Menu
quinta, 26 de novembro de 2020
Busca
Bonito

Anvisa deve controlar uso de repelentes por crianças

3 Mar 2011 - 16h09Por Folha.com

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) deve aumentar o controle sobre repelentes de insetos. A mudança visa proteger principalmente crianças, mais vulneráveis a intoxicação.

Está em consulta pública até o próximo dia 16 uma proposta que estabelece requisitos técnicos mínimos sobre segurança, eficácia e rotulagem de cremes e aerossois.

Se a resolução for aprovada, as marcas que estão no mercado terão seis meses para alterar as embalagens, que deverão informar o princípio ativo da fórmula e a concentração da substância, além de trazer alertas sobre o uso.

Já há recomendação da Anvisa para que as embalagens tenham alertas, mas isso passará a ser obrigatório.

Mesmo os repelentes com princípios ativos naturais devem ter avisos nos rótulos.

Há dois tipos de repelentes mais comuns no Brasil: os de citronela (planta aromática) e os de deet (abreviatura de dietiltoluamida), um composto químico que age nos insetos impedindo que sintam o odor humano.

A maioria das marcas tem deet na fórmula, entre elas OFF! e Repelex. Não há muitas pesquisas sobre o efeito da substância, mas sabe-se que pode ser tóxica dependendo da concentração.

"A concentração determina a eficácia do produto e também a toxicidade. A substância pode ser absorvida e causar alergias, vômitos ou mesmo alterações neurológicas como sonolência", diz Ana Paula Beltran Castro, alergologista e pediatra do Hospital das Clínicas de SP.

Quanto maior a concentração de deet, mais dura o efeito (produtos com 23% protegem por até cinco horas) e maior o risco de intoxicação.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Carro colidiu com coqueiro na rodovia (Digulgação/PM) TRAGÉDIA ENTRE JARDIM E BONITO
Cinco ficam feridos e bebê de um mês morre após carro colidir com coqueiro entre Jardim e Bonito
O maior jogador de futebol argentino, Diego Maradona morre aos 60 anos - Crédito: REPRODUCAO LUTO NO ESPORTE
Diego Maradona morre aos 60 anos
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Reinaldo entrega 420 equipamentos de combate ao mosquito Aedes aegypti e destaca sintonia no combate
BONITO - MS - TRANSIÇÃO
Odilson destaca 'transição harmoniosa' e de respeito com equipe do prefeito eleito em Bonito (MS)
BONITO - MS - AÇÃO DA PMA
Arrendatário multado em R$ 124 mil por causar turbidez na água de córrego e rio afluentes do Formoso
BONITO - MS - AÇÕES
Estado e Sudeco se unem para adequar estradas e evitar turvamento de rios de Bonito (MS)
PREVISÃO DO TEMPO
Chuva só em dezembro, quarta-feira de sol forte em todo MS
Máscaras no queixo, na bolsa, sobre a mesa, e as aglomerações excessivas são causas preocupantes - Fotógrafo Álvaro Rezende SEGUNDA ONDA
Alerta: Hospital Regional começa a faltar leitos de Covid-19, taxa de ocupação atinge 110%
BONITO - BODOQUENA E JARDIM
Convênio firmado e compra de maquinários vai adequar estradas vicinais de Bodoquena, Jardim e Bonito
Zezé Di Camargo canta durante velório do pai, Francisco Camargo, em Goiânia  Foto: Vítor Santana G1 TRISTE PARTIDA
Zezé Di Camargo toca sanfona e canta 'É o Amor' durante velório do pai