Menu
quarta, 22 de maio de 2024
Busca
ÁGUAS DE BONITO 2022
Saúde

Boletim Epidemiológico: Mato Grosso do Sul registra 8.677 casos confirmados de dengue

A vacinação contra a dengue é recomendada para crianças e adolescentes entre 10 e 14 anos, 11 meses e 29 dias

16 Mai 2024 - 13h18Por Kamilla Ratier, Comunicação SES

Mato Grosso do Sul já registrou 18.294 casos prováveis de dengue, sendo 8.677 casos confirmados, em 2024. Esses dados foram apresentados no boletim referente à 19ª semana epidemiológica, divulgado pela SES (Secretaria de Estado de Saúde) nesta quinta-feira (16).

Segundo o documento, 18 óbitos foram confirmados em decorrência da doença e outros 15 estão em investigação.

Conforme registros do período, nos últimos 14 dias Juti lidera o ranking dos municípios com alta incidência da doença, seguido por Figueirão, Itaquiraí, Laguna Carapã, Antônio João, Iguatemi, Naviraí, Rio Negro, Brasilândia, Vicentina e Caracol.

Já os óbitos registrados ocorreram nos municípios de Maracaju, Chapadão do Sul, Coronel Sapucaia, Dourados, Laguna Carapã, Naviraí, Sete Quedas, Amambai, Paranhos e Ponta Porã. Entre as vítimas, 9 delas possuíam algum tipo de comorbidade.

Vacinação

Ainda conforme o boletim, 45.369 doses do imunizante já foram aplicadas na população-alvo para a vacinação. Ao todo, Mato Grosso do Sul já recebeu do Ministério da Saúde 101.619 doses do imunizante contra a dengue. O esquema vacinal é composto por duas doses com intervalo de três meses entre as doses.

A vacinação contra a dengue é recomendada para crianças e adolescentes entre 10 e 14 anos, 11 meses e 29 dias de idade, faixa etária que concentra o maior número de hospitalização por dengue, dentro do quadro de crianças e adolescentes de 6 a 16 anos de idade.

Chikungunya

Em relação à Chikungunya, o Estado já registrou 4.571 casos prováveis, sendo 552 confirmados. Não há óbitos registrados. Segundo dados do período compreendido entre a semana epidemiológica 18 até a semana epidemiológica 19, Antônio João apresenta alta incidência da doença, seguido por Figueirão, Itaquiraí, Iguatemi, Rio Negro e Vicentina.

A SES alerta que as pessoas devem evitar a automedicação. Em caso de sintomas de dengue ou Chikungunya, a recomendação é procurar uma unidade de saúde do município.

 

 

Leia Também

Abertas inscrições para o 'I Seminário de Segurança Alimentar e Nutricional de MS' Oportunidades
Abertas inscrições para o 'I Seminário de Segurança Alimentar e Nutricional de MS'
Oficina Ortopédica Itinerante atende 48 pessoas com avaliações e entregas de equipamentos em Bonito Investimento
Oficina Ortopédica Itinerante atende 48 pessoas com avaliações e entregas de equipamentos em Bonito
Bonito realiza outra edição do Curso de Formação Continuada para Lideranças Comunitárias Atenção população
Bonito realiza outra edição do Curso de Formação Continuada para Lideranças Comunitárias
Prefeitura de Bonito manifesta repúdio à prática de vendas enganosas de lixeiras Nota
Prefeitura de Bonito manifesta repúdio à prática de vendas enganosas de lixeiras
Quarta de 32 Graus no Balneário Municipal de Bonito Turismo
Quarta de 32 Graus no Balneário Municipal de Bonito
Descubra as recompensas de jogar Fortune Mouse no cassino online CASSINO ONLINE
Descubra as recompensas de jogar Fortune Mouse no cassino online
Sebrae fecha Semana do Mei com networking Atenção população
Sebrae fecha Semana do Mei com networking
Prefeitura de Bonito lamenta falecimento da servidora Maria Rodrigues Sanches Luto
Prefeitura de Bonito lamenta falecimento da servidora Maria Rodrigues Sanches
Cantor sertanejo Milionário, que tinha dupla com José Rico, é internado após sofrer AVC Sertanejo
Cantor sertanejo Milionário, que tinha dupla com José Rico, é internado após sofrer AVC
Com 160 expositores, Showtec apresenta em Maracaju novas tecnologias e serviços Agro
Com 160 expositores, Showtec apresenta em Maracaju novas tecnologias e serviços
Bonito Informa
Avenida 09 de Julho 2135 - Centro - Bonito/MS/MS
(67) 99638-6610rogerio@bonitoinforma.com.br
© Bonito Informa. Todos os Direitos Reservados.