Menu
tera, 24 de novembro de 2020
Busca
Bonito

Dilma quer retirar mais 500 mil trabalhadores da informalidade até o final do ano

11 Abr 2011 - 12h47Por Agência Brasil

A presidenta Dilma Rousseff afirmou que o governo tem como meta retirar da informalidade 500 mil trabalhadores até o final deste ano, por meio da redução de 11% para 5% da alíquota de contribuição para a Previdência Social. No programa semanal Café com a Presidenta, que foi ao ar hoje (11), Dilma comentou o saldo de mais de 1 milhão de trabalhadores que passaram a ter carteira assinada por meio do programa Micro Empreendedor Individual.

Ao listar as vantagens da formalidade, a presidenta ressaltou direitos como a concessão do auxílio-doença, do salário-maternidade e da aposentadoria por idade. Outro destaque trata-se do acesso a financiamentos. “Vamos criar linhas de crédito próprias para os empreendedores individuais nos bancos públicos. Esse apoio financeiro é fundamental para quem quer expandir ou melhorar seu negócio”, disse.

Sobre a criação da Secretaria da Micro e Pequena Empresa, Dilma lembrou que o segmento representa a maioria das empresas brasileiras. “Esse ministério vai promover a inovação para que as empresas possam se desenvolver, vai diminuir a burocracia, vai buscar a redução de impostos e vai estimular as exportações”, explicou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SEBRAE REVOLUTION LIDERANÇA
Sebrae realiza evento sobre Liderança e Futuro do Trabalho
CORONAVÍRUS EM MS
Vice-prefeito de Ponta Porã está internado em UTI com covid-19
EDUCAÇÃO NA PANDEMIA
Protocolo de Volta às Aulas da Rede Estadual prevê ensino híbrido em 2021
VEM PRA BONITO - MS
'Green Week' do Águas de Bonito começou e tem a melhor tarifa do ano em Bonito (MS)
PLANTÃO POLICIAL FEMINICÍDIO NO MS
FEMINICÍDIO: Homem invade apartamento e mata a ex-companheira a golpes de faca
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Pontes destruídas no Pantanal serão substituídas por pontes de concreto
subway realiza sub week entre 23 e 29 11 BONITO - BLACK FRIDAY SUBWAY
Black Friday da Subway já começou, veja como pedir o seu em Bonito (MS)
Aeronave fez pouso forçado e piloto ateou fogo depois - Crédito: Senad/Divulgação CASO DE POLÍCIA
Traficante ateia fogo em avião carregado com cocaína após pouso forçado
Policial militar agride turista a socos e chutes em Bonito - Redes sociais BONITO - MS - POLICIAIS AFASTADOS
Governador afasta policiais flagrados agredindo turistas em Bonito (MS)
BONITO - MS - ATENÇÃO
ATENÇÃO BONITO: Limpeza na rede será nesta madrugada e 'cavaletes' devem ser fechados