Menu
domingo, 25 de fevereiro de 2024
Busca
VOO DAS GARÇAS
BONITO - MS - POLÍTICA

Em Bonito, Juíza condena ex-prefeito por distribuir cesta básica em troca de votos, Cabe recursos

Em Bonito, Juíza condena ex-prefeito por distribuir cesta básica em troca de votos, Cabe recursos

12 Ago 2019 - 19h12Por Correio do Estado

Ex-prefeito de Bonito, José Arthur Soares de Figueiredo, a ex-primeira-dama, Conceição Izabel Aivi de Figueiredo e o vereador Pedro Aparecido Rosário e o funcionário público Valdirnei Ferreira Martins foram condenados por improbidade administrativa e prejuízo ao erário, devido a distribuição de cestas básicas, com verba pública, em troca de votos, na campanha das eleições municipais de 2018.

Juíza Adriana Lampert, da 1ª Vara de Bonito, condenou os quatro a repararem o dano causado ao Município, no valor equivalente a 500 cestas básicas; suspensão dos direitos políticos dos réus pelo prazo de cinco anos, proibição de contratar com o Poder Público pelo mesmo prazo, além do pagamento de R$ 30 mil como indenização, que deverá ser depositado no Fundo de Defesa de Direitos Difusos.

Conforme os autos do processo, no período eleitoral, houve doação de cestas básicas, fornecidas pela empresa de outro réu, já falecido, com objetivo de captar votos. A distribuição visava, como regra, atendimento de programas sociais a cargo da Secretaria de Assistência Social (SAS), dirigida pela então primeira-dama.

No entanto, conforme a denúncia, cestas básicas foram entregues a pessoas não cadastradas junto à SAS, com intenção de obter votos em troca do benefício concedido. Valdirnei, funcionário da SAS, era o responsável pelo encaminhamento das solicitações informais ao comerciante.

Pedro Aparecido, candidato ao cargo de vereador, foi beneficiado no esquema, assim como José Arthur, que buscava a reeleição.

Na decisão, juiz afirma que, em período eleitoral, a questão de entregas de cestas básicas foi regulamentada por portaria que determinava a obrigatoriedade do Poder Público informar à Justiça Eleitoral programas de entregas de cestas, com indicação de data e local de distribuição, o que indica que os réus tinham plena ciência sobre as normas.

Ainda conforme a decisão, ficou demonstrado nos autos que o procedimento descrito na portaria não foi respeitado, impossibilitando o acompanhamento e fiscalização por parte das Justiça Eleitoral, acarretando nos desvios para obtenção de votos.

“No período eleitoral,bastava o mero requerimento à pessoa da primeira dama, Conceição Izabel Aivi de Figueiredo, para que fosse ordenada a entrega dos suprimentos na residência de eleitores, isto é, não ocorria a devida triagem junto à secretaria adequada, sequer o prévio cadastro dos beneficiários”, diz a magistrada.

Juíza afirma também que restou comprovado que a máquina pública foi utilizada com fins eleitoreiros, visto que o esquema de doações ocorreu em desacordo com a legislação e com plena ciência de todos os envolvidos.

Dessa forma, os quatro envolvidos foram condenados. O comerciante que fazia a remessa das cestas faleceu e o pedido de condenação em relação a ele foi julgado improcedente.

Decisão é do dia 6 de agosto, em primeiro grau, e cabe recurso.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Aposentadoria
BELA VISTA:Após 30 anos dedicados a Polícia Militar, Sgt Januário Fleitas encerra seu último serviço
A pesca é uma das principais atividades que movimenta o comércio e gera emprego e renda na comunidade Turismo em alta
Águas do Miranda inclui Bonito como polo de pesca esportiva
Agora, Bruninho vai atuar como goleiro no sub-14 do Furacão Novo contratado
Filho de Eliza Samudio que vive em MS, Bruninho assina 1º contrato no dia do aniversário da mãe
Os aparelhos serão instalados nas escolas Agradecimento
Prefeito de Bonito agradece Fecomércio e SESC por doação de ares-condicionados
A província de Anhui é uma das integrantes da Zona Econômica do Delta do Rio Yangtze, a região mais rica da China Reunião de negócios
Ministra do Departamento Econômico e Comercial da China vem a MS prospectar negócios
O Corpo de Bombeiros compareceu atendeu a vítima que foi encaminhada para a Santa Casa Caso de polícia
Motociclista atropela policial durante tumulto em Mato Grosso do Sul
 O horário estendido começa na próxima segunda-feira Saúde
Equipe oferece vacinação durante o período noturno a partir de segunda-feira em Bonito
O comunicado afirma que o cantor está bem, Sertanejo
Cantor Chrystian, ex dupla com Ralf, terá que fazer transplante de rim
O reitor da UEMS, Laércio Alves de Carvalho, ressalta que a universidade tem o orgulho de realizar este que é o maior evento de tecnologia da região pantaneira Atenção população
UEMS e Governo de MS realizam Pantanal Tech MS em junho; evento será em Aquidauana
Fotos: Saul Schramm AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Bodoquena recebe novas obras de educação e saneamento para melhorar vida dos moradores