Menu
tera, 13 de abril de 2021
Busca
BONITO AGUAS DE BONITO JANEIRO

Servidor público que vazar informações poderá ser punido

5 Mar 2011 - 10h43Por Agência Brasil

O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou a Medida Provisória 507/10, que pune com demissão o servidor público que usar indevidamente seu direito de acesso restrito a informações protegidas por sigilo fiscal ou facilitar o acesso a pessoas não autorizadas.

No caso de quem exerce cargo comissionado, a punição será a destituição do cargo e, se a pessoa for aposentada, haverá a cassação da aposentadoria. A demissão, destituição ou cassação de aposentadoria impedirá o ex-servidor de exercer novo cargo por cinco anos em qualquer órgão ou entidade da administração pública federal.

A matéria, aprovada na forma de um Projeto de Lei de Conversão do deputado Fernando Ferro (PT-PE), será analisada ainda pelo Senado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - BOLETIM COVID-19
Mais 02 mortes por Covid são registradas em dia de mais 15 novos positivos em Bonito (MS)
OPORTUNIDADE EM MS
Empresa contrata 90 motoristas e anuncia novas vagas em MS
Casal disse sim na Cachoeira do Amor, em Bonito. (Foto: Regina Aoki) - BONITO - MS - O DIA DO "SIM"
Casal viajou 2,5 mil Km para dizer 'sim' em cachoeira romântica em Bonito (MS)
BONITO - MS - QUALIDADE NO ESPORTE
Prefeitura elabora programa 'Empresa Amiga do Esporte e do Lazer', veja como funcionará em Bonito
IPTU 2021 BONITO - MS - IPTU 2021
IPTU 2021 tem prazo para pagamento é prorrogado e cota única segue com desconto em Bonito (MS)
GRUPO PRAIA PARQUE
Grupo Praia Parque é o melhor lugar para trabalhar em Bonito, aponta pesquisa
MORTE A ESCLARECER
Corpo com sinais de espancamento é encontrado em meio a milharal em MS
AUXÍLIO EMERGENCIAL
Novo lote do auxílio emergencial confirmado o 1º pagamento para quem recebe do Bolsa Família
Caminhonete ficou com a frente destruída (Foto: Vang FM) ACIDENTE FATAL
Morador de cidade de MS morre em acidente envolvendo caminhão no RS
DETRAN NOVO CÓDIGO DE TRÂNSITO
NOVO CÓDIGO: Nova Lei proíbe substituir prisão por pena mais branda em crimes de Trânsito