Menu
quinta, 2 de julho de 2020
Busca
BONITO AGUAS DE BONITO
FIQUEM ATENTOS

Veja se o seu CPF foi usado e como denunciar a fraude

Veja se o seu CPF foi usado e como denunciar a fraude

5 Jun 2020 - 15h16Por G1

O programa de Auxílio Emergencial está dando dor de cabeça em muita gente - mesmo em muitas pessoas que sequer pediram o benefício. Fraudadores estão utilizando o CPF de terceiros para fazer o cadastramento no programa, e obter recursos indevidamente.

É possível saber, pelo site do programa, se o seu CPF foi usado indevidamente para cadastro no Auxílio Emergencial e, em caso positivo, denunciar a fraude.

Veja como checar e denunciar fraudes:

1) Acesse o site do Dataprev

Para saber se o CPF foi usado indevidamente para requerer o Auxílio Emergencial é preciso fazer uma consulta no site da Dataprev, acessando este link: https://consultaauxilio.dataprev.gov.br/consulta/#/

Consulta para saber se o CPF foi usado para requerer o Auxílio Emergencial deve ser feita no site da Dataprev  Foto: ReproduçãoConsulta para saber se o CPF foi usado para requerer o Auxílio Emergencial deve ser feita no site da Dataprev — Foto: Reprodução

2) Insira os dados solicitados

Para a consulta, é necessário inserir o CPF, nome completo, nome da mãe e data de nascimento. Em seguida, clique em 'Não sou robô" e "Enviar".

Dados consulta Dataprev  Foto: Reprodução/DataprevDados consulta Dataprev — Foto: Reprodução/Dataprev

Para quem não solicitou o benefício, o resultado da pesquisa no site da Dataprev deve ser “Requerimento não encontrado”.

Auxílio emergencial não encontrado  Foto: Reprodução/DataprevAuxílio emergencial não encontrado — Foto: Reprodução/Dataprev

Caso o CPF tenha sido usado para solicitar o Auxílio, a mensagem deverá mostrar que o benefício está em processamento, foi aprovado, não aprovado, requerimento retido ou dados inconclusivos. Em qualquer um desses casos, houve pedido feito com seus dados.

Auxílio em processamento  Foto: Reprodução/DataprevAuxílio em processamento — Foto: Reprodução/Dataprev

4) Denuncie

Caso o site informe o registro do pedido - e não tenha sido você - a orientação é denunciar a fraude. Isso pode ser feito diretamente ao Ministério da Cidadania por meio dos telefones 121 ou 0800-707-2003.

A denúncia também pode ser feita diretamente em qualquer agência da Caixa Econômica Federal (CEF).

Código recebido por SMS

Outro indicador de fraude é receber uma mensagem no celular informando um código de solicitação do benefício. O código é enviado quando a pessoa faz o seu cadastro na solicitação do Auxílio Emergencial, mas a Caixa Econômica Federal (CEF) alerta que a mensagem enviada a quem não requereu o benefício pode ser uma isca para algum tipo de golpe.

"O recebimento de código não solicitado é um método de ataque comum para levar o usuário a clicar ou ligar para os agentes fraudulentos", informou a CEF ao Blog do Altieres Rohr.

O Programa

Criado em abril pelo governo federal para minimizar os efeitos da crise financeira provocada pela pandemia do novo coronavírus, o Auxílio Emergencial de R$ 600 é destinado a trabalhadores informais, desempregados, MEIs e contribuintes individuais do INSS, maiores de idade e que cumpram requisitos de renda média de meio salário mínimo por pessoa, ou de até três salários mínimos por família.

Até o dia 26 de maio, a Controladoria-Geral da União apurava a suspeita de fraude em cerca de 160 mil pagamentos do benefício. Já no dia 2 de junho, o Tribunal de Contas da União estimou que cerca de 8 milhões de pessoas tenham recebido a ajuda indevidamente. Até a mesma data, a Caixa Econômica Federal havia recebido 106,3 milhões de cadastros, dos quais 59 milhões eram elegíveis ao pagamento e 11 milhões ainda aguardavam a análise do pedido.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ELEIÇÕES 2020
Câmara aprova em 1º turno adiamento das eleições municipais de 2020
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Rota Bioceânica: aberta licitação para projeto de acesso a ponte sobre o Rio Paraguai
POLÍTICA
Empresário Josmail Rodrigues é escolhido pré-candidato a prefeito de Bonito pelo PSB
SORTUDOS NO NOTA PREMIADA
Prêmio principal do Nota MS vai para 04 acertadores, Confira se foi você
HOJE TEM SORTEIO
CPF na nota?, consumidores que incluíram CPF na nota concorrem a mais 300 mil neste sábado
CASO QUEIROZ
Queiroz negocia delação premiada com o Ministério Público
BONITO - MS - DECRETO CONTINUA
Decreto continua e volta às aulas vai seguir determinação do Estado, anuncia prefeitura de Bonito
BONITO - MS -
Guias entregam manual de boas práticas e falam sobre expectativas para reabertura de Bonito (MS)
Foto: Governo da província de Córdoba/Fotos Públicas AÇÕES DO GOVERNO DO MS
Estado cria comitê para monitorar e definir eventuais ações de combate a gafanhotos
BONITO - MS - AÇÕES
Retroescavadeira é o 28º veículo entregue pela Prefeitura em 4 anos em Bonito (MS)