Menu
domingo, 17 de janeiro de 2021
Busca
BONITO AGUAS DE BONITO JANEIRO

175 pessoas morreram nas rodovias federais do país durante o feriadão

25 Abr 2011 - 15h02Por Folha.com

As rodovias federais do país registraram menor número de ocorrências durante o feriado prolongado de Tiradentes e de Páscoa, se comparado com o Carnaval deste ano, segundo a PRF (Polícia Rodoviária Federal).

De terça-feira (19) até domingo (24), foram 3.861 acidentes e 2.274 feridos -- em ambos os casos, uma redução de 7% em relação ao Carnaval. A redução do número de mortos foi ainda maior: foram 175, 18% a menos do que no feriado anterior.

A embriaguez de motoristas, entretanto, foi bem próxima dos números do Carnaval mesmo se tratando de um feriado religioso. Mais de 28 mil motoristas foram submetidos ao bafômetro e 754 foram reprovados no teste. Desses, 309 acabaram presos em flagrante.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, a comparação tem de ser feita com o Carnaval (e não com a Páscoa de 2010, por exemplo) por causa do número de dias de ambos os feriados, o que aumenta o fluxo de veículos nas estradas. Em relação ao Carnaval de 2010, a violência nas estradas foi maior.

A diminuição foi atribuída, pela PRF, principalmente a dois fatores: mais campanhas de conscientização dos motoristas e maior número de policiais nas estradas. Foram somadas, no feriado, duas operações policiais: a Operação Tiradentes e a Operação Páscoa.

Apesar da redução, o inspetor da PRF Giovanni Di Mambro, que apresentou os números, disse que não há motivos para considerar que exista uma tendência de diminuição da violência nas estradas. Na verdade, a probabilidade é de aumento de ocorrências.

Segundo ele, apesar do aumento de veículos no país, não houve a construção de nenhum eixo viário importante nem investimentos significativos na estrutura das rodovias ou na educação do motorista. "Rodovia segura não é rodovia sem buraco", disse.

A PRF destacou também que os 400 postos da polícia relataram aumento do volume médio diário de veículos. Como resultado, houve grandes índices de lentidão nas estradas --na rodovia Fernão Dias, que liga São Paulo a Belo Horizonte, o engarrafamento chegou a 80 km, segundo a PRF.

O inspetor Di Mambro afirmou que no Brasil morrem, diariamente, 20 pessoas por 100 mil habitantes em acidentes de trânsito, número considerado "inaceitável". A meta para o país até 2020 segundo política da ONU é reduzir as mortes a 14 por 100 mil habitantes

Deixe seu Comentário

Leia Também

VACINA NO MS - CORONAVÍRUS
Mato Grosso do Sul recebe 97 mil doses de vacina contra Covid-19 e vacinação começa na quarta-feira
TRAGÉDIA
TRAGÉDIA: Homem morre após sofrer descarga elétrica em MS
BOLSA FAMÍLIA BOLSA FAMÍLIA 2021
Bolsa Família volta a ser pago nesta segunda com novos valores, confira o calendário
ETAPAS DA VACINA EM MS
Confira como será as primeiras fases da campanha de vacinação contra o coronavírus em MS
Geraldo Resende irá buscar vacinas em São Paulo - Foto: Álvaro Rezende / Arquivo / Correio do Estado VACINA NO MS - CORONAVÍRUS
VACINA NO MS: Geraldo Resende embarca para buscar vacinas contra a Covid em São Paulo
VACINA PELA VIDA
Enfermeira da linha de frente é a primeira pessoa ser vacinada contra Covid-19 no Brasil
VACINAS APROVADAS
Anvisa aprova uso emergencial de vacina de Oxford e da Coronavac
BONITO - MS - ALERTA AOS MOTORISTAS
ATENÇÃO BONITO: Estrada Rodovia do Turismo está interditada devido à chuva, veja o que fazer
Veículo com escrita contra Bolsonaro em protesto. (Foto: Silas Lima)  - CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS MANIFESTAÇÃO EM CAMPO GRANDE
PROTESTO NA CAPITAL: Carreata na Afonso Pena pede 'vacina já' e "fora Bolsonaro"
JARDIM - CASO DE POLÍCIA
JARDIM: Homem é preso após incendiar carro por dívida de R$ 50