Menu
BONITO_PREFEITURA_FEVEREIRO_2019
tera, 19 de fevereiro de 2019
mutantes
Busca
ITALÍNEA DOURADOS

175 pessoas morreram nas rodovias federais do país durante o feriadão

25 Abr 2011 - 15h02Por Folha.com

As rodovias federais do país registraram menor número de ocorrências durante o feriado prolongado de Tiradentes e de Páscoa, se comparado com o Carnaval deste ano, segundo a PRF (Polícia Rodoviária Federal).

De terça-feira (19) até domingo (24), foram 3.861 acidentes e 2.274 feridos -- em ambos os casos, uma redução de 7% em relação ao Carnaval. A redução do número de mortos foi ainda maior: foram 175, 18% a menos do que no feriado anterior.

A embriaguez de motoristas, entretanto, foi bem próxima dos números do Carnaval mesmo se tratando de um feriado religioso. Mais de 28 mil motoristas foram submetidos ao bafômetro e 754 foram reprovados no teste. Desses, 309 acabaram presos em flagrante.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, a comparação tem de ser feita com o Carnaval (e não com a Páscoa de 2010, por exemplo) por causa do número de dias de ambos os feriados, o que aumenta o fluxo de veículos nas estradas. Em relação ao Carnaval de 2010, a violência nas estradas foi maior.

A diminuição foi atribuída, pela PRF, principalmente a dois fatores: mais campanhas de conscientização dos motoristas e maior número de policiais nas estradas. Foram somadas, no feriado, duas operações policiais: a Operação Tiradentes e a Operação Páscoa.

Apesar da redução, o inspetor da PRF Giovanni Di Mambro, que apresentou os números, disse que não há motivos para considerar que exista uma tendência de diminuição da violência nas estradas. Na verdade, a probabilidade é de aumento de ocorrências.

Segundo ele, apesar do aumento de veículos no país, não houve a construção de nenhum eixo viário importante nem investimentos significativos na estrutura das rodovias ou na educação do motorista. "Rodovia segura não é rodovia sem buraco", disse.

A PRF destacou também que os 400 postos da polícia relataram aumento do volume médio diário de veículos. Como resultado, houve grandes índices de lentidão nas estradas --na rodovia Fernão Dias, que liga São Paulo a Belo Horizonte, o engarrafamento chegou a 80 km, segundo a PRF.

O inspetor Di Mambro afirmou que no Brasil morrem, diariamente, 20 pessoas por 100 mil habitantes em acidentes de trânsito, número considerado "inaceitável". A meta para o país até 2020 segundo política da ONU é reduzir as mortes a 14 por 100 mil habitantes

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - HORÁRIOS E LOCAIS
Confira os locais e horários das provas do Concurso Público em Bonito (MS)
TEMPO E TEMPERATURA
Terça-feira será de sol na maior parte do Estado, mas chuva pode vir à tarde
SAÚDE
Combate a hanseníase: Carreta da Saúde segue por MS e estaciona em Jardim
GERAL
Em MS, 54 mil trabalhadores nascidos em março e abril podem sacar o PIS a partir de quinta-feira
POLÍCIA
PM cumpre dois mandados de prisão e recaptura um evadido do Sistema Prisional em Guia Lopes
POLÍCIA
Polícia Militar apreende 35 pacotes de cigarros contrabandeados em Nioaque
BONITO - MS - SAÚDE
Projeto Roda-Hans/Carreta da Saúde atende amanhã em Bonito
GERAL
Municípios interessados em sediar eventos da Fundesporte devem apresentar propostas até 1º de março
DEFESA SANITÁRIA
Em MS, médicos veterinários cadastrados para coleta de mormo recebem capacitação
ESPORTES
FCMS e Fundesporte abrem inscrições para o primeiro curso de Arbitragem em Canoagem do MS