Menu
sbado, 24 de outubro de 2020
Busca
ZAP INFORMÁTICA

Taxa do empréstimo pessoal sobe para 5,6% em abril, mostra Procon-SP

18 Mai 2011 - 17h41Por Agência Brasil

A Fundação Procon de São Paulo (Procon-SP) constatou, em pesquisa realizada nas tabelas dos sete maiores bancos do país, no último dia 4, que a taxa média do empréstimo pessoal em abril estava em 5,60% ao mês ou 0,33 ponto percentual acima dos 5,27% registrados no início de dezembro do ano passado.

O aumento é explicado pelo economista Carlos Eduardo de Freitas, do Conselho Regional de Economia do Distrito Federal (Corecon-DF), como “decorrência natural” do aumento de recolhimento do compulsório bancário, anunciado pelo Banco Central (BC) no início de dezembro, em uma operação que retirou R$ 61 bilhões do mercado.

Segundo ele, o aumento do compulsório teve impacto imediato na elevação dos custos dos empréstimos. Exemplo disso, de acordo com o Procon-SP, foi o ajuste da taxa média do empréstimo pessoal, que teve pequena redução em dezembro, em relação ao mês anterior, mas que subiu de 5,27% para 5,34% na pesquisa de janeiro deste ano e teve outras elevações nos meses seguintes.

De acordo Freitas, os ajustes posteriores também se explicam por medidas do governo como a adoção de exigências para desestimular o crédito de longo prazo, tais como a elevação de 1,5% para 3% da alíquota do Imposto de Operações Financeiras (IOF) para as pessoas físicas, no início de abril.

Além da taxa de empréstimo pessoal, que, pela referência anual está em 92,39% ao ano, a pesquisa verificou movimento ascendente também no cheque especial, que começou, no mês de maio, com taxa média de 9,47% ao mês ou 196,22% ao ano, retornando ao mesmo patamar do segundo trimestre de 2003.

O Procon-SP pesquisou os números do Banco do Brasil, da Caixa Econômica Federal, do Bradesco, do Itaú, do Santander, do HSBC e do Safra. A taxa de empréstimo pessoal mais baixa, 4,95% ao mês, é a da Caixa. A mais alta encontrada pelo Procon-SP foi a do Itaú, 6,41%. No cheque especial, a Caixa também está com a menor taxa, 7,95%. Nesse item, a taxa mais alta registrada é a do Banco Safra, 12,30%.

Os índices encontrados na pesquisa do Procon-SP correspondem às taxas cobradas pelos bancos no final de abril. Números consolidados para todo o mês de abril, de todos os bancos do país, serão conhecidos no dia 30, quando o Departamento Econômico do Banco Central divulgar o Relatório de Política Monetária e Operações de Crédito do Sistema Financeiro.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS - MORTE POR COVID
Mulher morre por Covid após passar menos de um dia internada em Dourados
COVID-19
Bonito registra mais 9 novos casos de covid-19
Investigação
EM BONITO: Homem supostamente abusa de enteada e ameaça mulher grávida com facão
Confusão no balneário
Briga por caixa térmica termina com pancadaria no balneário municipal de Bonito
BONITO - MIRANDA E JARDIM
Processo Seletivo para estagiários com inscrições abertas com vagas para Miranda e Bonito
Policial
Polícia Civil identifica e autua em flagrante suspeito de maus tratos a cachorro em pesqueiro
BONITO 21K COM BIOSSEGURANÇA
Prova Bonito 21K será realizada em dezembro com novos protocolos de biossegurança, inscrições aberta
LESÃO CORPORAL DOLOSA
Jovem embriagado é preso por tentar enforcar idosa de 90 anos
TRÁFICO DE DROGAS
Cocaína avaliada em mais de R$ 5 milhões é apreendida em MS
Meteorologia
Sexta-feira deve ser quente e com possibilidade de chuva, Bonito (MS)