Menu
BANNER ANNA
sexta, 29 de maio de 2020
Busca
POLONIO MEDICAL CENTER
Educação

STF julga no dia 17 carga horária dos professores

3 Mar 2011 - 15h18Por Campo Grande News

Está marcado para o dia 17 de março, às 13h (MS), o julgamento da ADI 4167 (Ação Direta de Inconstitucionalidade) ajuizada pelos governadores do Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Mato Grosso do Sul e Ceará contra a chamada Lei do Piso, que estabeleceu que nenhum professor pode receber menos de R$ 950 por uma carga de 40 horas semanais.

 No início deste ano, o Rio Grande do Sul perdeu o interesse em mover a ação, mas o ministro Joaquim Barbosa negou o pedido de desistência.

 Para os governadores, a lei causa despesas exageradas e força novas contratações.

 No caso de Mato Grosso do Sul, o questionamento é com relação à carga horária. O governo é contra a dedicação de 1/3 das 40 horas para planejamento, fora de aula.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Apenas o veículo entrou no cemitério no início da tarde de hoje em Dourados DOURADOS - TRISTE
Protocolo é seguido e mulher vítima de Covid-19 é enterrada sem despedida de familiares em Dourados
DOURADOS - VÍTIMA DA COVID-19
Jovem de 27 anos morre por Covid-19 em Dourados
Instituto de Desenvolvimento de Bonito
Requerimento quer antecipar feriados e pode causar mais dificuldades no turismo de Bonito
Homem é executado com 6 tiros a 'queima-ropa' durante partida de futebol em MS ASSASSINATO A ESCLARECER
Homem é executado com 6 tiros a 'queima-ropa' durante partida de futebol em MS
ALISTAMENTO
Governo prorroga até 30 de setembro prazo para alistamento militar
Secretaria  de Educação  de MS  exibirá  aulas remotas na TVE SED/MS e FERTEL
SED/MS e FERTEL firmam convênio para transmissão de aulas da rede pública pela TVE Cultura
COVID-19
É sexta-feira, mas fique em casa: número de casos confirmados de Covid-19 sobe para 45, em Bonito
Executado
Homem é executado após partida de futebol, em MS
FATALIDADE
Adolescente de 17 anos morre ao bater moto contra árvore em avenida
COVARDIA
Cunhada agride e tenta sufocar idosa de 90 anos com cobertor em hospital