Menu
ITALÍNEA DOURADOS
domingo, 27 de maio de 2018
KAGIVA
Busca
POSTO PRAÇA
Educação

STF julga no dia 17 carga horária dos professores

3 Mar 2011 - 15h18Por Campo Grande News

Está marcado para o dia 17 de março, às 13h (MS), o julgamento da ADI 4167 (Ação Direta de Inconstitucionalidade) ajuizada pelos governadores do Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Mato Grosso do Sul e Ceará contra a chamada Lei do Piso, que estabeleceu que nenhum professor pode receber menos de R$ 950 por uma carga de 40 horas semanais.

 No início deste ano, o Rio Grande do Sul perdeu o interesse em mover a ação, mas o ministro Joaquim Barbosa negou o pedido de desistência.

 Para os governadores, a lei causa despesas exageradas e força novas contratações.

 No caso de Mato Grosso do Sul, o questionamento é com relação à carga horária. O governo é contra a dedicação de 1/3 das 40 horas para planejamento, fora de aula.

Deixe seu Comentário

Leia Também

GREVE DOS CAMINHONEIROS
Reinaldo anuncia redução na pauta fiscal do diesel a partir de 1º de junho
GREVE DOS CAMINHONEIROS
Sem ração, mais de 50 mil frangos morrem por causa da greve dos caminhoneiros
ENCHENTES NO RIO PARAGUAI
Enchente do rio Paraguai faz prefeitura de Corumbá decretar situação de emergência
ENGROSSOU O CALDO
Petroleiros do Pais inteiro anunciam greve "Vamos parar todas as Refinarias"
GREVE DOS CAMINHONEIROS
Governador Reinaldo Azambuja convoca reunião e admite avaliar redução do ICMS do diesel
BONITO - MS - POLÍCIA EM AÇÃO
Em 48h, PM faz 16 atendimentos de ocorrências policiais com prisões em flagrante em Bonito (MS)
GREVE DOS CAMINHONEIROS
Liminar manda liberar acesso à distribuidora de combustível na Capital
BONITO - MS - AÇÃO POLICIAL
Polícia prende pessoas que tomavam banho na fonte da praça em Bonito (MS)
GREVE DOS CAMINHONEIROS
STF autoriza uso de força para desbloqueio de rodovias e impõe multa a quem descumprir decisão
BONITO - MS - COPA COM TV NOVA
OKA vai sortear 02 TVs de 60 polegadas em comemoração ao aniversário de 4 anos em Bonito