Menu
domingo, 3 de julho de 2022
Busca
SAF CELULAR
FESTIVAL DA PESCA

Festival de Pesca de Corumbá tem 121 peixes capturados e dourado é o destaque

22 Mai 2022 - 11h58Por SUBCOM

Com 53 dourados fisgados e validados, de um total de 121 peixes capturados e soltos no Rio Paraguai, o Festival Internacional de Pesca de Corumbá realizou neste sábado a prova principal, que contou com a participação de 256 equipes, a maioria integrada por pescadores esportivos do Estado. O Governo do Estado apoia o evento promovido pela prefeitura com R$ 225 mil, recurso destinado a promoção e cachê artístico.

Depois de uma semana de frio, com temperatura média de 12 graus, o sábado amanheceu com sol mais forte e a pesca foi farta. A prova principal foi iniciada às 7h, encerrando-se às 14h, e o “rei” do rio foi a espécie mais fisgada, dando mais emoção ao campeonato. Os maiores exemplares capturados (na frente do Porto-Geral), no entanto, foram dois pintados com o mesmo tamanho (90 centímetros) por equipes diferentes.

Festival contou com 256 equipes e largada, no Porto-Geral, foi feita por baterias com apoio da Marinha, Pma e Corpo de Bombeiros

O festival foi iniciado na sexta-feira, com abertura e shows na orla portuária, e termina na manhã deste domingo com a prova infantil, que terá a participação de mil crianças. Durante a premiação a prova principal, na tarde de sábado, o prefeito corumbaense Marcelo Iunes anunciou a data do festival do próximo ano: será de 4 a 6 de fevereiro, abrindo a temporada de pesque-solte, atendendo pedido dos empresários do setor.

Pantanal é espetacular

A equipe campeã da prova foi a Kakai (Corumbá), com 947 pontos, seguida da Kayama (Goiânia), com 861 pontos. As duas equipes estavam empatadas a menos de dez minutos do encerramento, quando os campeões corumbaenses fisgaram duas piraputangas, de 35 e 25 centímetros. A Kakai pescou ainda dois dourados (64 e 56 centímetros), um pintado (90 centímetros) e duas cachorras (65 e 66 centímetros).

 

 

 

 

 

“Nossa estratégia foi diversificar as espécies, depois de pegar o dourado e o pintado, e no finalzinho fisgamos as piraputangas, que deram a nossa vitória. Foi um trabalho de equipe”, disse Bruno Girotto, um dos integrantes da equipe Kakai, formada ainda pelos pescadores Carlos Artur (Cacá) e Ammar Mohamed.

Para o árbitro da prova, Maxwell Antunes Maciel, a competição foi muito rica e o total de peixes capturados e validados comprova que o Pantanal é um dos principais polos de pesca esportiva do Brasil. “O Pantanal é espetacular e seu diferencial está nessa riqueza que é o Rio Paraguai, onde, em pouco mais de seis horas de prova, foi fisgado essa quantidade de peixes”, destacou ele, que dividiu a arbitragem com Adriana da Silva Santana.

Efeito moratória: dourado, cujo abate e transporte estão proibidos por lei estadual, foi a alegria dos pescadores no Rio Paraguai

Respira pesque-solte

Os 121 exemplares capturados e soltos foram assim distribuídos: dourado, 53; pintados, 13; pacu,3; barbado, 14; jurupoca, 5; palmito, 3; jurupessem, 1; piraputanga, 8; curimba,2; cachorra, 19. Ainda no sábado, a prefeitura entregou a premiação até o terceiro lugar e sorteou vários prêmios, dentre os quais um carro, uma moto, um barco de alumínio e dois motores de popa. A prova infantil também terá inúmeros prêmios.

A equipe Kayama IV foi a ganhadora do carro, tendo à frente a pescadora e empresária Joyce Santana. Ela declarou, ao receber o prêmio, que o carro será compartilhado entre a tripulação de um dos seus barcos, que tem o nome da equipe. Sobre o Festival de Pesca, ela disse que o evento é um encontro dos amantes da pesca esportiva: “Corumbá tem que realizar esse congraçamento, somos o maior polo da pesca, aqui respira o pesque-solte”.

 

 

Realizado depois de nove anos, o festival movimentou a Capital do Pantanal, atraindo turistas de Campo Grande e outras cidades do interior e também de outros estados. “Foi um grande evento, a cidade ganha mais visibilidade para o seu principal atrativo, que é a pesca, e esperamos realizar um festival ainda melhor em 2023”, comentou Luís Martins, empresário de hotelaria e pesca, destacando a parceria do Governo do Estado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Foto capa: Débora Bordin AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Big Data: Fundtur MS e Sistema Comércio criam plataforma de inteligência turística
Fotos: Chico Ribeiro BONITO - EVENTO EM SETEMBRO
Bonito vai receber a maior competição de mountain bike do Brasil entre os dias 7 e 10 de setembro
ESPORTES
Desafio Boiadeira - 6 km e 12 km de muita adrenalina, torcida, sorteios e emoção
ESPORTES
Domingo promete muita energia e adrenalina no Desafio Boiadeira da G2 Sports em Bonito
APOSTAS ONLINE
As apostas online com orçamento são possíveis hoje?
Grupo de turista captura peixe de 1,70 m e mais de 60 kg no rio Miranda  Foto: Reprodução/ Dieinis Andochia Rocha BONITO - PESCARIA DEU BOM
Pescador que fisgou peixe de 1,70 m e 60kg em BONITO diz que demorou uma hora para retirá-lo do rio
Katiuscia Fernandes - Subcom MS NO RALLY DOS SERTÕES
Mais uma vez, MS estará na rota do Rally dos Sertões
FOTO: ASSESSORIA BONITENSE EM DESTAQUE
Atleta bonitense é medalhista na 1ª etapa do Campeonato Brasileiro de Canoagem
FOTO: ASSESSORIA BONITO NO FUTEBOL
Equipe do sub-13 de Bonito se classifica para a semifinal da Copa Pelezinho
FOTO: ASSESSORIA BONITO - CONQUISTAS
Bonito conquista duas medalhas de Bronze no Judô dos Jogos Escolares da Juventude