Menu
KAGIVA
quarta, 20 de junho de 2018
ITALÍNEA DOURADOS
Busca

Guia sobre aves do Pantanal e do Cerrado será lançado em MS

12 Mar 2011 - 17h32Por Midiamax

 Com 1.832 espécies catalogadas, o Brasil é um dos três países com maior número de espécies de aves do mundo. O turismo de observação de aves tem mostrado um grande potencial para a economia local em diversas regiões do país, e contribui também para a conservação do meio ambiente.

Como forma de estimular as pessoas a observar e proteger a exuberante fauna de aves do Brasil, a Wildlife Conservation Society (WCS) e a Editora Horizonte lançam o Guia Aves do Brasil: Pantanal & Cerrado.

O lançamento acontece no dia 29 de março, em Miranda, durante o ‘Workshop WCS de Capacitação para Condução de Observadores de Aves no Pantanal', que acontece entre os dias 28 e 31 de março.

O workshop tem o objetivo de capacitar a mão de obra local para o atendimento de visitantes nacionais e internacionais que procuram a região para a prática de observação de aves. O curso é voltado para profissionais que já atuam em turismo, como guias, monitores e condutores. Ele tem duração de 30 horas, incluindo aulas práticas e teóricas. Mais informações pelo site www.edhorizonte.com.br ou pelo telefone (11) 3022-5599.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CIDADES
IFMS divulga aprovados na graduação e chama para matrícula a partir de sexta
ESPORTES
Atleta de MS avança para fase principal de etapa do Mundial na República Tcheca
COPA 2018
Neymar volta a treinar, e Tite deve repetir equipe titular contra a Costa Rica
EM FAZENDA
Homem é atacado por touro no Pantanal e é resgatado por helicóptero
SANEAMENTO
Terceirização da Sanesul pode sair ainda nesse ano, diz Azambuja
REPERCUSSÃO
Assédio a mulher na Rússia envergonhou Brasil, diz ministro do Esporte
ECONOMIA
Venda direta de etanol pode reduzir preço para o consumidor nos postos
BONITO - MS -OBRAS
Prefeitura de Bonito vai reformar ponte sobre o Córrego Roncador
CRIME ORGANIZDO
Armamento encomendado pelo PCC da Bahia é apreendido em MS
BONITO INFORMA RUAL
Mussarela e queijo minas ficam 10% mais caros na entressafra do leite