Menu
sexta, 22 de outubro de 2021
Busca
BONITO ÁGUAS GREEN WEEK
POLÍCIA MILITAR AMBIENTAL

Apreensões aumentam e PMA antecipa operação pré-piracema

1 Out 2016 - 07h58Por Campo Grande News

A PMA (Polícia Militar Ambiental) inicia amanhã (1) às 00h a Operação Pré-piracema devido ao número de apreensões crescerem demasiadamente em setembro e outubro, período de pesca aberta. Com isso, a quantidade de turistas e pescadores do Estado se intensifica, exatamente, em razão das facilidades de captura do pescado neste período.

Todos os anos, as fiscalizações são reforçadas nos rios de Mato Grosso do Sul para prevenir e reprimir a pesca predatória, tendo em vista a proximidade do período de piracema e, portanto, quando vários cardumes já se encontram formados.

Esta operação acontecia a partir do dia 25 de outubro, até um dia depois do fechamento da pesca na bacia do Rio Paraguai, dia 6 de novembro, porém, desde 2013, tem sido antecipada para o dia 1 de outubro, em razão dos problemas encontrados nos últimos dois meses de pesca aberta em todos os anos, que são setembro e outubro.

Apreensões – Este mês, 21 pescadores foram presos com 999 kg de pescado ilegal. Em comparação com o mesmo período do ano passado, 42 pescadores foram presos com 513 kg de pescado. Foram apreendidos 2800 metros de redes de pesca (petrechos proibidos) e 6.000 em setembro de 2015. Também foram autuados administrativamente 14 pescadores por falta de licença de pesca, 10 a mais se comparado com setembro do ano passado.

A Operação Pré-piracema envolverá 362 policiais, e vai englobar operação Padroeira do Brasil e a operação Dia de Finados, que são realizadas todos os anos. A pré-piracema se estenderá até o dia 6 de novembro às 8h00, permanecendo um dia depois do fechamento da pesca na Bacia do Rio Paraguai, que ocorrerá em 5 de novembro.

Os trabalhos preventivos serão intensificados durante a “Operação Pré-piracema", com participação das 25 Subunidades da PMA no Estado, que darão maior atenção à questão relativa à pesca.

Durante a operação do ano passado foram 57 autuados por crimes ambientais, sendo 26 por pesca ilegal. Foram aplicadas multas que atingiram R$ 771.780,00.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - AÇÃO DA GUARDA MUNICIPAL
Homem embriagado invade escola, perturba alunos e funcionários e acaba preso pela GM em Bonito
Foto: Ivinotícias FATALIDADE
Homem morre após sofrer descarga elétrica de 34 mil volts em MS
CNH INFRAÇÃO NAS REDES SOCIAIS
Postar infração de trânsito nas redes sociais pode gerar multa de até R$ 30 mil e CNH cassada
CASO DE POLÍCIA
Dupla que abatia bois para furtar a carne em fazenda de MS, são detidos por funcionários
SAIBA COMO FAZER
Teve prejuízos materiais durante o vendaval? Saiba o que fazer
GUARDA MUNICIPAL DE BONITO NO GABINETE BONITO - MS - NO GABINETE
Trutis garante emenda de R$ 180 mil para compra de equipamentos para Guarda Municipal de Bonito
Vítima foi levada para a Unidade Básica de Saúde do município, onde foi constatada a morte (Foto: arquivo / Liga da Justiça) FATALIDADE
Jovem morre após receber descarga elétrica em área rural
MORTE A ESCLARECER
Idoso é encontrado morto no sofá, amarrado pelas mãos e com sangramento na cabeça
Goianos ficaram desaparecidos após naufrágio no Pantanal  Foto: Arquivo Pessoal/Thamiris Furquim NAUFRÁGIO NO RIO PARAGUAI
Marinha e Polícia Civil investigarão naufrágio que matou 7 pessoas no Pantanal
PMA DE JARDIM AÇÃO DA PMA DE JARDIM
Pescadores recebem PMA a tiro em acampamento de pesca no rio Miranda