Menu
quarta, 20 de janeiro de 2021
Busca
BONITO AGUAS DE BONITO JANEIRO

MS tem a sexta maior taxa de urbanização do País, aponta censo

29 Abr 2011 - 15h30Por Campo Grande News

Mato Grosso do Sul tem a sexta maior taxa de urbanização do País com 85,6%. Os dados preliminares pertencem ao Censo Demográfico de 2010. O primeiro Estado é o Rio de Janeiro com 96,7%, em segundo lugar o Distrito Federal, com 96,5% e São Paulo com 95,4%.

A pesquisa traz ainda o Mato Grosso do Sul em 9º lugar no ranking da Densidade Demográfica do País, que quantifica o número de habitantes por quilômetro quadrado. Os cinco maiores estados são o Distrito Federal, Rio de Janeiro, São Paulo, Alagoas e Sergipe.

Mato Grosso do Sul possui ainda, o segundo maior número de índios do Brasil. São 73.295 habitantes. O Estado também é o terceiro maior na proporção de indígenas e o sexto maior na de brancos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - VACINAÇÃO COMEÇOU
Vacinação contra covid-19 começa pelo Asilo São José em Bonito (MS)
VACINA PARA O MS
Primeiros imunizados contra Covid-19 relatam emoção e encorajam população
PLANTÃO POLICIAL CASO DE POLÍCIA
Homem tenta agredir mulher e acerta soco em bebê de 6 meses
Rio transborda, cobre carro, casas e correnteza leva vaca. (Foto: Reprodução) CHUVAS NO MS
Chuva faz rio transbordar e água cobre casas, carros e leva vaca em cidade de MS
BONITO - MS - BOLETIM COVID-19
BONITO recebe vacinas em dia de mais 14 casos positivos de coronavírus, veja o boletim
Crédito: Ilustrativa - Wesley Ortiz - Arquivo TopMídiaNews CASO ACONTECEU EM MS
Homem morre ao desmaiar em posto de gasolina e teste dá positivo para covid
AUXÍLIO EMERGENCIAL
AUXÍLIO ACABOU mas os saques continuam de R$ 300 e R$ 600, confira 04 datas confirmadas em 2021
BONITO - MS - MATRÍCULAS ABERTAS
Matrículas abertas para novos alunos na Rede Municipal de Ensino em Bonito (MS)
TIRE SUAS DÚVIDAS
VACINA: Especialistas explicam funcionamento e eficácia das vacinas virais no organismo
VACINA NO MS - CORONAVÍRUS
Prefeitos já se planejam para vacinação nas aldeias e elogiam ações do Estado no combate à pandemia