Menu
domingo, 14 de julho de 2024
Busca
parque das cachoeiras

Projeto permite revogação de coisa julgada

10 Mar 2011 - 15h42Por Boni Miranda - Agência Câmara

Tramita na Câmara dos Deputados, em Brasília, o Projeto de Lei 7111/10, do deputado Carlos Bezerra (PMDB-MT), que permite que a coisa julgada seja revogada caso se comprove caso de injustiça extrema, grave fraude processual ou erro grosseiro.

A coisa julgada se constitui quando se esgota o prazo para o interessado apresentar recurso para tentar modificar uma decisão judicial. Depois disso, a sentença é definitiva e não podem ser apresentados recursos especial ou extraordinário. A proposta altera o Código de Processo Civil (Lei 5.869/73).

O autor destaca que a imutabilidade da coisa julgada tem sido considerada o pilar sobre o qual se assenta todo o sistema de prestação jurisdicional, que se destina à pacificação dos conflitos sociais. Ele prossegue admitindo que, sem a imutabilidade da coisa julgada, não seria possível viver em um Estado de Direito, porque as demandas se eternizariam e os conflitos gerariam situações que acabariam por prejudicar a ordem. "O que garante todo o sistema jurídico é sua estabilidade", afirma.

Porém, em sua avaliação, há situações em que o julgador pode perceber que determinada decisão, embora já alcançada pela coisa julgada, foi emitida em afronta a princípio fundamental de direito, como, por exemplo, o da vedação do enriquecimento ilícito. "Seria o caso de alguém que confesse ter cometido fraude contra seguradora, mas já além do prazo de cabimento da ação rescisória", argumenta. Nesse caso, permitir que seja desconstituída a coisa julgada seria a opção correta, acredita.

Segundo o projeto, a ação rescisória da coisa julgada poderá ser ajuizada a qualquer tempo.

Leia Também

Homem morre após sofrer queimaduras graves enquanto acendia cigarro no fogão  Em MS
Homem morre após sofrer queimaduras graves enquanto acendia cigarro no fogão
Encontrada morta na Vila Julieta era mãe de dois filhos e maquiadora profissional em MS Triste
Encontrada morta na Vila Julieta era mãe de dois filhos e maquiadora profissional em MS
União libera R$ 137 milhões para ações conjuntas contra incêndios florestais no Pantanal Destaque
União libera R$ 137 milhões para ações conjuntas contra incêndios florestais no Pantanal
Projetos sociais incentivados pela MSgás alcançam mais de 12 mil pessoas no Estado Destaque
Projetos sociais incentivados pela MSgás alcançam mais de 12 mil pessoas no Estado
Governo faz avaliação e Jogo do Tigrinho' pode ser liberado no Brasil Sob Análise
Governo faz avaliação e Jogo do Tigrinho' pode ser liberado no Brasil
Filho de Eliza Samudio é dispensado da base do Athletico por indisciplina Fim do Contrato
Filho de Eliza Samudio é dispensado da base do Athletico por indisciplina
Condições das Águas de Flutuação em Bonito durante o Inverno: Um Convite ao Ecoturismo Sustentável Nascente Azul
Condições das Águas de Flutuação em Bonito durante o Inverno: Um Convite ao Ecoturismo Sustentável
Bonito vai a coxim disputar Jogos Escolares da Juventude nesta semana Disputa
Bonito vai a coxim disputar Jogos Escolares da Juventude nesta semana
Conheça o exame de mamografia digital, do Bonito Imagem Diagnóstico. Saúde
Conheça o exame de mamografia digital, do Bonito Imagem Diagnóstico.
Bonito e mais 48 cidades, FCO para MS tem R$ 227 milhões aprovados para empreendimentos Destaque
Bonito e mais 48 cidades, FCO para MS tem R$ 227 milhões aprovados para empreendimentos
Bonito Informa
Avenida 09 de Julho 2135 - Centro - Bonito/MS/MS
(67) 99638-6610rogerio@bonitoinforma.com.br
© Bonito Informa. Todos os Direitos Reservados.