Menu
segunda, 1 de maro de 2021
Busca
BONITO AGUAS DE BONITO JANEIRO
CASO GRAVE

Dívida de R$ 76 mil da prefeitura coloca em risco a vida do pequeno João Lucas

27 Dez 2016 - 09h12Por Correio do Estado

Dívida de R$ 76 mil entre prefeitura e empresa responsável pelo atendimento médico de João Lucas, de 2 anos e 10 meses, coloca em risco a vida da criança, que deverá ir para o Centro de Tratamento Intensivo (CTI), caso o pagamento não seja efetuado até o dia 10 de janeiro.

Diagnosticado com miopatia metabólica- doença que afeta os músculos, há um ano e meio a criança recebe atendimento em casa. “João tem uma internação domiciliar, só saiu do hospital quando eu consegui o atendimento por meio da Justiça”, pontua a mãe do menino, Mônica Bessa.

Ainda conforme Mônica, o pagamento não é feito desde março, e mesmo assim a empresa não suspendeu o atendimento. “Eles me falaram que até agora deu para manter, mas que não dá mais. Já enviaram notificação de inadimplência à prefeitura e dia 10 não vão mais atender meu filho”, contou ao Portal.

João é atendido por equipe que inclui fisioterapeuta, nutricionista, fonoaudióloga, médico, enfermeiro e permanência de técnico de enfermagem durante 24 horas. Por mês, a despesa com os profissionais gira em torno de R$ 18 mil.

Caso o repasse não seja feito a tempo, João terá que ir para o hospital. “A médica dele disse que vai fazer uma carta para conseguir uma vaga no CTI com urgência, já que está tudo lotado”, ressalta Mônica.

Além da dívida, Mônica conta que há pelo menos quatro meses a prefeitura não arca com remédios e material hospitalar. “Gastamos em torno de R$ 3 mil ao mês, mas isso, apesar de caro, a gente está conseguindo pagar, recebemos doações”, afirma ela.

PROTESTO

Na primeira semana de janeiro, Mônica planeja acampar na frente da prefeitura até que tenha uma resposta sobre a situação. “Eu vou lá, quero uma posição. Antes, o Bernal me atendia e me dava uma posição, mas agora nem atende mais. Não posso mais esperar”, destaca a mãe da criança.

Diante das condições de saúde da criança e da baixa imunidade, uma internação seria muito perigoso. “Ele corre um risco desnecessário de infecção hospitalar. Ele já pegou uma vez. O hospital não vai aceitar meu filho, pois ele está bem”, teme a mãe.

ROTINA

O menino se alimenta por sonda e não está mais enxergando. No mês passado, por meio de nota a assessoria de imprensa da Secretaria Municipal de Saúde Pública (Sesau) informou que o atraso foi decorrente de questões legais, retomada de contrato em período eleitoral foi uma delas.

Ainda conforme a Sesau, o processo estava em análise no departamento administrativo e os pagamentos seriam efetuados.

Deixe seu Comentário

Leia Também

nota ms premiada NOTA MS PREMIADA
Sortudos acertam sena e dividem prêmio de R$ 100 mil da Nota MS Premiada, VEJA SE FOI VOCÊ
Cristiana Oliveira planta sua primeira árvore em balneário de Bonito  Foto: Redes sociais BONITO - MS - JUMA DO PANTANAL
"Povo hospitaleiro, receptivo e amoroso", disse Cristiana Oliveira durante ação social em Bonito MS
BONITO - MS - VACINAÇÃO CONTRA COVID
ESPERANÇA: Dona Maria Lopes recebeu a 1ª dose e seu Geraldo Bento a 2ª dose em Bonito (MS)
BONITO - MS - DESTAQUE NA VEJA
BONITO (MS) é destaque na Edição da VEJA como turismo seguro e adaptado em tempo de pandemia
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Com mutirão nos fins de semana, Agesul conclui também reparos feitos entre Guia Lopes e BONITO
BONITO - MS - PAGODE NA CONTA
TÁ NA CONTA: Servidores já podem sacar salários em Bonito (MS)
BONITO - MS - VACINAÇÃO CONTRA COVID
BONITO: Idosos a partir de 75 anos e profissionais saúde serão vacinados contra COVID neste sábado
BONITO - MS - PEDIDO EXECUTADO
População pediu e prefeitura atende, toldos são instados no ESF do Jardim Bom Viver em Bonito
VACINAS POR MUNICÍPIOS
Confira quantas doses de vacina contra a Covid cada município está recebendo neste 5º lote em MS
Fotos destaque: Divulgação UFMS REGIÃO DO PANTANAL
Parceria vai levar assistência, documentação e benefícios a 8 comunidade ribeirinhas região Pantanal