Menu
KAGIVA
quinta, 16 de agosto de 2018
ITALÍNEA DOURADOS
Busca

Governo pedirá R$ 35 milhões para arrumar pontes em MS

18 Mar 2011 - 10h25Por Campo Grande News

O governo do Estado entregará amanhã em Brasília um relatório pedindo R$ 35 milhões para substituir quatro pontes de madeira destruídas pelas chuvas dos últimos dias e outras 30 que foram danificadas. A intenção é trocar todas por pontes de concreto.

Somente na divisa de Nova Andradina e Ribas do Rio Pardo, mais de 2.000 famílias estão isoladas desde a queda de três pontes em estradas vicinais.

Coordenador da Defesa Civil, Coronel Ociel Ortiz Elias viaja na madrugada de sexta-feira para entregar o relatório feito pelo secretário Wilson Cabral (Obras Públicas e de Transportes) das pontes destruídas e danificadas.

“O governador André Puccinelli pediu para priorizarmos as estradas e pontes para escoar a produção agrícola”, explicou o secretário.

Produtores rurais que tiveram grandes prejuízos na safra de soja por conta das chuvas ininterruptas, agora enfrentam dificuldade para escoar os grãos já que as estradas e pontes estão intransitáveis.

Na semana passada, em visita a Mato Grosso do Sul, o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, anunciou o repasse emergencial de R$ 5 milhões, após sobrevoar a região de Aquidauana.

Só que o governo estadual calculou que a chuva causou prejuízos de R$ 110 milhões.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - ATENÇÃO MÃES
Dia 'D' contra poliomielite e sarampo será neste sábado em Bonito (MS)
MEIO AMBIENTE - JARDIM E BONITO
A condenação do rio da Prata, essencial para a biodiversidade em Jardim e Bonito (MS)
LOTERIA
Sul-mato-grossense ganha R$ 1 milhão na loteria da Caixa
STOCK CAR 2018
Bons retrospecto em MS anima pilotos da Cavaleiro Sports
CASO DE POLÍCIA
Boliviana denuncia estupro de criança de 8 anos em fazenda no Pantanal
CIDADES
Na contramão do nacional, MS registra queda na mortalidade materna
POLÍTICA
Para eleitores, 2º turno a presidente será entre Bolsonaro e Alckmin
POLÍTICA
Aprovado projeto que proíbe pedófilos de concorrer em concurso estaduais
SAÚDE
CFM lança código de ética para estudantes de medicina
ECONOMIA
Empresários brasileiros buscam ampliar parcerias com o Paraguai