Menu
quarta, 24 de fevereiro de 2021
Busca
BONITO AGUAS DE BONITO JANEIRO
VACINAÇÃO

Baixa procura faz campanha contra gripe seguir até 6 de junho

26 Mai 2017 - 10h26Por Correio do Estado

Campanha de vacinação contra influenza será prorrogada até o dia 6 de junho. Dados da Secretaria Estadual de Saúde (SES) indicam que apenas 58,71% do público prioritário chegou a ser imunizado antes do fim da campanha em Mato Grosso do Sul.

Conforme a último boletim de vacinação Coordenadoria de Vigilância Epidemiológica (CVE), apenas 104.654 da meta de 197.737 pessoas chegaram a ser vacinadas, quantidade que equivale a apenas 52% de cobertura vacinal.

No Brasil, nenhum grupo prioritário ainda atingiu a meta e a cobertura de imunização está em apenas 63,3%. O Ministério da Saúde alerta para que as pessoas busquem as unidades de saúde antes do inverno chegar.  

Conforme avaliação do município, Estado e Governo Federal, a baixa adesão tem haver com a pouca conscientização das pessoas sobre a importância de se imunizar.

Para a SES, como neste ano não aconteceram epidemias ou situações que comprometessem a campanha, a busca, consequentemente, foi menor.

De acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela SES, desde o início do ano até o dia 24 de maio não foram confirmados nenhum caso de H1N1, 38 casos da influenza H3N2, dois casos da Influenza A não sub-tipada e três de Influenza tipo B em todo estado.

Nestes cinco meses também foram confirmados dois casos de óbitos, um por causa da influenza H3N2, em Campo Grande, e outro pela Influenza A não sub-tipada, no município de Rio Verde do Mato Grosso.  

Já no ano passado, a situação era bem diferente. Em 2016, surto fora de época do vírus com 103 mortes confirmadas causou tumulto nas unidades de saúde, tanto públicas como privadas.

No entanto, mesmo que neste ano as circunstâncias sejam diferentes, a coordenadora Nacional do Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde, Carla Domingues, alerta sobre a importância do público-alvo se imunizar dentro do prazo de vacinação para evitar a gripe e seus possíveis agravamentos.

“É importante que a população da campanha se vacine neste período para ficar  protegida quando o inverno chegar. A vacina demora 15 dias para fazer efeito no organismo, por isso o Ministério da Saúde planeja a campanha antes do inverno, período de maior circulação dos vírus da influenza”, declarou Domingues em nota oficial divulgada ontem pelo Ministério da Saúde.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - DURANTE REUNIÃO
Protocolos que serão aplicados na reabertura da Gruta do Lago Azul são apresentados em Bonito
À esquerda, Patrícia Ribeiro (Diretora Executiva do Hospital Municipal de Naviraí), Josemar Tomazell COLAPSO NA SAÚDE
Com 100% Leitos ocupados, prefeitura de MS já admite a possibilidade de decidir por Lockdown
CORONAVÍRUS NO MUNDO
Ainda pouco conhecida, síndrome rara pode atingir jovens e crianças com Covid-19
VACINAÇÃO CONTRA COVID-19 EM MS
Reforço na campanha contra Covid, Ministério da Saúde envia 300 mil agulhas seringas à MS
EMEI Lafayete Câmara de Oliveira, em Campo Grande (MS)  Foto: Google Street View CORONAVÍRUS NO MS
Escola tem 7 funcionários que testam positivo para Covid-19 e local é desinfetado em MS
BONITO - MS - BOLETIM COVID-19
1.407 já foram recuperados da covid, confira o boletim das últimas 24h em Bonito (MS)
BONITO - MS - PASSAGEM AÉREA DE FAUNA
Para evitar atropelamento de animais, 'passagem' será feita em dois pontos na região de Bonito
Dengue fez primeira vítima fatal do ano em Dourados - Crédito: Arquivo/Divulgação/CCZ DENGUE MERECE ATENÇÃO
DENGUE faz sua 1ª vítima fatal de 2021
Darci faleceu após dois dias intrernado por descarga elétrica (Foto: Arquivo Pessoal) FATALIDADE
FATALIDADE: Trabalhador morre após receber descarga elétrica de 35 mil volts
CORONAVÍRUS NO MS
Pacientes de Covid em leitos de UTI ultrapassa leitos clínicos e ocupação hospitalar volta subir