Menu
ASSOMASUL MARÇO
sbado, 23 de maro de 2019
mutantes
Busca
ITALÍNEA DOURADOS
Educação

STF julga no dia 17 carga horária dos professores

3 Mar 2011 - 15h18Por Campo Grande News

Está marcado para o dia 17 de março, às 13h (MS), o julgamento da ADI 4167 (Ação Direta de Inconstitucionalidade) ajuizada pelos governadores do Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Mato Grosso do Sul e Ceará contra a chamada Lei do Piso, que estabeleceu que nenhum professor pode receber menos de R$ 950 por uma carga de 40 horas semanais.

 No início deste ano, o Rio Grande do Sul perdeu o interesse em mover a ação, mas o ministro Joaquim Barbosa negou o pedido de desistência.

 Para os governadores, a lei causa despesas exageradas e força novas contratações.

 No caso de Mato Grosso do Sul, o questionamento é com relação à carga horária. O governo é contra a dedicação de 1/3 das 40 horas para planejamento, fora de aula.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - AÇÃO NECESSÁRIA
Em Bonito, Defesa Civil e SAS removem moradores em Águas do Miranda
BONITO E JARDIM - MS
Governo estabelece regras para aprovação de projetos no Rio da Prata em Jardim e Formoso Bonito (MS)
GERAL
PM do Estado por meio do BOPE lançará edital para 2° Curso de Especialização em Negociação Policial
POLÍCIA
Para mulher reatar, homem envia foto com facão e filha de 2 anos no colo em MS
POLÍTICA
Tribunal vai julgar habeas corpus de Temer na próxima quarta-feira
CULTURA
Fundação de Cultura inaugura ‘Espaço Jorapimo’ com obras inspiradas em Lídia Baís
JUSTIÇA
Plenário do STF mantém exigências para porte de arma por juízes
MEIO AMBIENTE
“Objetivo é proteger mananciais”, diz Reinaldo sobre Rio da Prata e Formoso
NIOAQUE - MS
Lançado em 2015, Nioaque tem seu Vale dos Dinossauros ainda quase intocável
POLÍCIA
Operação prende mãe e filho que comandavam tráfico de drogas em Jardim