Menu
quinta, 26 de novembro de 2020
Busca
BONITO AGUAS DE BONITO

25% das mulheres sofreram violência no atendimento ao parto

27 Fev 2011 - 14h12Por Agência Brasil

 

Uma pesquisa feita pela Fundação Perseu Abramo revelou que 25% das mulheres que tiveram filhos de parto natural na rede pública ou privada de saúde sofreram algum tipo de violência ao serem atendidas durante o trabalho de ao parto. Dessas, 74% ouviram a ofensa na rede pública e 17% em hospitais particulares. Outras 8%, nos dois locais.

Os dados são da pesquisa Mulheres Brasileiras e Gênero nos Espaços Públicos e Privados, feita em agosto do ano passado. No capítulo Violência Institucional no Parto, a pesquisa mostra que, entre as entrevistadas, 68% tiveram o parto na rede pública, 16% na privada e 8% recorreram às duas redes hospitalares em ocasiões distintas.

A pesquisa indicou ainda que 23% das entrevistadas ouviram algum tipo de despropósito durante o momento do parto. Entre as frases mais ouvidas, estão “não chora que, no ano que vem, você está aqui de novo” (15%); seguida de “na de hora de fazer não chorou nem chamou a mamãe, por que está fazendo [isso] agora?” (14%); “se gritar, eu paro agora o que estou fazendo, não vou te atender” (6%); e “se gritar vai fazer mal para o seu neném, seu neném vai nascer surdo” (5%).

Também foi constatado que 10% das mulheres sentiram dor ao fazer o exame de toque durante o trabalho de parto, 10% tiveram negado o pedido de algum tipo de alívio para a dor e 9% responderam que foram ofendidas com gritos do atendente. E ainda 9% das mulheres não foram informadas sobre qual o procedimento o atendente estava fazendo, 8% reclamaram que o atendente se negou a atendê-las e 7% foram humilhadas ou xingadas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRAGÉDIA NAS ESTRADAS
Mãe de bebê também morre após carro bater em coqueiro em Bonito (MS)
Carro colidiu com coqueiro na rodovia (Digulgação/PM) TRAGÉDIA ENTRE JARDIM E BONITO
Cinco ficam feridos e bebê de um mês morre após carro colidir com coqueiro entre Jardim e Bonito
O maior jogador de futebol argentino, Diego Maradona morre aos 60 anos - Crédito: REPRODUCAO LUTO NO ESPORTE
Diego Maradona morre aos 60 anos
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Reinaldo entrega 420 equipamentos de combate ao mosquito Aedes aegypti e destaca sintonia no combate
BONITO - MS - TRANSIÇÃO
Odilson destaca 'transição harmoniosa' e de respeito com equipe do prefeito eleito em Bonito (MS)
BONITO - MS - AÇÃO DA PMA
Arrendatário multado em R$ 124 mil por causar turbidez na água de córrego e rio afluentes do Formoso
BONITO - MS - AÇÕES
Estado e Sudeco se unem para adequar estradas e evitar turvamento de rios de Bonito (MS)
PREVISÃO DO TEMPO
Chuva só em dezembro, quarta-feira de sol forte em todo MS
Máscaras no queixo, na bolsa, sobre a mesa, e as aglomerações excessivas são causas preocupantes - Fotógrafo Álvaro Rezende SEGUNDA ONDA
Alerta: Hospital Regional começa a faltar leitos de Covid-19, taxa de ocupação atinge 110%
BONITO - BODOQUENA E JARDIM
Convênio firmado e compra de maquinários vai adequar estradas vicinais de Bodoquena, Jardim e Bonito