Menu
quinta, 29 de outubro de 2020
Busca
BONITO AGUAS DE BONITO

Metade da população de cidade japonesa arrasada por tsunami está desaparecida

12 Mar 2011 - 13h59Por Agência Lusa

 Cerca de 9,5 mil pessoas, metade da população da localidade de Minamisanriku, na província de Miyagi, continuam desaparecidas na sequência do violento terremoto e do tsunami que se seguiu ocorridos sexta-feira (11) no Japão, segundo informaram as autoridades do país. Minamisanriku tem 17 mil habitantes.

As equipes de socorro, que já resgataram 3 mil moradores, procuram sobreviventes em casas destruídas, águas lamacentas e incêndios provocados pelo sismo de 8,8 graus na escala Richter e pelo consequente tsunami que varreu bairros inteiros ao longo da costa nordeste japonesa.

A cadeia de televisão pública NHK anunciou que 900 pessoas morreram e mais de 700 estão desaparecidas, números que devem aumentar à medida que os trabalhos de resgate avançam.

Além do desastre ter afetado estradas de ferro, rodovias e o transporte marítimo, mais de 23 mil pessoas ficaram bloqueadas no aeroporto de Tóquio. Cerca de 6 milhões de casas, mais de 10% das habitações do país, ficaram sem eletricidade

Deixe seu Comentário

Leia Também

Instituto de Desenvolvimento de Bonito
BONITO SEGURO NO FERIADO: policiais ficam em pontos estratégicos da cidade para evitar aglomerações
BONITO - MS - SEGURANÇA NO FERIADO
Sistema S vai instalar postos de orientação sobre o Covid em atrativos durante o feriado em Bonito
TRÁFICO DE DROGAS
Polícia fecha 'boca' e apreende mais de R$ 3 mil com traficante
FUTEBOL
Palmeiras e Grêmio estreiam hoje na Copa do Brasil
CRUELDADE
Mulher é suspeita de atropelar gato de propósito, em Miranda
SENTENÇA
Sentença inocenta ex-prefeito de Bonito de acusação de improbidade
OPERAÇÃO
Operação mira novamente pedofilia na internet em MS
TRÁFICO DE DROGAS
MARACAJU: casal é flagrado carregando maconha em ônibus
Sorteio
Mega-Sena acumula e pode pagar prêmio de R$ 52 milhões no sábado
Meteorologia
Quinta-feira deve ser chuvosa e com temperaturas amenas, em Bonito