Menu
BANNER ANNA
segunda, 13 de julho de 2020
Busca
BONITO AGUAS DE BONITO

Na TV, Pedrossian defende mudança do nome de MS

O ex-governador afirmou que os tempos são outros e que o nome do Estado deve ser escolhido pelos sul-mato-grossenses

4 Mar 2011 - 11h53Por MídiaNews

Em entrevista exclusiva à TV Assembleia (Net), em Campo Grande, o ex-governador Pedro Pedrossian revelou os bastidores da criação de Mato Grosso do Sul e contou que foi ele quem sugeriu esse nome para o Estado ao então presidente Ernesto Geisel, em 1977.

Apesar de a proposta ter sido dele, hoje, Pedrossian aprova a mudança do nome de Mato Grosso do Sul. A informação é do site Midiamax.

Ex-governador dos dois Estados, Pedrossian disse que o nome já estava definido como "Campo Grande". No entanto, ele convenceu Geisel a mudar de ideia, para não desagradar os outros municípios sul-mato-grossenses.

Na entrevista à emissora do Legislativo, o ex-governador afirmou que "os tempos são outros" e que o nome do Estado deve ser escolhido pelos sul-mato-grossenses. Para ele, a alteração pode representar o encontro do Estado com a sua verdadeira identidade.

"Naquele tempo, dependia da vontade de um presidente. Podia ser A, B, C ou D, acabou sendo Mato Grosso do Sul, mas, hoje, temos um Estado com todos os órgãos funcionando”, afirmou. “Acho que essa identidade poderia começar com a mudança do nome”, completou.

Na TV, Pedrossian também revelou que era contra a divisão do Estado, por acreditar que Mato Grosso do Sul ficaria com as terras menos férteis. “A divisão aconteceu e eu não posso dizer que fui a favor”, afirmou. Ironicamente, ele é o único político a ter governado Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.

Na entrevista aos jornalistas Andréa Barros e Nivaldo Mota, Pedrossian, segundo site, deu verdadeira aula de história ao falar da infância, dos sonhos, da frustração por não ter sido o 1º governador de Mato Grosso do Sul, bem como das disputas políticas. Mas, também tratou de temas muito atuais, como a proibição de shows Expogrande, por conta da Lei do Silêncio.

O ex-governador é conhecido pelas obras emblemáticas (consideradas faraônicas, à época), como o Parque dos Poderes (sede dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário), em Campo Grande, e o Parque das Nações Indígenas.

Gafe e discussão

A polêmica sobre a mudança do nome do vizinho Estado é antiga e voltou à tona em janeiro passado, após uma gafe da novela "Insensato Coração", da da Rede Globo.

No capítulo do dia 21, um diálogo entre as personagens Luciana (Fernanda Machado) e Pedro (Eriberto Leão) deu a entender que a cidade sul-mato-grossense de Bonito, a mais importante riqueza turística da região, ficaria em Mato Grosso.

Segundo o Midiamax, a troca do nome de Mato Grosso do Sul é um tema que divide opiniões: algumas autoridades acreditam que o Estado perde dinheiro com a constante confusão entre MS e Mato Grosso, outros acreditam que o Governo deveria investir mais em divulgação sem necessitar mudar de nome.

Porém, o que todos consideram essencial é realizar um debate em conjunto com a população sul-mato-grossense.

Em entrevista ao site, o governador André Puccinelli (PMDB) afirmou que aceita rediscutir a mudança de nome do Estado. Pela primeira vez, ele afirmou que admite colocar o assunto em discussão e a posição foi comentada com destaque pela imprensa de Mato Grosso.

Já sua vice, Simone Tebet (PMDB), comentou que, como cidadã é contra a mudança do nome de Mato Grosso do Sul, mas, como vice-governadora aceita o plebiscito.

O presidente da Assembleia Legislativa, Jerson Domingos, também peemedebista, se manifestou contrário à proposta. “Precisamos divulgar o nome de Mato Grosso do Sul”, opinou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BARBÁRIE
Homem assassina ex, atira em crianças e se mata no altar de igreja em MS
Trevo da MS-382 com a MS-178: Estado investe na melhoria da malha viária e liga a região à fronteira e ao Pantanal BONITO - MS - AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Governo executa tapa-buraco e projeta recapeamento na MS-382, acesso a cidade de Bonito
Daniani Lopes Alves, de 35 anos, estava na garupa da moto que era pilotada pelo seu primo Roni Wesley Lopes Bueno, de 34 anos. ACIDENTE FATAL
Acidente entre carreta e moto mata empresária e primo em MS
BONITO - MS - TRÁFICO DE DROGAS
Polícia Militar apreende mais de 600 quilos de maconha em Bonito (MS)
Caso é o segundo já registrado no Brasil - Bruno Henrique/Arquivo/Correio do Estado MAIS UM
Vírus com potencial pandêmico é detectado pela Fiocruz no Paraná
BOLETIM DESTE SÁBADO
SÓ HOJE: Mais 07 mortes são registradas e MS registra 708 casos novos de covid-19
COMBATE AO COVID-19
Pesquisadores recomendam lockdown em Dourados e mais 11 cidades
FATALIDADE
Jovem de 19 anos morre após ser atingido na cabeça por peça de elevador de 20kg
AÇÕES DA AL/MS
Calamidade pública chega a mais da metade das cidades sul-mato-grossenses, confira a lista
BONITO SEGURO - SEBRAE
BONITO SEGURO: Inscrições para consultoria de biossegurança do Sebrae dobram em uma semana