Menu
sŠbado, 19 de setembro de 2020
Busca
BONITO AGUAS DE BONITO
FRENTE FRIA CHEGANDO

Frente fria traz chuva e muda o tempo no fim de semana em Mato Grosso do Sul

Frente fria traz chuva e muda o tempo no fim de semana em Mato Grosso do Sul

15 Set 2020 - 13h38Por Correio do Estado

Calorão, tempo seco e estiagem que marcaram o inverno sul-mato-grossense devem se despedir do Estado neste fim de semana, com a chegada de uma frente-fria que mudará o tempo em Mato Grosso do Sul.

De acordo com o Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima (Cemtec), uma grande fria deve atingir o Brasil nos últimos dias de inverno, entre os dias 19 e 23 de setembro.

Até lá, a massa de ar quente e seco deve se intensificar em todas as áreas de Mato Grosso do Sul, com calor de 40°C e umidade abaixo de 15%.

No sábado, a frente fria começa a impactar o clima do Estado e há previsão de pancadas de chuva, especialmente nas regiões sudoeste. Para Campo Grande a previsão é de chuvisco neste dia.

Domingo, as precipitações continuam também em alguns pontos da região do Pantanal, que sofre com queimadas.

Acumulado maior é esperado para segunda-feira (21), entre a tarde e noite, quando a chuva deve ocorrer de forma mais espalhada, atingindo as demais regiões do Estado.

Não há expectativa de chuva ampla ou generalizada, nem que ela ocorra por vários dias, mas será suficiente para aumentar a umidade e aliviar o clima de deserto que Mato Grosso do Sul se encontra há cerca de um mês. 

Quanto aos termômetros, não deve fazer frio, mas haverá diminuição do calor extremo, com temperaturas amenas e mínima de 19°C. Em Campo Grande, temperaturas devem oscilar entre 20°C e 32°C no fim de semana.
 
Umidade de 10%

De hoje até sexta-feira (18), os dias quentes influenciados por uma grande massa de ar seco continuam predominando em Mato Grosso do Sul.

Nesta segunda-feira (14), Campo Grande registrou umidade de 10%, índice considerado estado de emergência e extremamente prejudicial à saúde. 

Com este índice, a Capital foi a segunda cidade mais seca do Brasil, atrás apenas de Novo Repartimento (PA), que registrou 7%.

Também entraram no ranking de mais secas os municípios de Costa Rica (11%), São Gabriel do Oeste (11%), Água Clara (11%), Cassilândia (12%) e Sonora (12%).

Durante esta semana, a variação de umidade relativa do ar será de 90% a 10%.

Ingerir muito líquido, umidificar ambientes com aparelhos, reservatórios de água ou toalhas molhadas, evitar exposição direta ao sol, fazer refeições leves, evitar banhos quentes que ressecam a pele, usar hidratantes corporais, redobrar atenção com crianças e idosos, estão entre as recomendações para aliviar o desconforto nos dias secos.  

Semana terá predomínio de céu claro a parcialmente nublado, com calorão de quase 40°C.

Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) tem três alertas vigentes para o Estado, sendo de perigo potencial para vendaval, com ventos entre 40 e 60 km/h; perigo para onda de calor, com temperaturas 5°C acima da média; e grande perigo para umidade relativa do ar abaixo de 12%.

Deixe seu Coment√°rio

Leia Também

BONITO - MS - BOLETIM COVID-19
Homem de 64 anos é a 7ª vítima de coronavírus em dia de mais 05 confirmados em Bonito (MS)
FOGO NO PANTANAL
Governo reduz focos de incêndio no Pantanal de MS e controla fogo no Parque Estadual do Taquari
SEM CONTROLE
SEM CONTROLE: Aquidauana registra 52 óbitos e 1805 casos confirmados de Covid-19
COVID-19
Bonito registra mais 11 novos casos de covid-19
COVID-19
MS ocupa h√° mais de um m√™s o 1¬ļ lugar no ranking de transpar√™ncia nacional sobre coronav√≠rusMato Gro
COVID-19
Bonito registra mais 7 novos casos de covid-19
A√á√ēES DO GOVERNO DE MS
Governo de MS isenta de ICMS produtos contra Covid-19 doados à Justiça Eleitoral
Escolas particulares estão liberadas para receber alunos de educação infantil e berçário - Valdenir Rezende VOLTA AS AULAS
Prefeitura confirma aulas presenciais nas escolas particulares a partir de 21 de setembro
LUTO NO MS
Ex-secretária de Administração, Thie Higuchi morre vítima da covid
LUTO NA M√öSICA
Cantor Parrerito, do Trio Parada Dura, morre vítima de covid-19