Menu
sexta, 5 de maro de 2021
Busca
BONITO AGUAS DE BONITO JANEIRO
SAÚDE

Secretaria de Saúde confirma primeira morte por dengue em MS neste ano

22 Abr 2017 - 10h26Por Correio do Estado

Secretaria de Saúde de Mato Grosso do Sul confirmou a primeira morte por dengue no Estado em 2017. Conforme boletim epidemiológico divulgado nessa semana, vítima era de Camapuã.

No mesmo período do ano passado, 14 mortes por dengue haviam sido confirmadas. No ano, foram 19 óbitos.

Levantamento dos dados da dengue aponta que de janeiro até o começo deste mês foram notificados 2.469 casos suspeitos de dengue no Estado. Em todo o ano passado, foram 59.874 notificações da doença.

Camapuã, onde vítima morreu, é o município com maior incidência de dengue. Também tem alta incidência as cidades de São Gabriel do Oeste, Amambai e Água Clara. É considerada alta incidência quando há mais de 300 casos para cada 100 mil habitantes.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - SAÚDE DE QUALIDADE
Prefeitura recebe nova Ambulância tipo "A" para melhor atender a população de Bonito (MS)
EM CIDADE DE MS
Cidade de MS tem 15 dias de medidas restritivas e lockdown em 02 fins de semana
VACINA CONTRA COVID-19
Com mais 100 doses, idosos a partir de 75 anos serão vacinados nesta sexta-feira em Bonito (MS)
BOLETIM CORONAVÍRUS EM MS
Mulher de 39 anos está entre os óbitos das últimas 24h em Mato Grosso do Sul, veja o boletim
Coronel Adib Massad, durante uma das visitas à Dourados. (Foto: Arquivo/O Progresso) LUTO NO MS
LUTO: Morre aos 91 anos o coronel Adib Massad, lenda da segurança nas fronteiras de MS
ALERTA NO MS
ALERTA: Confirmado primeiro caso da variante de Manaus no MS
BONITO - MS - PROJETO
Projeto Movimente Seu Bairro realiza programação em comemoração a semana da mulher em Bonito
MAIS VACINAS CHEGANDO
Ministério da Saúde envia sexta remessa com 27,8 mil doses de vacina contra o coronavírus para MS
luto CORONAVÍRUS EM MS
Mais 20 famílias choram em dia que covid tira a vida de homem de 32 anos em MS
FAKE NEWS
SES desmente fake news e esclarece vídeo de camas hospitalares guardadas no Albano Franco