Menu
sexta, 5 de junho de 2020
BANNER ANNA
Busca
POLONIO MEDICAL CENTER
Politica

Câmara proíbe revista íntima de mulheres em empresas e órgãos públicos

3 Mar 2011 - 14h54Por Agência Câmara

O Plenário da Câmara dos Deputados, em Brasília, aprovou em votação simbólica, em que não há registro individual de votos, o Projeto de Lei 583/07, da deputada Alice Portugal (PCdoB-BA), que proíbe a revista íntima de mulheres nas empresas privadas e nos órgãos e entidades da administração pública. A matéria ainda precisa ser analisada pelo Senado.

 O texto aprovado é o substitutivo, espécie de emenda que altera a proposta em seu conjunto, substancial ou formalmente. Recebe esse nome porque substitui o projeto. O substitutivo é apresentado pelo relator e tem preferência na votação, mas pode ser rejeitado em favor do projeto original.   da deputada Jô Moraes (PCdoB-MG), relatora pela Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público. A proibição de revista íntima abrange as funcionárias e as clientes do sexo feminino.

Quem não cumprir a proibição ficará sujeito a multa de R$ 20 mil, paga pelo empregador e revertida aos órgãos de proteção dos direitos da mulher. Em caso de reincidência, a multa será aplicada em dobro, independentemente de indenizações por danos morais ou de sanções penais.

Uma emenda do deputado Domingos Sávio (PSDB-MG), incluída pela relatora, abre uma única exceção: para os casos de revista previstos em lei quando necessária nos ambientes prisionais e sob investigação policial. A revista, porém, deverá ser realizada exclusivamente por funcionária ou servidora.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Imagem Ilustrativa - Crédito: Wesley Ortiz/Arquivo VOLTA ÀS AULAS NO MS
Governo ainda não tem previsão se vai voltar com aulas presenciais em MS
Agentes do Depen - Imagem Ilustrativa OPORTUNIDADE
Concurso federal com salário de até R$ 6 mil encerra inscrições nesta sexta-feira
IMAGEM: ÁGUAS TURISMO BONITO - MS - NOVO DECRETO
Novo Decreto é publicado, veja o que mudou e o que continua valendo desde 1º de junho em Bonito (MS)
Consulta para saber se o CPF foi usado para requerer o Auxílio Emergencial deve ser feita no site da Dataprev - Reprodução FIQUEM ATENTOS
Veja se o seu CPF foi usado e como denunciar a fraude
Governo de MS vai distribuir máscaras para quem não tem condições de comprar CORONAVÍRUS NO MS
Governo de MS vai distribuir máscaras para quem não tem condições de comprar
CORONAVÍRUS BOLETIM - CORONAVÍRUS NO MS
BOLETIM: MS registra mais 72 casos confirmados nas últimas 24h e 21 mortes por coronavírus
CRIME
Adolescente procura polícia após ter fotos íntimas compartilhadas
Prisão
Homem que matou vítima violentamente é preso em cidade de MS
Roubo
Armados com faca, dupla rouba celular de jovem em Dourados
FATALIDADE
Filho de vereadora passa mal e morre durante partida de futebol