Menu
ITALÍNEA DOURADOS
quarta, 14 de novembro de 2018
KAGIVA
Busca
Educação

STF julga no dia 17 carga horária dos professores

3 Mar 2011 - 15h18Por Campo Grande News

Está marcado para o dia 17 de março, às 13h (MS), o julgamento da ADI 4167 (Ação Direta de Inconstitucionalidade) ajuizada pelos governadores do Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Mato Grosso do Sul e Ceará contra a chamada Lei do Piso, que estabeleceu que nenhum professor pode receber menos de R$ 950 por uma carga de 40 horas semanais.

 No início deste ano, o Rio Grande do Sul perdeu o interesse em mover a ação, mas o ministro Joaquim Barbosa negou o pedido de desistência.

 Para os governadores, a lei causa despesas exageradas e força novas contratações.

 No caso de Mato Grosso do Sul, o questionamento é com relação à carga horária. O governo é contra a dedicação de 1/3 das 40 horas para planejamento, fora de aula.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS - AÇÃO NA FAVELINHA
Polícia faz ação em ‘favelinha’ em busca de criminosos em Dourados
BONITO - MS - DINHEIRO NA CONTA
Prefeitura deposita a 1ª parcela do 13º salário aos servidores em Bonito (MS)
ATENÇÃO BONITO (MS)
Secretaria divulga período de matrículas e rematrículas em Bonito (MS)
CIDADES
Filho de 22 anos ameaça pai que negou dinheiro de mesada em MS: 'Vou voltar aqui com uma pistola'
TURISMO
MS está entre os finalistas do Prêmio Nacional do Turismo
SEGURANÇA PÚBLICA
Agentes de MS se capacitam em intervenção e escolta prisional de alto risco
CRIME NA CAPITAL
Diarista suspeita de participar de latrocínio é morta na frente da filha
TEMPO E TEMPERATURA
Predomínio de sol e chuva forte em algumas regiões à tarde em MS
AÇÕES DO GOVENO DO MS
A pedido de Reinaldo, recuperação da principal ferrovia de MS será prioridade de Bolsonaro
CIDADES
Operação contra tráfico de drogas em escolas prende cinco em MS