Menu
sexta, 25 de setembro de 2020
Busca
BONITO AGUAS DE BONITO

Fraude em exame de Ordem será investigada pelo MPE

5 Mar 2011 - 10h52Por Jornal de Vilhena

O inquérito que investiga suposta fraude no exame de ordem da Ordem dos Advogados do Brasil em Rondônia (OAB-RO) deverá ser de competência do Ministério Público Estadual, e não do Ministério Público Federal. A decisão é do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), publicada na edição de sexta-feira (4) no Diário Oficial da União.

A votação por unanimidade acompanhou a relatora Julieta Fajardo Cavalcante de Albuquerque. Segundo os procuradores do CNMP, a Ordem dos Advogados do Brasil não é uma autarquia federal. Logo há “inexistência de cometimento de infração penal praticada em detrimento de bens, serviços ou interesse direto específico da União (…)”.

O processo que apura as supostas fraudes tramita atualmente na 3ª Vara Federal de Porto Velho. O Exame de Ordem da OAB no País vem sendo investigado pela Polícia Federal que detectou várias irregularidades no concurso de 2009. Em 2003, o concurso da OAB-RO já havia sido anulado por motivos parecido: venda do gabarito.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - VACINAÇÃO CANINA
Dia D contra raiva acontece neste sábado, veja os pontos de vacinação em Bonito (MS)
FOGO NO PANTANAL
Setembro já é o mês com maior número de focos de incêndio no Pantanal desde 1998
COVID-19
Bonito registra mais 3 novos casos de covid-19
Texto e fotos: Sílvio de Andrade FOGO NO PANTANAL
Força-tarefa conta com mais de 50 homens no combate aos focos de calor no Amolar
FALSO SEQUESTRO
Mulher sequestra neto para extorquir o próprio filho, em MS
Contrabando
CASA CAIU: contrabandista é preso em flagrante, em Jardim
FATALIDADE
Batida entre moto e carreta deixa uma mulher morta, em Maracaju
Assassinato
Homem é assassinado com seis tiros em lanchonete
Meteorologia
Sexta-feira deve ser quente e temperatura pode chegar aos 36°C em Bonito (MS)
BONITO - MS - NOVO COMANDANTE
Com 28 anos na Polícia Militar, novo comandante é apresentado na 1ª Companhia em Bonito (MS)