Menu
quinta, 4 de maro de 2021
Busca
BONITO AGUAS DE BONITO JANEIRO
DINHEIRO PÚBLICO

Marun usou verba da Câmara para visitar Eduardo Cunha na prisão

1 Fev 2017 - 08h29Por Correio do Estado

O deputado Carlos Marun (PMDB-MS) usou dinheiro público bancar uma viagem a Curitiba a fim de visitar ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha no Complexo Médico-Penal de Pinhais, na região metropolitana da capital paranaense, em 30 de dezembro do ano passado.

Os recursos saíram da cota para exercício de atividade parlamentar, que só pode ser utilizada para esse fim, e não para ressarcir gastos pessoais. O caso foi revelado pelo jornal O Globo.

Procurado, Marun disse que a viagem teve caráter "solidário" e não "político" e alegou ter havido um erro de seu gabinete ao pedir o ressarcimento dos custos. Em nota, o deputado afirma que vai assumir os R$ 1.242,62 gastos em hospedagem e passagens aéreas pelos quais pediu ressarcimento (veja a íntegra da nota abaixo).

Parte dos ressarcimentos está registrada nas prestações de contas da cota de atividade parlamentar do deputado. Da de dezembro, consta um reembolso de R$ 327,58 por uma passagem de Curitiba para Porto Alegre emitida em 29 de dezembro pela companhia Azul. Da de janeiro, R$ 154,35 por hospedagem no Hotel Rochelle, em Curitiba, nos dias 29 e 30 de dezembro.

O deputado afirma não ter pedido ressarcimento dos gastos com transporte e alimentação feitos durante a viagem.

Eduardo Cunha foi preso por ordem do juiz Sérgio Moro, da 13ª Vara Criminal Federal de Curitiba, em 19 de outubro do ano passado, no processo em que é acusado de receber propina de contrato de exploração de Petróleo no Benin, na África, e de usar contas na Suíça para lavar o dinheiro. A prisão é preventiva, ou seja, por tempo indeterminado. Em dezembro, o ex-parlamentar foi transferido para o complexo médico-penal.

O deputado Carlos Marun foi um dos principais defensores de Cunha durante o processo que resultou na cassação do ex-presidente da Câmara em 12 de setembro.

Veja a íntegra da nota do deputado:

Em relação à visita que fiz no dia 30/12 ao ex-deputado Eduardo Cunha, tenho a declarar o que se segue:

1) Mesmo eu tendo conhecido o ex-deputado em função do meu mandato parlamentar;

2) Mesmo tendo a visita despertado o interesse da grande imprensa nacional e sido objeto de matérias nos principais jornais do país;

3) A mesma não teve caráter político, tendo sido uma visita natalina de caráter solidário;

4) Assim sendo, tendo sido alertado pelo jornal O GLOBO a respeito do assunto, decidi assumir em caráter particular as despesas da mesma, em conformidade com o que se segue:

• Hospedagem: R$ 154,35

• Passagem: R$ 1.088,27

5) Declaro ainda considerar que isto demonstra a absoluta transparência da Câmara Federal no trato das despesas do exercício dos mandatos parlamentares.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - INFORME
ATENÇÃO: Balneário Municipal estará fechado na terça-feira (09) em período integral em Bonito
ALERTA AO CPF
Confira se o seu CPF foi usado de maneira IRREGULAR por desconhecidos
ENERGISA EM BONITO BONITO - MS - ENERGISA
Bonito recebe serviços e ações de melhoria na rede elétrica
FATALIDADE
FATALIDADE: Jovem de 22 anos é atingido por raio e morre em MS
Bodoquena BODOQUENA - PROCESSO SELETIVO
BODOQUENA: Prefeitura abre processo seletivo com salários de até R$ 3.686,38, veja o edital
DETRAN DIGITAL
Detran Digital: proprietários de veículos e condutores agora devem atualizar endereços pela internet
BONITO - MS - DOAÇÃO
Grupo GMAIS doa 03 carrinhos para auxiliar no transporte de materiais esportivos do CMU em Bonito
MIRANDA - AÇÃO DA PMA
PMA doa pescado apreendido para associação que cuida de idosos na cidade de Miranda
Sucuri de quase 8 metros é flagrada por motorista, em Paraíso das Águas (MS).  Foto: Ademir dos Santos Domingues DIA MUNDIAL DA VIDA SELVAGEM
De águia carregando macaco a cascavel em hospital veja os flagrantes que 'bombaram' na internet
ATENÇÃO BONITO
Cadastro do Tarifa Social para sorteio de geladeiras começam nesta sexta-feira em Bonito (MS)