Menu
domingo, 20 de junho de 2021
Busca
BONITO AGUAS DE BONITO JUNHO
NOVA ONDA DE FRIO

Frio de origem polar começa a ser sentido novamente e terá geada

A sensação será de um pouco de frio especialmente à tarde e à noite

6 Mai 2021 - 09h30Por COM CLIMA TEMPO

O ar frio de origem polar começa a ser sentido novamente em Mato Grosso do Sul e nas áreas da centro-oeste e sul de Mato Grosso durante a quinta-feira,  6 de maio. A sensação será de um pouco de frio especialmente à tarde e à noite em todo o centro-oeste e sul de Mato Grosso do Sul. O ar vai refrescar bastante no oeste e sul de Mato Grosso, incluindo a região de Cuiabá. Apesar do aumento da nebulosidade nessas áreas, a chance de alguma chuva é remota. Áreas na fronteira de Mato Grosso do Sul com Paraguai podem ter alguma chuva leve ou garoa. 

As demais áreas do Centro-Oeste continuam quentes e secas durante esta quinta-feira.

Na sexta-feira, 7 de maio, o vento frio de origem polar persiste sobre o Mato Grosso do Sul e se espalha mais sobre o Mato Grosso e também sobre Goiás. Na maioria das áreas desses estados pode ocorrer uma leve queda de temperatura, apenas para diminuir o calor.

Porém, em Mato Grosso do Sul e nas áreas a oeste e sul de Mato Grosso, a sensação de frio aumenta durante a sexta-feira.

O vento frio pode chegar muito fraco até a região de Brasília durante a sexta-feira.

No fim de semana do Dia das Mães, o ar frio já estará saindo do Centro-Oeste do país e a tendência é de rápido aquecimento em todas as áreas. Porém as madrugadas e o amanhecer ainda serão com temperaturas amenas.

EM TODO BRASIL

Uma nova massa de ar frio de origem polar se espalha sobre o Brasil e vai causar queda de temperatura de norte a sul do país nos próximos dias. Mas quem gosta muito do frio, não deve se animar por enquanto. Esta massa de ar frio vai influenciar o Brasil por poucos dias. Mesmo assim, alguns recordes podem acontecer nos estados do Sul, em algumas áreas do Sudeste e também do Centro-Oeste do país e até nas áreas do Norte do Brasil.

Como sempre acontece, o Rio Grande do Sul foi o primeiro a sentir os efeitos dessa nova massa de ar frio. As temperaturas máximas no dia 5 de maio não passaram dos 20°C no Rio Grande do Sul. Em Porto Alegre, a tarde de 5 de maio foi a mais fria do ano até agora, com temperatura máxima de 19°C, pela medição do Instituto Nacional de Meteorologia.

Caminho do ar frio sobre o Brasil

Essa massa de ar frio de origem polar terá um deslocamento continental no início de seu período de atuação. O centro da massa de ar frio, que é a região mais fria do sistema, alcançou o norte da Argentina no dia 5 de maio. Nesta quinta-feira, 6 de maio, o centro do ar frio avança devagar em direção ao Rio Grande do Sul e ao Uruguai fazendo o frio aumentar muito nessas regiões. Mas nessa posição, o ar frio também chega com mais facilidade ao Mato Grosso do Sul e também nas áreas de fronteira com a Bolívia. Por isso, as áreas a oeste de Mato Grosso do Sul, oeste de Mato Grosso, oeste de Rondônia e o sul do Acre vão começar a sentir um vento frio já no decorrer desta quinta-feira.

Caminho do ar frio de origem polar entre 5 e 9 de maio de 2021

Durante a sexta-feira, dia 7 de maio, o centro do ar frio estará passando sobre o Rio Grande do Sul e sobre o Uruguai, o que facilita o espalhamento do frio sobre o Sul do Brasil. Mas até a noite da sexta-feira, o centro do ar frio já estará sobre o oceano, na altura do litoral do Uruguai e da província de Buenos Aires. Durante o sábado, 8 de maio, o centro desta massa de ar frio de origem polar já estará sobre o oceano, próximo ao litoral do Rio Grande do Sul e do Uruguai, e por isso o seu poder de frio sobre o Brasil já será menor. No decorrer do domingo, 9, o centro do ar frio vai se deslocando pelo mar, se afastando do Brasil, permitindo uma diminuição do frio no país.

 

Queda da temperatura mínima no Brasil entre 5 e 9 de maio de 2021

 

Nos mapas, os tons de azul representam as temperaturas mais baixas e os tons de amarelo e vermelho, as temperaturas mais altas

 

Queda da temperatura máxima entre 6 e 9 de maio de 2021

Mesmo se afastando do Brasil, após a passagem desta massa de ar frio, o ar seco combinado com as noites com poucas nuvens vão manter as madrugadas frias em muitas áreas do Sul, Sudeste e em parte do Centro-Oeste.

O vento frio desta massa de ar polar deve chegar ao litoral da Bahia durante a sexta-feira e se intensifica na costa leste do Nordeste no fim de semana do Dia das Mães.

Confira agora como o ar frio vai se espalhar sobre o Brasil, quais as possibilidades de recordes, as áreas onde pode gear e quanto tempo o frio vai ficar por aqui:

Região Sul

A queda de temperatura no Sul do país começou no dia 5 de maio sobre o Rio Grande do Sul. Durante os dias 6 e 7 de maio, quinta e sexta-feira, a temperatura vai cair mais em todos os estados. 

Para esta quinta-feira, 6 de maio, ainda há condições de chuva em algumas áreas ao norte do Rio Grande do Sul, em Santa Catarina e no sul e leste do Paraná. Na sexta-feira, 7, só deve chover no leste do Paraná.

