Menu
tera, 7 de abril de 2020
BANNER ANNA
Busca
POLONIO MEDICAL CENTER

Empresário que matou arquiteta em CG é condenado a 20 anos de prisão

3 Mar 2011 - 17h43Por Midiamax

 O empresário Luiz Afonso Andrade, 42, foi condenado a 20 anos de prisão por matar a arquiteta Eliane Nogueira, 39, sua ex-mulher, ano passado, em Campo Grande. A sentença foi lida agora no Tribunal de Júri, presidido pelo juiz Aluizio Pereira.

Andrade foi sentenciado por desaparecimento de cadáver e homicídio triplamente qualificado.

Após matar a ex, com quem viveu por dois anos e havia se separado três dias antes do crime, ele pôs o corpo dela no carro e queimou numa rua de pouco movimento do bairro Tiradentes.

O crime foi tido como triplamente qualificado por essas razões: o homem tinha ciúmes da mulher, matou-a e queimou o carro com corpo dentro.

Parentes da vítima disseram que já aguardavam a pena para o empresário, mas que isso “não traria a arquiteta de volta”.

O advogado Ivan Lacerda, um dos defensores do empresário, disse não ter concordado com alguns "termos citados no julgamento", e que vai recorrer da sentença.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TURISMO
Empresários de Bonito encaminham carta aberta a Bolsonaro e pedem redução de impostos no turismo
CORONAVÍRUS NO BRASIL
Festa de aniversário espalha coronavírus em uma família e mata 3 irmãos
CORONAVOUCHER
Aplicativo para receber auxílio emergencial já está no ar, Veja como se cadastrar e receber R$ 600
BOLETIM CORONAVÍRUS EM MS
MS tem 14 novos casos confirmados de Covid-19 e já soma 80, Confira a atualização
PRESO
Ladrão de conveniência é preso em Jardim após investigação da Polícia Civil
BRIGA
Briga de vizinho deixa um assassinado a facadas em Campo Grande
CORONAVÍRUS
Pela 1ª vez desde janeiro, China não registra mortes por covid-19
Contrabando
Homem é preso com 45 mil pacotes de cigarro na BR-163
COVID-19
CORONAVÍRUS: Bonito vai receber dinheiro do Estado para combater Covid-19
PERTURBAÇÃO DA TRANQUILIDADE
EM BODOQUENA: jovem é denunciada pela avó e fica amarrada até chegada da PM