Menu
segunda, 18 de outubro de 2021
Busca
BONITO ÁGUAS GREEN WEEK
PONTA PORÃ - MS - POLICIAL

Dois são executados e crime tem relação com assassinato e atentado à suboficial

13 Set 2016 - 09h20Por Correio do Estado

Vítimas de homicídio, Lucio Villagra Gadea, de 35 anos e Milciadez Sanguina Santa Cruz, de 24, foram assassinados a tiros de pistola na tarde de hoje, por volta das 14h, em Pedro Juan Caballero, fronteira do Paraguai com Ponta Porã.

Informações preliminares apontam que uma das vítimas estava relacionada com tráfico de drogas e era suspeito de uma execução na última quarta-feira (7) e tentativa de assassinato contra um suboficial na sexta-feira (9) na cidade paraguaia.

Lúcio e Milciadez estavam em uma caminhonete, modelo Hillux, quando pararam para conversar com uma dupla de homens que estavam em uma moto, conforme o site Porã News. Depois de minutos de conversa, o garupa da motocicleta sacou uma pistola e disparou contra as vítimas.

Socorrido, Melciadez morreu a caminho do Hospital Regional e Lúcio Gadea morreu no local. Os criminosos seguem foragidos e a Polícia Nacional de Amambay está em alerta.

CRIMES RELACIONADOS

Na última quarta-feira (7), o comerciante Júlio César Riquelme Gomes, de 30 anos, foi assassinado a tiros de pistola calibre .9 milímetros ao ser surpreendido pelo assassino no lava jato da família, em Pedro Juan. Crime teria sido motivado por acerto de contas pelo crime organizado na região.

Dois dias depois, sexta-feira (9), o primo de Júlio, o suboficial da Polícia Nacional do Paraguai, Samuel Riquelme, sofreu um atentado quando passava em frente de uma escola na cidade paraguaia. O pistoleiro, Bernardo Augusti Paniagua, de 26 anos, e dois alunos que saíam do centro educacional firam feridos.

Os criminosos disparam várias vezes contra o policial que reagiu ao ataque e disparou contra a dupla, acertando o condutor da moto. O comparsa de Bernardo conseguiu fugir. Agente da polícia foi socorrido para uma clínica particular, enquanto o atirador foi encaminhado para o Hospital Regional de Pedro Juan.

A polícia acredita que Lucio Villagra Gadea estava envolvido com tráfico de drogas da região e tinha participação com o assassinato de Júlio César Riquelme e o atentado contra o suboficial Samuel Riquelme, que são primos.

Caso será investigado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

GUARDA MUNICIPAL DE BONITO NO GABINETE BONITO - MS - NO GABINETE
Trutis garante emenda de R$ 180 mil para compra de equipamentos para Guarda Municipal de Bonito
Vítima foi levada para a Unidade Básica de Saúde do município, onde foi constatada a morte (Foto: arquivo / Liga da Justiça) FATALIDADE
Jovem morre após receber descarga elétrica em área rural
MORTE A ESCLARECER
Idoso é encontrado morto no sofá, amarrado pelas mãos e com sangramento na cabeça
Goianos ficaram desaparecidos após naufrágio no Pantanal  Foto: Arquivo Pessoal/Thamiris Furquim NAUFRÁGIO NO RIO PARAGUAI
Marinha e Polícia Civil investigarão naufrágio que matou 7 pessoas no Pantanal
PMA DE JARDIM AÇÃO DA PMA DE JARDIM
Pescadores recebem PMA a tiro em acampamento de pesca no rio Miranda
Mais dois corpos foram achados logo nas primeiras horas de buscas neste sábado DURANTE TEMPORAL
Chalana vira com 21 pessoas durante vendaval, 06 corpos já foram encontrados no rio Paraguai
Árvore caiu e quase atingiu carros na Marcelino Pires; Foto: Sidnei Bronka/Ligado Na Notícia VÍDEO - FOI TENSO
Internauta flagra árvore caindo na Marcelino Pires em Dourados, ASSISTA
VENDAVAL ESTRAGOS EM MS
Defesa Civil faz levantamento de estragos causados por tempestade de poeira e vendaval em MS
SAD CONCUSO DA POLÍCIA CIVIL
Concurso público para 236 cargos da Polícia Civil tem comissão organizadora definida
POLÍCIA CIVIL DE BONITO BONITO - MS - QUADRILHA PRESA
Quadrilha é presa após aplicar golpe que ultrapassa R$ 30 mil reais em Bonito (MS)