Menu
quinta, 4 de junho de 2020
BANNER ANNA
Busca
BONITO AGUAS DE BONITO

Estudo afirma que ancestral do homem demorou a dominar o fogo

15 Mar 2011 - 14h04Por Folha.com - Ciência

Os ancestrais do homem passaram muito frio na Europa por centenas de milhares de anos por não saberem ainda controlar o fogo, argumentam dois pesquisadores.

Eles concluíram que o uso habitual do fogo só começou entre 400 mil e 300 mil anos atrás contrariando a hipótese tradicional de que fogueiras controladas teriam sido fundamentais para colonizar o continente quando os hominídeos deixaram sua terra de origem, a África (a íntegra está disponível para assinantes do jornal e do UOL).

Os pesquisadores Wil Roebroeks, da Universidade de Leiden (Holanda), e Paola Villa, do Museu da Universidade do Colorado (EUA), também lançam dúvidas sobre as alegações de que seres humanos já usavam fogo na África de modo regular desde 1,6 milhão de anos atrás.

Essa inferência é a base da chamada hipótese do "macaco cozinheiro", que liga o crescimento do cérebro humano ao combustível trazido pela comida cozida, considerada mais nutritiva.

"Nossos dados, com base em uma revisão de centenas de sítios europeus, sugerem que os antigos seres humanos foram capazes de sobreviver mesmo no clima mais frio da Europa sem o uso habitual de fogo", diz Villa.

Deixe seu Comentário

Leia Também

COVID-19
EM JARDIM: dos 34 casos confirmados de Covid-19, 26 já estão recuperados
COVID-19
Guia Lopes da Laguna tem 238 casos confirmados de Covid-19; 114 estão curados
OPERAÇÃO EM JARDIM
Operação para cumprimento de mandados resulta em duas prisões, em Jardim
ESTUPRO
EM MS: criança de 5 anos é estuprada por vizinho em troca de bolachas
CORONAVÍRUS NO MS
MS tem mais 123 casos confirmados e soma 1.925, CONFIRA O BOLETIM
INTERNACIONAL
Segurança esfaqueia mais de 30 crianças em escola
TRÁFICO DE DROGAS
Traficante é flagrado na rodoviária com mochila lotada de drogas
Bonito (MS) em alerta BONITO - MS - ALERTA DO INMET
Inmet alerta para chuvas intensas e ventos de até 60 km/h em Bonito (MS)
COVID-19
Mais um: Bonito totaliza 49 casos confirmados de Covid-19
Sorteio
Aposta feita pela internet leva prêmio de R$ 45 milhões da Mega-Sena