Menu
quarta, 20 de outubro de 2021
Busca
BONITO ÁGUAS GREEN WEEK
INFRAÇÃO ADMINISTRATIVA

Dois são multados em R$ 300 cada por pesca ilegal no rio Miranda em Jardim

1 Nov 2016 - 07h10Por Correio do Estado

Dois homens, de 30 e 36 anos, foram multados em R$ 300 cada por pescar sem autorização ambiental para pesca amadora, na tarde de ontem no Rio Miranda, em Jardim.

Segundo a Polícia Militar Ambiental (PMA), flagrante aconteceu durante patrulhamento fluvial. Pescadores são moradores de Maracaju e estavam pescando no rio.

Com os infratores foram apreendidos três molinetes com vara. No momento do flagrante, nenhum peixe ainda devia ser capturado .

Ainda segundo a PMA, pesca sem licença não é crime ambiental, mas é necessário autorização emitida por órgão ambiental.

A falta do documento caracteriza infração administrativa, que prevê multa que varia de R$ 300 a R$ 10 mil, além da apreensão dos materiais usados na pesca.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TEMPO NOVA FRENTE FRIA CHEGANDO
Nova frente fria promete mais chuva para o final de semana
TURISMO EM MS
Diretor-presidente da Fundtur-MS integra lista dos 100 mais poderosos do Turismo
Foto destaque Visit Bonito: passeio no Barra do Sucuri BONITO - MS - RETOMADA
"Estamos nos reerguendo", guia turístico relata recomeço durante a pandemia em Bonito (MS)
Foto: Ivinotícias FATALIDADE
Homem morre após sofrer descarga elétrica de 34 mil volts em MS
BONITO BONITO - LANÇAMENTO
Lançamento do Programa Bonito é Reciclar, Desafios do Gerenciamento de Resíduos, será nesta sexta
BONITO - MS - PROGRAMAÇÃO
Semana de atividades do Outubro Rosa vão até esta sexta-feira no CMU em Bonito (MS)
BONITO - MS - AGORA É LEI
AGORA É LEI: Ecoturismo é incluído em lista de atividades essenciais
CNH INFRAÇÃO NAS REDES SOCIAIS
Postar infração de trânsito nas redes sociais pode gerar multa de até R$ 30 mil e CNH cassada
Musas do Brasileirão eleitas em 2021. Fotos: Divulgação 25 MUSAS DO BRASILEIRÃO
Eleitas as 25 Musas do Brasileirão, entre 540 candidatas; veja quem são
SAIBA COMO FAZER
Teve prejuízos materiais durante o vendaval? Saiba o que fazer