Menu
tera, 21 de setembro de 2021
Busca
BONITO AGUAS DE BONITO JUNHO
TURISMO

Em Jardim, viva a experiência de voar sobre o fundo do Rio da Prata

1 Ago 2019 - 13h21Por CAMPO GRANDE NEWS

O mergulho é como voar sobre o fundo do rio na companhia de variadas espécies de peixes e plantas aquáticas (Foto: Marcelo Krause)
O mergulho é como voar sobre o fundo do rio na companhia de variadas espécies de peixes e plantas aquáticas (Foto: Marcelo Krause)

Mergulhar de cabeça, corpo e alma, não no sentido figurado, mas no sentido real da palavra. Se atirar em águas não tão profundas, ainda assim desafiadoras, e explorar o universo submerso da natureza, suas belezas, formas e cores, tudo muito além da nossa zona de conforto. É o que você terá pela frente ao viver a experiência do mergulho com cilindro de ar comprimido no Rio da Prata, em Jardim, a 237 km de Campo Grande.

O cenário é perfeito em um dos principais polos do turismo de natureza do Brasil. Mergulhar nas águas azuis do Rio da Prata em uma profundidade entre 5 e 7 metros é como voar sobre o fundo do rio na companhia de variadas espécies de peixes e plantas aquáticas. É ter a chance de observar de perto imensos paredões de pedra e formações rochosas em uma paisagem subaquática completamente diferente do que temos na superfície.

Os encantos do lugar já começam pelas águas transparentes na área do deque de onde você inicia o mergulho com cilindro, na Fazenda Cabeceira do Prata, a 36 km do centro de Jardim e a 50 km de Bonito. Estando na região, o acesso é pela rodovia Bonito/Jardim (MS-178) ou pela rodovia BR-267, Km 518.

“O ponto de partida do passeio está belíssimo, bem diferente daquelas águas turvas que vimos no primeiro semestre deste ano”, lembrou Carla Layane, assessora de imprensa do Grupo Rio da Prata, responsável pelo Recanto Ecológico Rio da Prata, referindo-se ao período chuvoso no mês de janeiro deste ano, quando o Rio da Prata sofreu o impacto direto de terras de estradas vicinais arrastadas por enxurradas.

Logo na chegada ao deque de pedra, o visitante recebe informações básicas e também os equipamentos inclusos no pacote vendido a R$ 283 por pessoa na alta ou na baixa temporada. Lá, funcionários do atrativo auxiliam os exploradores subaquáticos a se equiparem, e só depois disso começa a atividade no rio.

Se você não tem certificação de mergulho, irá passar por uma modalidade chamada Mergulho Batismo, realizada em dupla ou individual com o acompanhamento de um instrutor para quem nunca mergulhou na vida nem fez nenhum curso, mas é possível fazer o passeio em grupos de até quatro pessoas por instrutor, mediante apresentação da certificação de mergulho autônomo. O mergulho tem duração de 40 minutos na água.

 

Foto feita na manhã desta quarta-feira, 31, no deque de pedra, local do início do passeio, mostra a transparência das águas do Rio da Prata (Foto: Ivan Gonçalves Bento)Foto feita na manhã desta quarta-feira, 31, no deque de pedra, local do início do passeio, mostra a transparência das águas do Rio da Prata (Foto: Ivan Gonçalves Bento)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Veja mais sobre o mergulho com cilindro:

+ O agendamento do mergulho pode ser feito nas agências de turismo de Bonito e Jardim. No preço de R$ 283 por pessoa não inclui o transporte, que também pode ser reservado nas agências.

+ No valor estão inclusos: roupa de neoprene (5 mm, mangas longas e pernas curtas), máscara, equipamento de mergulho completo, seguro de acidentes pessoais vigente somente durante o passeio e acompanhamento de instrutor de mergulho credenciado no atrativo.

+ Tem restaurante no Recanto Ecológico Rio da Prata, localizado na sede da Fazenda Cabeceira do Prata, com almoço a base de comida típica a R$ 56 por pessoa, além de bar, loja de souvenirs e aluguel de máquina subaquática GoPro. No local são aceitos os cartões VISA, AMEX, Mastercard e Dinners.

 
Mergulhador, equipado com cilindro, faz sinal de positivo enquanto passeia rodeado de peixes no Rio da Prata (Foto Ivan Gonçalves Bento)Mergulhador, equipado com cilindro, faz sinal de positivo enquanto passeia rodeado de peixes no Rio da Prata (Foto Ivan Gonçalves Bento)

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - NATUREZA PURA
Arrastão da limpeza foi realizado no córrego Restinga, vamos cuidar de Bonito (MS)
VISITA EM BONITO
Durante visita, Ministro de Turismo é agraciado com o Prêmio Piraputanga em Bonito (MS)
Comunicação Governo MS CULTURA
Festival Cultural do Chamamé de Mato Grosso do Sul integra Brasil, Paraguai, Argentina e Chile
Foto: Reprodução/Campo Grande News SE A MODA PEGA
Mulher grava vídeo após espancar companheiro e pergunta: 'A noitada foi boa?'
Cláudio começou a se aventurar com a bicicleta há três anos (Foto: Arquivo pessoal) NO PEDAL ATÉ BONITO
Apaixonado por pedalar, Claúdio deu uma 'louquiada' e pedalou quase 300Km para chegar em Bonito (MS)
RETOMADA - TURISMO MS
Durante 45 dias, MS promove turismo no evento Shopping de Viagens Agaxtur em SP
RETOMADA NO TURISMO
RETOMADA: Prefeituras terão apoio para eventos geradores de fluxo no montante de R$ 1 milhão
O corpo da capivara boiava sobre o rio, por causa do alimento sendo ingerido.  Foto: Juca Ygarapé/Arquivo Pessoal AQUI É BONITO - MS
Sucuri digerindo animal é flagrada por empresário em rio de águas cristalinas em Bonito (MS)
AUXÍLIO DO TURISMO EM MS
Auxílio de R$ 1.000 reais aos profissionais de turismo começam ser pagos hoje pelo Governo de MS
TURISMO - A RETOMADA
Prosseguir: Setor de turismo recebe três anúncios positivos para a retomada