Menu
ASSOMASUL MAIO 2019
sexta, 24 de maio de 2019
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Educação

STF julga no dia 17 carga horária dos professores

3 Mar 2011 - 15h18Por Campo Grande News

Está marcado para o dia 17 de março, às 13h (MS), o julgamento da ADI 4167 (Ação Direta de Inconstitucionalidade) ajuizada pelos governadores do Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Mato Grosso do Sul e Ceará contra a chamada Lei do Piso, que estabeleceu que nenhum professor pode receber menos de R$ 950 por uma carga de 40 horas semanais.

 No início deste ano, o Rio Grande do Sul perdeu o interesse em mover a ação, mas o ministro Joaquim Barbosa negou o pedido de desistência.

 Para os governadores, a lei causa despesas exageradas e força novas contratações.

 No caso de Mato Grosso do Sul, o questionamento é com relação à carga horária. O governo é contra a dedicação de 1/3 das 40 horas para planejamento, fora de aula.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - NA CÂMARA
Vereador convida população bonitense para a primeira votação do projeto jovem aprendiz nesta segunda
BONITO - MS - VALORIZANDO A ZONA RURAL
Valorizando a zona rural, prefeitura conclui reforma de ponte na fazenda Furna Dourada em Bonito
TODO CUIDADO É POUCO
Homem morre quando mexia no celular na Capital do MS
MOEDAS DE GORJETAS
Mulher compra carro com R$ 76 mi de moedas que juntou por 10 anos
Bonito
12 produtores vão arcar com reparação de áreas para resolver turbidez de rio de Jardim e Bonito (MS)
CRISE NO BRASIL
Governo de MS só tem garantia de pagar salário em dia até junho
OPORTUNIDADE NO MS
Em MS, Prefeitura abre inscrições para contratação de auxiliares de enfermagem
BONITO - MS - OBRAS
Obras constrói novas sarjetas para escoamento de água das chuvas em Bonito (MS)
CONTRA A LAVA JATO
De MS, Beto, Bia e Vander votaram para tirar Coaf de Sérgio Moro
BONITO - MS - MAIS UM EMPOSSADO
Prefeito dá posse a motorista aprovado no concurso público em Bonito (MS)