Menu
sexta, 22 de outubro de 2021
Busca
BONITO ÁGUAS GREEN WEEK
ECONOMIA - SEU BOLSO

Conta de energia ficará mais cara em novembro

29 Out 2016 - 08h46Por O Globo

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) voltou a indicar condições mais restritas de geração de energia elétrica, adotando a bandeira amarela para as contas de luz em novembro. Desde abril a situação era de bandeira verde, sem custo adicional às tarifas. Com a volta ao sinal amarelo, retorna a cobrança de R$ 1,50 para cada 100 quilowatt-hora (kWh) consumidos.

Segundo a Aneel, a cobrança voltou a ocorrer porque “a condição hidrológica está menos favorável o que determinou o acionamento de usina térmica com Custo Variável Unitário (CVU) acima de R$ 211,28. A bandeira amarela é acionada automaticamente quando esse custo supera o valor de R$ 211,28.

Se esse custo subir acima de R$ 422,56, a cobrança sobe porque passa a ser atingido o primeiro patamar da bandeira vermelha, com cobrança de R$ 3,00 a cada 100 kWh consumidos.

De acordo com a Aneel, as bandeiras tarifárias sinalizam aos consumidores os custos reais da geração de energia elétrica. “Com as bandeiras, a conta de luz fica mais transparente e o consumidor tem a melhor informação para usar a energia elétrica de forma mais consciente”, informou a agência por meio de nota.

SEM PERSPECTIVA DE CHUVAS

Especialistas explicam que o custo máximo de geração de energia no país subiu principalmente por conta da situação dos reservatórios do Nordeste, que, pelas previsões oficiais, podem chegar ao fim de novembro com apenas 8,3% de sua capacidade total.

Outras mudanças relevantes para o aumento do custo foram o envio de mais energia para o Paraguai e a previsão de chuvas para o próximo mês, ainda mais baixa do que o previsto anteriormente.

Quanto à duração da cobrança diferenciada na conta de energia elétrica, três especialistas ouvidos pelo GLOBO têm visões distintas quanto ao período do verão. Para Cristopher Vlavianos, da Comerc, não há perspectiva clara sobre o período que se inicia.

— Está mais para "tudo pode acontecer", porque estamos na entrada do período úmido, mas ele ainda é uma incógnita. Não é uma situação tão ruim quanto a de 2015, mas não é nada confortável — disse Vlavianos.

Para João Carlos Mello, da Thymos, provavelmente a cobrança diferenciada deverá permanecer ao longo do verão. Eles destaca que os últimos três anos foram os piores em chuvas para o Nordeste desde o início do histórico, da década de 1930.

— Não chove onde estão os reservatórios e a situação do Nordeste é tão ruim que acaba puxando os outros — disse Mello.

Para Alan Zelazo, da Focus Energia, a bandeira amarela talvez vá durar apenas novembro e não mais do que dois meses, porque a previsão de chuvas considerada na definição da bandeira do próximo mês foi muito ruim e tende a ser melhor.

— A expectativa é de que a bandeira amarela seja de curto prazo. A previsão de chuvas no Sudeste já está dentro da normalidade — disse Zelado.

Todos os especialistas destacam, porém, que as previsões estão sujeitas a chuvas e tempestades que poderiam melhorar rapidamente a condição dos reservatórios e aliviar a situação das hidrelétricas.

— Quem sabe pode ter um dilúvio, daqueles de Noé, e melhorar a situação, como aquele que evitou o racionamento em 2000 (que acabou ocorrendo no ano seguinte) — disse Mello.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Modelo de como será o cartão do Auxílio Brasil - Divulgação AUXÍLIO BRASIL
Auxílio Brasil com pagamentos pelo menos R$ 400 já tem cartão oficial com data de liberação; confira
Fotos: Cyro Clemente/Alems e Edemir Rodrigues/Subcom CNH SOCIAL EM MS
CNH Social vai beneficiar 5 mil pessoas por ano em Mato Grosso do Sul, entenda
BONITO BONITO - LANÇAMENTO
Lançamento do Programa Bonito é Reciclar, Desafios do Gerenciamento de Resíduos, será nesta sexta
SAIBA COMO FAZER
Teve prejuízos materiais durante o vendaval? Saiba o que fazer
BONITO - AEROPORTO BONITO - INVESTIMENTOS NO AEROPORTO
BONITO: Investimentos em obras e equipamentos modernos, aeroporto amplia capacidade de voos
CPI foi aberta após questionamentos quanto supostos abusos na prestação de serviços pela concessionária - Crédito: Divulgação CPI DA ENERGISA
CPI da Energisa será retomada semana que vem em MS
Elaine Paes, SAD OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Inscrições abertas para o Processo Seletivo da Agepan, veja como fazer
João Prestes, Semagro ROTA BIOCEÂNICA
Estudo detecta necessidade de expandir cadeia de armazenamento de frios na Rota Bioceânica
SANESUL CONCURSO PÚBLICO - SANESUL
De Biólogo a Psicólogo, faça sua inscrição aqui para o concurso da Sanesul com 74 vagas
RATEIO DO ICMS
Confira os índices provisórios do rateio do ICMS para os 79 municípios