Menu
quarta, 22 de maio de 2024
Busca
labbonito
PONTA PORÃ - MS - POLICIAL

Dois são executados e crime tem relação com assassinato e atentado à suboficial

13 Set 2016 - 09h20Por Correio do Estado

Vítimas de homicídio, Lucio Villagra Gadea, de 35 anos e Milciadez Sanguina Santa Cruz, de 24, foram assassinados a tiros de pistola na tarde de hoje, por volta das 14h, em Pedro Juan Caballero, fronteira do Paraguai com Ponta Porã.

Informações preliminares apontam que uma das vítimas estava relacionada com tráfico de drogas e era suspeito de uma execução na última quarta-feira (7) e tentativa de assassinato contra um suboficial na sexta-feira (9) na cidade paraguaia.

Lúcio e Milciadez estavam em uma caminhonete, modelo Hillux, quando pararam para conversar com uma dupla de homens que estavam em uma moto, conforme o site Porã News. Depois de minutos de conversa, o garupa da motocicleta sacou uma pistola e disparou contra as vítimas.

Socorrido, Melciadez morreu a caminho do Hospital Regional e Lúcio Gadea morreu no local. Os criminosos seguem foragidos e a Polícia Nacional de Amambay está em alerta.

CRIMES RELACIONADOS

Na última quarta-feira (7), o comerciante Júlio César Riquelme Gomes, de 30 anos, foi assassinado a tiros de pistola calibre .9 milímetros ao ser surpreendido pelo assassino no lava jato da família, em Pedro Juan. Crime teria sido motivado por acerto de contas pelo crime organizado na região.

Dois dias depois, sexta-feira (9), o primo de Júlio, o suboficial da Polícia Nacional do Paraguai, Samuel Riquelme, sofreu um atentado quando passava em frente de uma escola na cidade paraguaia. O pistoleiro, Bernardo Augusti Paniagua, de 26 anos, e dois alunos que saíam do centro educacional firam feridos.

Os criminosos disparam várias vezes contra o policial que reagiu ao ataque e disparou contra a dupla, acertando o condutor da moto. O comparsa de Bernardo conseguiu fugir. Agente da polícia foi socorrido para uma clínica particular, enquanto o atirador foi encaminhado para o Hospital Regional de Pedro Juan.

A polícia acredita que Lucio Villagra Gadea estava envolvido com tráfico de drogas da região e tinha participação com o assassinato de Júlio César Riquelme e o atentado contra o suboficial Samuel Riquelme, que são primos.

Caso será investigado.

Leia Também

Jovem compra celular furtado e acaba preso pela Guarda Municipal. Ações GMB
Jovem compra celular furtado e acaba preso pela Guarda Municipal.
Motociclista morto carbonizado em acidente com carreta é identificado em MS Em Campo Grande
Motociclista morto carbonizado em acidente com carreta é identificado em MS
Procurado pela justiça é preso em área de invasão em Bonito Preso
Procurado pela justiça é preso em área de invasão em Bonito
Esfaqueado no peito durante briga de bar em Mato Grosso do Sul Caso de polícia
Esfaqueado no peito durante briga de bar em Mato Grosso do Sul
Ladrão furta conveniência e acaba preso pela GMB em Bonito Prisão
Ladrão furta conveniência e acaba preso pela GMB em Bonito
Homem é esfaqueado no peito após briga de bar em MS Caso de polícia
Homem é esfaqueado no peito após briga de bar em MS
Mulher com mandado de prisão é capturada com simulacros de arma de fogo em Bonito Caso de polícia
Mulher com mandado de prisão é capturada com simulacros de arma de fogo em Bonito
Corpo de trans é encontrado com diversos ferimentos em Mato Grosso do Sul Caso de polícia
Corpo de trans é encontrado com diversos ferimentos em Mato Grosso do Sul
Motocicleta que pegou fogo ao bater em caminhão em MS era alugada Acidente fatal
Motocicleta que pegou fogo ao bater em caminhão em MS era alugada
Motociclista morre carbonizado em acidente com caminhão em Rodovia de MS Acidente fatal
Motociclista morre carbonizado em acidente com caminhão em Rodovia de MS
Bonito Informa
Avenida 09 de Julho 2135 - Centro - Bonito/MS/MS
(67) 99638-6610rogerio@bonitoinforma.com.br
© Bonito Informa. Todos os Direitos Reservados.