Menu
tera, 3 de agosto de 2021
Busca
BONITO AGUAS DE BONITO JUNHO
Impedida

TSE barra partido de Marina Silva nas eleições de 2014

3 Out 2013 - 22h45Por G1

Por seis votos a um, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu nesta quinta-feira (3)  não conceder registro ao partido Rede Sustentabilidade, da ex-senadora Marina Silva, por falta de assinaturas de apoio necessárias para a criação da legenda. Com isso, o partido não poderá participar das eleições de 2014.

O único ministro a votar a favor da criação do partido foi  Gilmar Mendes. Os outros seis votaram contra (Laurita Vaz, João Otávio de Noronha, Henrique Neves, Luciana Lóssio e Marco Aurélio Mello e Cármen Lúcia).

Segundo o TSE, Marina comprovou apoio de 442 mil eleitores em assinaturas validadas pelos cartórios eleitorais, mas a lei exige 492 mil, o equivalente a 0,5% dos votos dados para os deputados federais nas últimas eleições.

Após o julgamento, ainda no plenário do TSE, Marina Silva se dirigiu aos apoiadores da Rede: "Ainda somos um partido. Não temos registro, mas temos o mais importante: temos ética. Vamos ficar mais fortes." Ela deve decidir nesta sexta eventual recurso contra a decisão do TSE e se vai se candidatar por outra legenda em 2014.

O tribunal converteu o pedido de criação da legenda em "diligência", o que permite que Marina apresente mais assinaturas. No entanto, como o prazo para concessão de registro termina no sábado (5) e até lá não haverá nova sessão da Corte eleitoral, o partido não poderá participar da disputa de 2014.

Marina ainda pode se filiar a um outro partido até sábado caso queira participar da disputa presidencial - segundo a última pesquisa Ibope, Marina estava em segundo lugar nas intenções de voto. Ela acompanha o julgamento da primeira fileira ao lado do advogado Torquato Jardim e apoiadores da Rede.

A senadora queria que o TSE validasse 95 mil assinaturas de apoio que foram rejeitadas pelos cartórios eleitorais. Ela argumentou que os cartórios rejeitaram sem motivo assinaturas de jovens e idosos, cuja participação em eleições anteriores foi facultativa. A maioria dos ministros do tribunal, no entanto, entendeu que os cartórios têm autonomia para verificar se a ficha de apoio apresentou os requisitos ou não para ser validada.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Foto: Filipi Brites  (Ascom). BONITO - COM RECURSOS PRÓPRIOS
Prefeito entrega novo caminhão compactador hidráulico para coleta de lixo em Bonito (MS)
ROSE E PEDRINHO DA MARAMBAIA BONITO - MS - TRABALHO DO VEREADOR
Parceria Pedrinho da Marambaia e Rose Modesto já somam mais de R$ 1,6 milhão para Bonito
BONITO - MS - TRABALHOS NA ZONA RURAL
Cuidando de perto da zona rural, prefeito acompanha patrolamento em 3 pontos em Bonito (MS)
BONITO - NOTA DE PESAR BONITO DE LUTO
BONITO de luto, morre Antero Soares, prefeitura divulga Nota de Pesar
BONITO - MS - MAIS SEGURANÇA
Prefeitura firma parcerias para fortalecer segurança pública no município de Bonito (MS)
Ministro Bento Albuquerque, governador Reinaldo Azambuja e demais autoridades participaram da inauguração a usina termelétrica William Arjona (Foto: Saul Schramm) AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Investimentos de R$ 4 bilhões na geração de energia em MS vão criar 15 mil empregos
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Com apoio do Governo do Estado, usina de etanol vai gerar 150 empregos diretos e 2 mil indiretos
(Imagem: Reprodução/Google) BONITO - MS - PAGODE
Prefeitura deposita salário dos servidores municipais nesta sexta-feira em Bonito (MS)
PROSSEGUIR DIVULGA
Prosseguir divulga regras de limite de ocupação nos estabelecimentos comerciais em MS
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Servidores de MS recebem neste fim de semana; folha de julho injeta R$ 408 milhões na economia