Menu
quarta, 28 de julho de 2021
Busca
BONITO AGUAS DE BONITO JUNHO

Governo brasileiro deve dar socorro financeiro a Portugal

30 Mar 2011 - 17h06Por Folha.com

Os jornais portugueses dão como certa o socorro financeiro do governo brasileiro a Portugal, que passa por uma crise econômica e tem que amortizar, até dia 11 de abril, 4,5 bilhões de euros de sua dívida pública que, segundo o jornal "Público", o governo não dispõe em caixa.

A publicação afirma na manchete principal de sua edição desta quarta-feira afirma que o "Brasil [está] disponível para comprar dívida portuguesa". Dá ainda como certa "a intervenção do governo de Brasília na resolução dos problemas financeiros portugueses".

No "Diário de Notícias", o destaque é para a "garantia" dada por Dilma para ajudar Portugal no que for possível.

A visita de Lula e sua sucessora era uma vista pelo governo português como uma oportunidade de atrair investimentos, ainda que indiretos, do Brasil. Na noite de segunda-feira, Dilma tinha um jantar programado com o premiê Sócrates para discutir negócios entre os dois países, como a possível contratação de engenheiros e arquitetos de Portugal. 

O encontro foi cancelado, o que adiou a expectativa do governo português de fechar parcerias apenas para a cúpula Brasil-Portugal, que acontece no fim do ano, depois do prazo que o governo português tem para saldar sua dívida.

ENTRAVE

Apesar de se mostrar disponível para socorrer Portugal, a presidente Dilma Rousseff colocou um interposto na ajuda: ela quer obedecer à regra do Banco Central de só comprar títulos. Na terça-feira, a agência de risco Standard and Poor´s rebaixou a nota de Portugal para BBB-, um ponto acima do "lixo", segundo classificaram os jornais e televisões portugueses.

De qualquer maneira, o prêmie José Sócrates voltou a afirma, na manhã desta quarta-fera, que "o governo não tem nenhuma intenção de pedir ajuda exterior". A presidente brasileira afirmou que, até agora, não foi procurada oficialmente pelo governo de Portugal sobre o eventual socorro à economia do país.

Nesta quarta-feira, tanto a presidente brasileira Dilma Rousseff e o português Cavaco Silva, que foram assistir à cerimônia de concessão do título de doutor honoris causa da Universidade de Coimbra ao ex-presidente Lula, não quiseram comentar o assunto na chegada ao evento.

Além de Lula, os ex-presidentes brasileiros Juscelino Kubitschek, Tancredo Neves, José Sarney e Fernando Henrique Cardoso já foram homenageados pela mesma universidade

Deixe seu Comentário

Leia Também

VACINAÇÃO COVID NO BRASIL
Adolescentes entre 12 e 17 anos serão incluídos na vacinação contra Covid, veja como será
TURISMO - AUXÍLIO
Auxílio de R$ 1.000 do Incentiva+MS Turismo, veja como fazer o cadastro e ficar ligado no prazo
PANTANAL - ENERGIA SOLAR ENERGIA SOLAR NO PANTANAL
Governador e ministro visitam projeto para levar energia solar a mais de 2 mil famílias no Pantanal
TURISMO - BONITO TURISMO EM MS
Fundtur apresenta calendário de eventos para promoção online e presencial do turismo de MS
Frio de gelar os ossos chega a MS e há possibilidade de geada no sul do estado (G1) FRIO CHEGA CHEGANDO
Frio intenso com geadas e temperatura de até -5° entre quarta e sexta em MS
BONITO - MS - NO GABINETE
Avaliação da gestão, o que pode melhorar e planos para o aniversário é discutido em Bonito (MS)
A RETOMADA
Volta às aulas e retomada econômica, secretários anunciam medidas e cor das bandeiras do Prosseguir
Secretário de estado de Saúde, Geraldo Resende. (Foto: Paulo Francis) - CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS USO DE MÁSCARA
Uso de máscara deve continuar por um bom tempo, avisa secretário
TENTATIVA DE ASSASSINATO
Jovem é surpreendido a tiros em frente à porteira de propriedade rural em MS
Escola Estadual Luiz da Costa Falcão VOLTA ÀS AULAS EM MS
Aulas presenciais na Rede Estadual voltam na próxima semana com toda segurança necessária em MS