Menu
BANNER ANNA
quinta, 27 de fevereiro de 2020
Busca
BONITO AGUAS DE BONITO

Proposta proíbe contratação de cabos eleitorais

12 Mar 2011 - 15h31Por Bonito Informa - Agência Câmara

 Tramita na Câmara dos Deputados, em Brasília, o Projeto de Lei 8040/10, do ex-deputado Arnaldo Madeira, que proíbe a contratação de cabos eleitorais. Segundo o texto, cabo eleitoral é quem obtém, capta ou influencia votos mediante remuneração ou vantagem. A proposta altera a Lei 9.504/97, que estabelece normas para as eleições. Segundo o autor do projeto, as eleições viraram um negócio, e o voto um produto a ser comercializado. Para gerenciar esse negócio, afirma Madeira, nasceu a figura do cabo eleitoral, que recebe de acordo com o número de votos angariados. “Por isso, ser cabo eleitoral no Brasil virou profissão sazonal”, critica.

Para Madeira, o fim da "mercantilização do voto" assegurará a vivência de uma democracia plena. “O sistema vigente repudia a compra do voto, mas permite a sua influência pelo cabo eleitoral”, aponta.

Madeira fez uma ressalva com relação aos cabos eleitorais não remunerados, que, segundo ele, “influenciam não pelo poder da moeda, mas pelo poder da palavra” e devem continuar a existir.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SORTEIO
Mega-Sena acumulada sorteia hoje prêmio de R$ 200 milhões
Luto no futebol!
Técnico Valdir Espinosa morre no Rio de Janeiro
ESTUPRO DE VULNERÁVEL
Padrasto que estuprava enteada de oito anos é preso em Jardim
PERSEGUIÇÃO
Suspeito de roubo morre e mulher fica em estado grave após perseguição
Policial
Menino de seis anos é atropelado por carreta e morre
CALOR
CALOR: chuva vai embora e dia promete ser quente em Bonito (MS)
BONITO - MS - NESTE SÁBADO
Neste sábado tem dois jogos pela Liga Sul Mato-Grossense de Futsal em Bonito (MS)
ALERTA NO MS
Tereré e narguilé podem espalhar coronavírus em MS
NATURAL DE BONITO (MS)
Natural de Bonito (MS), Homem de 69 anos comete suicídio em Sidrolândia
SAÚDE - NOTA OFICIAL
Confira a Nota oficial sobre caso suspeito de coronavírus em Ponta Porã