Menu
segunda, 26 de fevereiro de 2024
Busca
FARMÁCIA EM BONITO
Política

Procuradora da Lava Jato pede desculpas por mensagens irônicas a respeito de Lula

Mensagens foram vazadas em reportagem da #VazaJato

28 Ago 2019 - 10h13Por Redação/Agência Brasil

A procuradora da República Jerusa Viecili, integrante da força-tarefa da Operação Lava Jato em Curitiba, pediu desculpas ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da SIlva após o site The Intercept, em parceria com o UOL, vazar trechos de uma conversa na qual Jerusa e outros procuradores ironizam a morte da ex-primeira dama Marisa Letícia e o pedido de Lula para ir ao velório da esposa.

“Errei. Minha consciência me leva a fazer o correto: pedir desculpas à pessoa diretamente afetada, o ex-presidente Lula”, postou Jerusa em seu Twitter. Após o pedido de desculpas, muitos internautas passaram a afirmar que o post da procuradora era, além da manifestação de arrependimento, um reconhecimento da veracidade das mensagens que vem sendo vazadas pelo The Intercept desde junho.

O deputado federal Paulo Pimenta (PT-RS), líder da bancada do PT na Câmara, reconheceu a nobreza do gesto da procuradora mas ressaltou que “é ainda mais importante o reconhecimento da veracidade das mensagens da #VazaJato”. A colega de partido de Pimenta, Benedita da Silva, repostou o pedido de desculpas de Jerusa com a frase “a verdade sempre prevalece”.

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), também se pronunciou. “Apenas uma procuradora pediu desculpas pelas absurdas ironias com mortes trágicas na família do ex-presidente Lula, levando esposa, irmão e neto”, comentou. “Espero que a reflexão noturna traga senso de humanidade aos agressores. Ainda há tempo”, concluiu.

Ao perceber a repercussão do post inicial no qual pedia desculpas pelas ironias, Jerusa publicou outros dois textos nos quais afirma que “os procuradores da Lava Jato nunca negaram que há mensagens verdadeiras, exatamente porque foram efetivamente hackeados. Contudo, não é possível saber exatamente o quanto está correto, porque é impossível recordar de detalhes de 1 milhão de mensagens em 5 anos intensos”.

E continuou: “lembrar de uma mensagem não autentica todo o conjunto. A existência de mensagens verdadeiras não afasta o fato de que as mensagens são fruto de crime e têm sido descontextualizadas ou deturpadas para fazer falsas acusações”.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CASSEMS - FOTO: Tathiane Panziera CASSEMS - ENCONTRO
Cassems realiza Encontros Regionais em Aquidauana e Jardim nos dias 27 e 28 de fevereiro
A província de Anhui é uma das integrantes da Zona Econômica do Delta do Rio Yangtze, a região mais rica da China Reunião de negócios
Ministra do Departamento Econômico e Comercial da China vem a MS prospectar negócios
Fotos: Saul Schramm AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Bodoquena recebe novas obras de educação e saneamento para melhorar vida dos moradores
Fotos: Saul Schramm AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Miranda recebe pacote de obras do Governo de MS com escola, creche e Corpo de Bombeiros; VEJA FOTOS
Em tom de boas-vindas, a procuradora-geral do Estado, Ana Carolina Ali Garcia, fez o uso da palavra e destacou a importância do momento para Procuradoria Novos membros
PGE-MS empossa novos procuradores do Estado aprovados no XIV Concurso Público do órgão
Os beneficiários que não realizarem acompanhamento podem perder seu benefício Atenção população
Saúde convoca beneficiários do bolsa família para pesagem
O convite foi publicado nas redes sociais da prefeitura Atenção população
Audiência Pública referente ao 3º Quadrimestre do exercício de 2023 acontece em Bonito
Foto: Assessoria AÇÕES DEPUTADO PAULO CORRÊA
Paulo Corrêa defende valorização do agro e qualificação profissional no Plano Nacional de Educação
Prefeito com a equipe Obras
Prefeito de Bonito confere obras realizadas na estrada que liga a Fazenda São Geraldo
FOTO: ASSESSORIA AÇÕES DEPUTADO PAULO CORRÊA
Marconi Perillo foi crucial para destravar rodoanel de Bonito, lembra Paulo Corrêa