No fim de semana do Dia das Mães, a sensação de frio ainda será grande no Sul do Brasil durante a noite e ao amanhecer, mas a tendência geral já é de elevação de temperatura. O sol predomina. Atenção para o risco de ressaca nos próximos dias.

Região Sudeste

O ar frio de origem polar começa a ser sentido no estado de São Paulo. A queda da temperatura começa a ser sentida em algumas áreas no oeste do estado no decorrer desta quinta-feira. Mas é durante a sexta-feira que o ar esfria em todo o estado de São Paulo e a capital paulista poderá ter a tarde mais fria do ano até agora.

No Rio De Janeiro a quinta-feira é muito quente, mas a temperatura despenca durante a sexta-feira, 7 de maio. A chuva e o vento frio se espalham sobre o estado do Rio de Janeiro fazendo a temperatura baixar de forma geral.

Durante a quinta-feira 6 de maio, o calor ainda vai predominar sobre a região Sudeste do Brasil. mas o vento frio vai começar a ser sentido em áreas do estado de São Paulo. 

Durante a sexta-feira 7 de maio, o resfriamento deve ser geral no Estado de São Paulo e também no Rio de Janeiro, no sul de Minas e na Zona da Mata mineira. As demais áreas da região Sudeste continuam quentes.

Durante o fim de semana, 8 e 9 de maio, o vento frio se espalha sobre a região Sudeste fazendo a temperatura baixar no Espírito Santo em áreas do centro-sul e leste de Minas Gerais. Porém, o ar vai apenas refrescar. Não há expectativa de frio intenso. Mas é claro que no sul de Minas e nas áreas mais elevadas serranas, a sensação de frio será maior.

Região Norte

A nova massa de ar frio de origem polar que avança sobre o Brasil vai conseguir levar o ar frio até o Acre, Rondônia e ao sul do Amazonas. O vento frio vai chegar de forma suave à estas regiões, mas mesmo assim vai conseguir provocar queda da temperatura 

O vento frio já começa a ser sentido em Rondônia e no Acre no decorrer desta quinta-feira, 6 de maio, diminuindo o calor à tarde nesses estados. 

O ar frio vai atuar com mais força sobre o Acre e Rondônia durante a sexta-feira, 7 de maio. A madrugada do sábado, 8, também será com temperatura baixa, mas à tarde já esquenta bastante com o rápido afastamento do ar polar.

Região Nordeste

A frente fria que está trazendo esta nova massa de ar frio de origem polar vai passar pelo litoral sul da Bahia durante o sábado, 8 de maio. As condições para chuva aumentam no sul da Bahia nesse dia.

O ar frio polar não chega de fato a se espalhar sobre o interior do Nordeste, porém, os ventos frios desta massa polar vão soprar moderados a fortes pela costa leste do Nordeste a partir da sexta-feira e principalmente no fim de semana do Dia das Mães. É a intensificação do vento marítimo que vai também intensificar as áreas de instabilidade na costa leste do Nordeste especialmente a partir do próximo domingo.

Geada

Desta vez, as condições para geada vão ficar restritas ao Sul do Brasil.

A madrugada mais fria na Região Sul do Brasil, dentro desta massa de ar frio, deve ser a da sexta-feira, 6 de maio. O dia amanhece gelado e com geada na Campanha gaúcha e nas áreas serranas do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina. Também pode gear em alguns locais do Planalto Sul catarinense.

Com maior ou menor intensidade, essa nova massa de ar frio de origem polar vai causar alguma queda de temperatura em todos os estados da região Sudeste do Brasil. mas o resfriamento não será suficiente para causar geada em áreas como sul de Minas ou mesmo no Estado de São Paulo.

Apesar da queda acentuada de temperatura esperada para o Mato Grosso do Sul, não há expectativa de ocorrência de geada no estado durante a passagem desta massa de ar frio de origem polar. As menores temperaturas no estado deve ficar em torno de 10 graus.

Não há condições para resfriamento intenso com potencial para provocar geada na Região Norte e nem no Nordeste.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Carreta da Justiça atende população de municípios onde não há comarca - Foto: Divulgação BODOQUENA - CARRETA DA JUSTIÇA
Justiça retoma atendimento itinerante gratuito nesta segunda-feira em Ladário e BODOQUENA
NÃO RESISTIU
Jovem de 24 anos morre 73 dias depois de acidente de trânsito
Foto: Saul Schramm MAIS VACINA CHEGANDO
MS recebe novo lote com 97.500 doses da vacina contra Covid-19 neste domingo
FESTA NA PANDEMIA
Com mais de 150 pessoas, festa open bar em chácara é encerrada pela Guarda Municipal
BONITO - MS - AÇÃO DA PMA
PMA de Bonito é acionada mas 'anta' na resiste e morre, ela foi atropelada na rodovia MS-178
Foto: Saul Schramm (Serra de Maracaju) PREVISÃO DO TEMPO
Às vésperas do inverno, Mato Grosso do Sul registra grande contraste nas temperaturas
FOTO: SAD / MS LEILÃO NO MS
Com lotes a partir de R$ 200, SAD fará leilão de 38 lotes de veículos e sucatas de veículos em julho
COVID LUTO - BONITO BONITO - MS - LUTO
BOLETIM: Mulher de 38 anos é mais uma vítima da Covid-19 em Bonito
Turistas 'dão de cara' com onça-pintada descansando em passarela de madeira em MS  Foto: Edir Alves/Foto NO MS É ASSIM
CARA A CARA: Turistas flagram onça-pintada descansando em passarela de madeira em MS
REDE EDUCATIVA - CULTURA
Educativa 104 FM estreia 'Latinidad' e traz aos ouvintes toda cultura musical latina do mundo