Menu
sexta, 5 de maro de 2021
Busca
BONITO AGUAS DE BONITO JANEIRO
VACINA NO MS - CORONAVÍRUS

Mato Grosso do Sul recebe 97 mil doses de vacina contra Covid-19 e vacinação começa na quarta-feira

As primeiras 97 mil doses da vacina Coronavac para imunizar os grupos prioritários

17 Jan 2021 - 18h30Por Paulo Fernandes, Subcom

As primeiras 97 mil doses da vacina Coronavac para imunizar os grupos prioritários chegam a Mato Grosso do Sul nesta segunda-feira (18). Já a vacinação terá início na quarta-feira (20).

Nessa primeira etapa serão vacinados os idosos com mais de 60 anos que moram em instituições como casas de repouso, além de indígenas e trabalhadores da área da saúde que estão na linha de frente contra a pandemia de Covid-19.

Seguindo determinação do governador Reinaldo Azambuja, o secretário de Estado de Saúde Geraldo Resende viajou neste domingo (17) a Guarulhos (SP) para participar do ato simbólico de recebimento, às 7h (horário de Brasília) de amanhã (18). Os imunizantes serão trazidos por uma aeronave da Força Aérea Brasileira (FAB).

A autorização do uso emergencial das vacinas Coronavac e de Oxiford foi comemorada pelo governador Reinaldo Azambuja. “A aprovação é uma importante conquista para a ciência e para o povo brasileiro. Entendo que não há nenhuma outra tarefa mais urgente do que esta: imunizar o mais rápido possível toda a população para a retomada da economia e, principalmente, para salvar vidas! Já temos a logística construída para que a vacinação em nosso estado se inicie imediatamente após o recebimento das doses da vacina e distribuição aos 79 municípios, pois temos pressa em parar de perder vidas, reduzir os riscos de comprometimento grave do sistema de saúde e recuperar os empregos”, disse o governador.Secretário Geraldo Resende explica que vacinação iniciará com idosos, indígenas e profissionais de saúde

Geraldo Resende explicou que todos os municípios receberão em até 48 horas o imunizante. A distribuição dentro do estado será feita pelo Corpo de Bombeiros e pelas Polícias Civil e Militar. “Nosso plano é audacioso. Estamos muito alinhados para iniciar a vacina às 10h na quarta-feira conforme combinado com o Ministério da Saúde. Nós temos um plano de distribuição dessas vacinas em 24 horas ou, no máximo, em 48 horas. Certamente vai ser destinado a todos os municípios do Estado”, disse o secretário.

Ainda neste domingo, as vacinas serão trasladadas do Instituto Butantan para o depósito do Ministério da Saúde em Guarulhos. Na segunda-feira, os imunizantes deverão ser embarcados pela Força Aérea Brasileira (FAB) para serem entregues aos estados.

Em Mato Grosso do Sul, a chegada, sem horário definido, será no Aeroporto Internacional de Campo Grande. Polícia Federal e Polícia Rodoviária Federal farão a escolta do caminhão até o pátio da Coordenação Estadual de Vigilância Epidemiológica (Ceve). Depois, a distribuição será feita pelas forças estaduais.

Deixe seu Comentário

Leia Também

EM CIDADE DE MS
Cidade de MS tem 15 dias de medidas restritivas e lockdown em 02 fins de semana
VACINA CONTRA COVID-19
Com mais 100 doses, idosos a partir de 75 anos serão vacinados nesta sexta-feira em Bonito (MS)
BOLETIM CORONAVÍRUS EM MS
Mulher de 39 anos está entre os óbitos das últimas 24h em Mato Grosso do Sul, veja o boletim
Coronel Adib Massad, durante uma das visitas à Dourados. (Foto: Arquivo/O Progresso) LUTO NO MS
LUTO: Morre aos 91 anos o coronel Adib Massad, lenda da segurança nas fronteiras de MS
ALERTA NO MS
ALERTA: Confirmado primeiro caso da variante de Manaus no MS
BONITO - MS - PROJETO
Projeto Movimente Seu Bairro realiza programação em comemoração a semana da mulher em Bonito
MAIS VACINAS CHEGANDO
Ministério da Saúde envia sexta remessa com 27,8 mil doses de vacina contra o coronavírus para MS
luto CORONAVÍRUS EM MS
Mais 20 famílias choram em dia que covid tira a vida de homem de 32 anos em MS
FAKE NEWS
SES desmente fake news e esclarece vídeo de camas hospitalares guardadas no Albano Franco
Foto: Divulgação | Prefeitura de Laguna Carapã COMBATE AO CORONAVÍRUS
Para conter Covid-19, cidade de MS mantém proibição de eventos e até de sinuca