Menu
quinta, 20 de fevereiro de 2020
BANNER ANNA
Busca
BONITO AGUAS DE BONITO

Chico Anysio recebe alta após quatro meses no hospital

22 Mar 2011 - 09h31Por Terra

O humorista Chico Anysio recebeu alta do Hospital Samaritano, no Rio de Janeiro, nesta segunda-feira (21), depois de quase quatro meses de internação. De acordo com o boletim médico, o estado de saúde dele é estável e o tratamento com fonoaudióloga continuará em casa.

A mulher do comediante, Malga di Paula, contou a novidade pelo Twitter. "Atenção. Sirene ligada. Estou na ambulância levando o meu amor para casa. Como eu previa! Salve Jorge! Malga Di Paula (com lágrimas nos olhos)", escreveu.

Chico Anysio foi internado no dia 2 de dezembro com quadros de falta de ar. Depois de detectada uma obstrução na artéria, ele foi submetido a uma angioplastia.

Durante seu período no Centro de Terapia Intensiva, o ator teve algumas infecções, como pneumonias. No dia 15 de fevereiro, Chico recebeu alta do CTI e foi para a Unidade Intermediária, ala onde os pacientes ficam em quartos privativos, mas continuam sendo monitorados por médicos e enfermeiros.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - AGRADECIMENTOS
Pacientes renais crônicos que fazem tratamento em Campo Grande homenageiam prefeito de Bonito (MS)
BONITO - MS - EMPOSSADOS
Prefeito Municipal dá posse para mais 2 vigias concursados em Bonito (MS)
MUITA CHUVA
Forte chuva alaga ruas e deixa família em situação critica no bairro (VÍDEOS)
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Agehab entrega bases do lote urbanizado e títulos de propriedade em Maracaju
LEÃO
Programa para fazer declaração do Imposto de Renda já está disponível
TRÁFICO DE DROGAS
Maconha "rastreada por GPS” é apreendida entre Ponta Porã e Dourados
AIPIM
ESPECIAL IDB: venha conhecer o Aipim, o restaurante vai te surpreender
FATALIDADE
Identificadas vítimas do acidente que resultou na morte de três pessoas em Nova Andradina
Sorteio
Mega-Sena acumula mais uma vez e prêmio vai a R$ 190 milhões
Fátima do Sul
Mulher é encontrada morta a marteladas e namorado é principal suspeito