Menu
tera, 28 de setembro de 2021
Busca
BONITO AGUAS DE BONITO JUNHO
CONFLITO

Eleição de federação vira caso de polícia

Liminar de juiz impediu impugnação de chapa

2 Ago 2019 - 13h00Por DA REDAÇÃO

Eleição para escolher nova diretoria da Federação dos Trabalhadores do Comércio está acontecendo na manhã desta sexta-feira (2) após muita disputa, em que até a Justiça teve que mediar, duas chapas estão inscritas e uma delas tem como integrante o diretor da federação Idemar Mota, que está na direção há quase 40 anos. Mota é da chapa um, ele tentou impugnar mais de sete sindicatos para que não tivesse concorrentes e continuasse no poder. O conflito foi intenso e viatura da Polícia Militar esteve no local.

A discussão na sede do sindicato está acontecendo desde às 8h e só às 11h a situação foi resolvida.

Advogado que atua na área de leis trabalhistas Ricardo Froz foi nomeado pelo atual presidente da federação Pedro Lima para mediar a eleição. Depois de muita discussão entre integrantes das duas chapas inscritas, ele decidiu atender o pedido de liminar do juiz do Trabalho Mario Luiz Bezerra Salgueiro em que o magistrado determina que todos podem se candidatar, bem como participar da votação para a escolha da nova diretoria.

A discussão era porque a chapa um, que é composta pela atual diretoria, não queria abrir para que outros sindicatos se candidatassem, alegando que estavam com ausência de prestação de contas e que, por estarem impugnados, deveriam obedecer o estatuto da federação, porém, integrantes da chapa dois articularam apoio e judicializaram a questão.

A eleição etá acontecendo na sede da federação que fica na rua Fernando Augusto Corrêa da Costa, 58, Jardim América e após todos votarem, o advogado que está mediando a eleição declarou que a urna será lacrada e levada para juiz apurar os votos e decidir se derruba liminar para cancelar eleição com o objetivo de fazer valer o estatuto da federação.

CONFLITO

Alguns integrantes de outros sindicatos como a Federação dos Professores de Mato Grosso do Sul (Fetems) estavam do lado de fora da federação reclamando que policiais apaisanas não deixaram eles participarem das negociações e que se sentiram oprimidos pela atual diretoria. 

Policiais chegaram a serem acionados e viatura da Polícia Militar estava em frente ao sindicato. O pedido foi feito pelo jurídico da federação Rodolfo Calsone. “Ficamos com receio de acontecer alguma briga e para proteger o patrimônio público, chamamos reforço”, afirmou ele.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Fotos: Filipi Brites / Ascom BONITO - 73 ANOS
Prefeito entrega Portal, reforma de pontes, revitalização da Piraputangas e Letreiro em Bonito
Bombeiros resgatam criança, idosa e mulher de incêndio e ventania em MS RESGATE NO PANTANAL
Família resgatada em meio a incêndio e ventania no Pantanal de MS, perdeu casa e cachorro, ASSISTA
BOLETIM COVID-19 EM MS
Pandemia ainda não acabou e MS registra mais 12 mortes por Covid, confira o boletim
CASO DE POLÍCIA
Bebês são encontrados comendo fezes e vômitos de animais
Fotos: Jardim MS News CORPO DESAPARECIDO
Bombeiros interrompem buscas por corpo de homem desaparecido nas águas do Rio Miranda
Foto: Osvaldo Duarte/Dourados News CASO DE POLÍCIA
Mulher é agredida em discussão e desfere golpe de faca no órgão genital do companheiro
PREFEITO DE BONITO - JOSMAIL RODRIGUES BONITO - PROJETO GAROTO CIDADÃO
Projeto 'Garoto Cidadão' tem o objetivo de promover a inclusão social, prefeito comemora em Bonito
Foto: Nova News TRAGÉDIA
TRAGÉDIA: Motorista de ambulância morre ao sofrer descarga elétrica enquanto prestava socorro
nota ms premiada SORTUDO NOTA MS PREMIADA
Sortudo que ganhou R$ 100 mil no Nota MS Premiada ainda não sacou o prêmio, veja se foi você
Barco onde a vítima e o filho seguiam quando aconteceu o acidente. (Foto: Sidney Assis) - CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS TRAGÉDIA
TRAGÉDIA: Mãe e filho que morreram em acidente não usavam coletes