Menu
segunda, 20 de maio de 2024
Busca
BANNER IRMÃO FÁBIO
AGENTE PENITENCIÁRIO

Concurso que proibia candidato tatuado teve edital retificado antes da investigação

8 Out 2016 - 09h02Por Correio do Estado

Concurso investigado por proibir candidatos tatuados teve edital retificado antes do início da investigação do Ministério Público Estadual (MPE), segundo a Secretaria Estadual de Administração e Desburocratização (SAD), organizadora do certame.

Denúncia de candidato que não conseguiu se inscrever em concurso para agente penitenciário da Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen) motivou inquérito civil público aberto pelo MPE.

Conforme a SAD, edital de abertura, de 28 de dezembro de 2015, que previa que seria limitado qualquer tipo de tatuagem, foi retificado por outro edital, em 10 de fevereiro deste ano, aplicando a restrição exclusivamente aos casos que a tatuagem faça qualquer apologia ao crime organizado.

Ainda conforme a secretaria, a retificação foi feita depois da denuncia e, quando o órgão foi notificado pelo MPE, o edital já havia sido retificado, tendo a notificação perdido seu objeto.

Atualmente, o concurso aberto no fim do ano passado e que teve resultado de provas divulgado em maio, segue com abertura de novas vagas.

INCONSTITUCIONAL

No último dia 17 de agosto, maioria do plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu que editais de concursos públicos em qualquer área não podem proibir que candidatos com tatuagens não ingressem no serviço público.

Na decisão, ministro Luiz Fux, relator do caso em que um candidato de concurso de São Paulo que não pôde assumir cargo por ter tatuagem na perna, afirmou que tatuagem não desqualifica alguém para serviço público.

O ministro destacou, no entanto, que tatuagens que expressem ideologias terroristas, extremistas ou que incitem a violência podem sim ser motivo de proibição do candidato para que não participe do concurso.

A decisão do STF norteia outras instâncias judiciais que analisem casos como este. 

Leia Também

Corpos de bebê e de garota são furtados de cemitério em MS Caso a esclarecer
Corpos de bebê e de garota são furtados de cemitério em MS
Mulher tenta separar briga em conveniência e é esfaqueada no pescoço em Mato Grosso do Sul Caso de polícia
Mulher tenta separar briga em conveniência e é esfaqueada no pescoço em Mato Grosso do Sul
Briga por pedaço de mussarela termina com homem morto a pedradas em MS Homicídio
Briga por pedaço de mussarela termina com homem morto a pedradas em MS
Bombeiros salvam bebê de 15 dias engasgado com leite materno em MS Caso de vitória
Bombeiros salvam bebê de 15 dias engasgado com leite materno em MS
Idosa morre atropelada por caminhão de limpeza em marcha ré em MS Caso de polícia
Idosa morre atropelada por caminhão de limpeza em marcha ré em MS
Acidente grave entre carro e moto deixa um morto na BR-376 Acidente fatal
Acidente grave entre carro e moto deixa um morto na BR-376
Polícia investiga morte de 6 cães encontrados mortos envenenados em MS Caso de polícia
Polícia investiga morte de 6 cães encontrados mortos envenenados em MS
Polícia Civil cumpre Mandado de Prisão por estupro de vulnerável durante Operação em Bonito Caso de polícia
Polícia Civil cumpre Mandado de Prisão por estupro de vulnerável durante Operação em Bonito
PMs que mataram ex-vereador pedem afastamento em Anastácio Caso a esclarecer
PMs que mataram ex-vereador pedem afastamento em Anastácio
Criminoso tenta assaltar motorista de aplicativo e morre em confronto policial em MS Caso de polícia
Criminoso tenta assaltar motorista de aplicativo e morre em confronto policial em MS
Bonito Informa
Avenida 09 de Julho 2135 - Centro - Bonito/MS/MS
(67) 99638-6610rogerio@bonitoinforma.com.br
© Bonito Informa. Todos os Direitos Reservados.