Menu
sexta, 10 de abril de 2020
BANNER ANNA
Busca
BONITO AGUAS DE BONITO

Metade da população de cidade japonesa arrasada por tsunami está desaparecida

12 Mar 2011 - 13h59Por Agência Lusa

 Cerca de 9,5 mil pessoas, metade da população da localidade de Minamisanriku, na província de Miyagi, continuam desaparecidas na sequência do violento terremoto e do tsunami que se seguiu ocorridos sexta-feira (11) no Japão, segundo informaram as autoridades do país. Minamisanriku tem 17 mil habitantes.

As equipes de socorro, que já resgataram 3 mil moradores, procuram sobreviventes em casas destruídas, águas lamacentas e incêndios provocados pelo sismo de 8,8 graus na escala Richter e pelo consequente tsunami que varreu bairros inteiros ao longo da costa nordeste japonesa.

A cadeia de televisão pública NHK anunciou que 900 pessoas morreram e mais de 700 estão desaparecidas, números que devem aumentar à medida que os trabalhos de resgate avançam.

Além do desastre ter afetado estradas de ferro, rodovias e o transporte marítimo, mais de 23 mil pessoas ficaram bloqueadas no aeroporto de Tóquio. Cerca de 6 milhões de casas, mais de 10% das habitações do país, ficaram sem eletricidade

Deixe seu Comentário

Leia Também

COVID-19 EM CIDADE DE MS
ASSUSTADOR: Cidade de MS tem 432 pessoas em isolamento, aponta Central de Monitoramento
CORONAVÍRUS NO MS
Confira o ranking dos 10 municípios exemplos em isolamento social no MS
BONITO - MS - PSD
Em Bonito (MS), PSD aposta na força da mulher e na renovação política
CORONAVÍRUS NO ESPORTE
Conselheiro do Palmeiras, ex-deputado morre com coronavírus
BOLETIM CORONAVÍRUS NO MS
BOLETIM: MS tem 04 novos casos entre eles jovens de 22 e 29 anos com Covid-19, Veja a atualização
PRESOS
Dupla presa por tentativa de homicídio planejava matar mais duas pessoas
Desmatamento
Paulista é autuado em R$ 28 mil por desmatamento ilegal em MS
Tentativa de homicídio
Mulher é baleada pela namorada por terminar namoro em Campo Grande
PERGUNTAS
Detran/MS lança canal e responde dúvidas através das redes sociais
Fiscalização
Exército Brasileiro está intensificando fiscalização nas estradas de Bonito