Menu
BANNER ANNA
domingo, 29 de maro de 2020
Busca
POLONIO MEDICAL CENTER
Educação

STF julga no dia 17 carga horária dos professores

3 Mar 2011 - 15h18Por Campo Grande News

Está marcado para o dia 17 de março, às 13h (MS), o julgamento da ADI 4167 (Ação Direta de Inconstitucionalidade) ajuizada pelos governadores do Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Mato Grosso do Sul e Ceará contra a chamada Lei do Piso, que estabeleceu que nenhum professor pode receber menos de R$ 950 por uma carga de 40 horas semanais.

 No início deste ano, o Rio Grande do Sul perdeu o interesse em mover a ação, mas o ministro Joaquim Barbosa negou o pedido de desistência.

 Para os governadores, a lei causa despesas exageradas e força novas contratações.

 No caso de Mato Grosso do Sul, o questionamento é com relação à carga horária. O governo é contra a dedicação de 1/3 das 40 horas para planejamento, fora de aula.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ACIDENTE FATAL
Motociclista é atacado por touro em estrada vicinal e morre após cair e ser pisoteado em MS
ATUALIZAÇÃO CORONAVÍRUS EM MS
ATUALIZAÇÃO: MS tem mais 05 novos confirmados e 36 contaminados por coronavírus
NOTA MS PREMIADA - SORTUDOS
Confira aqui se você é um dos ganhadores da NOTA MS PREMIADA
CORONAVÍRUS NO MS
Mulher de 26 anos é o mais novo caso suspeito de coronavírus em MS
ACIDENTE FATAL
Criança de 10 anos e homem morrem em acidente entre carro e caminhão
CORONAVÍRUS NO MS
Aulas podem ficar suspensas até o final de abril em MS
CORONAVÍRUS NO MS
MS tem tem mais 03 casos em 24h, 31 casos confirmados e outros 47 suspeitos são monitorados
BONITO - MS - E MAIS 40 CIDADES
BONITO e mais 40 cidades de MS em sinal de alerta para chuvas intensas
CORONAVÍRUS
EM BONITO: mulher descumpre toque de recolher e é presa
BONITO - MS - GUARDA MUNICIPAL E POLÍCIA MILI
Em Bonito (MS): Guarda Municipal e PM pegam pesado na fiscalização em ranchos no Águas do Miranda