relação ao mesmo período do ano passado, devido à expansão no volume enviado a outros países, que somou 4,4 milhões de toneladas de janeiro a agosto deste ano. A celulose permanece como o segundo produto, embora tenha registrado uma queda de 17,49% na variação entre 2019 e 2020. O recuo no período ocorreu principalmente devido à queda de preço do produto no mercado internacional, visto que o volume exportado aumentou.

Outros destaques no primeiro semestre de 2020 foram as exportações de óleos e gorduras vegetais e animais, que cresceram 135,73% em relação ao mesmo período; as de açúcar, que aumentaram 263,51%, e as de ferro-gusa, que subiram em 325%.

“Nós temos alguns pontos relevantes que já vêm ocorrendo ao longo de 2020. Um deles é a taxa de câmbio média, que ficou em R$ 5,27 no mês de agosto, valor 40% superior ao que ela estava no passado. Isso significa mais receita para esses produtores e preços mais elevados para esses produtos em função de aumento na demanda internacional”, comenta o secretário Jaime Verruck.

O titular da Semagro destacou o impacto do câmbio nas exportações de soja em Mato Grosso do Sul. “No caso da soja, tivemos um crescimento de 61% em relação ao volume exportado no ano passado, o que é um fator extremamente positivo. Quando nós comparamos em relação a valores, o aumento foi de 55%. Então, a gente já está hoje com 3,915 milhões de toneladas de soja exportadas no Mato Grosso do Sul, o que representa cerca de 40% da soja produzida em nosso Estado”.

Sobre a celulose, segundo produto de exportação, o fator câmbio não tem sido suficiente para compensar a queda do preço no mercado externo. “Nesse item, tivemos um crescimento de 7%, mas diferentemente da soja, houve uma redução no preço em dólar no mercado internacional. Mesmo assim, a celulose ainda preserva o seu crescimento na pauta, posicionando o município de Três Lagoas como principal exportador do Estado”, ponderou Jaime Verruck.

Com relação às exportações de proteína animal, “a carne bovina está praticamente estabilizada. Tivemos a perda de alguns credenciamentos durante a pandemia, em função principalmente do mercado chinês, mas isso deve ser retomado. Há também a questão da falta de bovinos para que a gente possa fazer o abate, mas a perspectiva é de crescimento”, afirmou o secretário.

“Na carne de aves nós estamos 18% acima do ano passado. Também tivemos intercorrências em função da pandemia que resultaram em descredenciamento, mesmo assim o setor expandiu suas exportações. Na carne suína, temos uma perspectiva de crescimento no mercado interno, mas nas exportações já aparecemos em alguns mercados internacionais como Hong Kong”, completou.

A China segue como principal destino das exportações de Mato Grosso do Sul, com 50,88% do total exportado, seguida pela Argentina (4,45%) e Estados Unidos (4,01%). Três Lagoas lidera os municípios exportadores, embora o destaque seja para o segundo. Dourados que expandiu 101% suas exportações, principalmente devido às exportações de soja.

Nesse período de pandemia da Covid-19, as medidas de restrição às importações que têm sido implantadas pela China são alvo de monitoramento constante dos governos federal e estadual.

Deixe seu Comentário

Leia Também

AÇÕES DO GOVERNO DO MS
Unidade produtora de leitões vai gerar 100 empregos diretos em Sidrolândia
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Mais 112 famílias de catadores de recicláveis atingidas pela pandemia recebem cestas básicas
300TÃO
Auxilio Emergencial de R$ 300: nem todos devem receber as novas quatro parcelas
BORA PRA BONITO - MS
Começou a temporada dos 10% OFF no Hotel Pousada Águas de Bonito
No total, são 4 ciclos, tendo como base o mês de nascimento do beneficiado. AUXILIO EMERGENCIAL
LIBERADO o calendário de todas as parcelas do auxílio emergencial de R$600
BONITO - MS - FERIADÃO
Turismo responsável, turistas chegam para o feriadão em Bonito (MS), VEJA FOTOS
ECONOMIA
Pandemia não inibe empreendedor de MS e abertura de empresas atinge maior resultado dos últimos seis
BONITO - MS - VERBA PARA ASFALTO
Bonito (MS) é contemplado com R$ 624 mil para asfaltar 7 ruas, confira quais são
Nova cedula
Cédula de R$ 200 entra em circulação nesta quarta-feira
Auxílio
Próxima parcela do auxílio emergencial será paga na quarta a nascidos em fevereiro