Menu
tera, 27 de outubro de 2020
Busca
BONITO AGUAS DE BONITO

Governo pedirá R$ 35 milhões para arrumar pontes em MS

18 Mar 2011 - 10h25Por Campo Grande News

O governo do Estado entregará amanhã em Brasília um relatório pedindo R$ 35 milhões para substituir quatro pontes de madeira destruídas pelas chuvas dos últimos dias e outras 30 que foram danificadas. A intenção é trocar todas por pontes de concreto.

Somente na divisa de Nova Andradina e Ribas do Rio Pardo, mais de 2.000 famílias estão isoladas desde a queda de três pontes em estradas vicinais.

Coordenador da Defesa Civil, Coronel Ociel Ortiz Elias viaja na madrugada de sexta-feira para entregar o relatório feito pelo secretário Wilson Cabral (Obras Públicas e de Transportes) das pontes destruídas e danificadas.

“O governador André Puccinelli pediu para priorizarmos as estradas e pontes para escoar a produção agrícola”, explicou o secretário.

Produtores rurais que tiveram grandes prejuízos na safra de soja por conta das chuvas ininterruptas, agora enfrentam dificuldade para escoar os grãos já que as estradas e pontes estão intransitáveis.

Na semana passada, em visita a Mato Grosso do Sul, o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, anunciou o repasse emergencial de R$ 5 milhões, após sobrevoar a região de Aquidauana.

Só que o governo estadual calculou que a chuva causou prejuízos de R$ 110 milhões.

Deixe seu Comentário

Leia Também

MIRANDA E DEMAIS CIDADES
Miranda registra mais 02 mortes por coronavírus em dia de 11 óbitos nas últimas 24h
ROTA BIOCEÂNICA
Com Rota Bioceânica, Porto Murtinho pode se tornar hub logístico em importação e exportação
COVID-19
Bonito registra mais 3 novos casos de covid-19
COVID-19
SES divulga recomendações de prevenção à Covid-19 durante feriado
POLÍCIA
Mulher esfaqueia marido após ser enforcada e agredida com socos
TRÁFICO DE DROGAS
Policiais atiram contra pneu de caminhonete que carregava maconha
Prisão
Jovem suspeito de homicídio é capturado em posse de mais de 1kg de maconha
Confronto
Homem para carro em bloqueio, desce atirando e morre em confronto com a polícia
AUDIOLIVROS
Audiolivros ganham espaço no Brasil
LESÃO CORPORAL DOLOSA
Jovem fala para casal discutir em outro lugar e é esfaqueado duas vezes, em Maracaju