Menu
quarta, 24 de fevereiro de 2021
Busca
BONITO AGUAS DE BONITO JANEIRO
MUNDO DOS FAMOSOS

“Mascarado”, Luan Santana pesca no Pantanal

12 Abr 2017 - 09h35Por Portal da Educativa

O cantor e ídolo sertanejo, Luan Santana após apresentação de mais um show na tradicional feira de Agropecuária Campo Grande/MS, a Expogrande 2017, aproveitou a vinda à  sua terra natal, para voltar a origens e passou   este o último final de semana pescando no rio Paraguai. Sempre humilde e de pouco espalhafato, o “gurizinho” de Jaraguari, como era conhecido (cidadezinha  perto de Campo Grande,  onde seus avós moravam e ele passou parte da infância) só não passou batido em sua pescaria no alto rio Paraguai, em pleno  Pantanal Sul-Mato-Grossense,   porque postou  em sua  rede social as  fotos de sua pescaria  totalmente  “mascarado”. O cantor sertanejo usava nas fotos uma “máscara preta” nas fotos postadas, aguçando e chamando atenção e  despertando  a curiosidade de seus milhares de fãs e admiradores.

 A “máscara preta” de Luan Santana não é um “pano” qualquer…

Os entendidos  em mascara como a usada pelo cantor  na pescaria no pantanal dizem que  a mesma “não é um pano qualquer, é  conhecido pelo nome de Buff, geralmente é um tecido bem fino, alguns com proteção UV outros sem a proteção”. Pelo tecido do  buff utilizado por ele, é possível respirar sem problemas  e muita gente utiliza como proteção tanto do sol, quanto do frio, quanto de “iscas artificiais Voadoras”. Geralmente  quem pesca em barcos abertos  ou mesmo utilizando kaiaks, seja  em mar, represas ou rios onde não há nenhuma proteção (coberturas), o uso de camisas longas, e do buff é essencial. E como muita gente que usa iscas artificiais utilizam o buff também  para proteger, caso esteja tirando o peixe e de repente a isca se soltar, geralmente vem voando na sua cara, e um óculos e o buff  contribuem contra  esse tipo de acidentes.  No caso da dele a  “máscara preta” (buff)  serve para proteger também  do frio da  manhã e à tarde quando o barco está em movimento.  Mas também protege, principalmente do sol, nas áreas mais delicadas e difíceis de se passar o protetor solar, como orelhas e parte da nuca, por exemplo.  Mesmo assim como se nota nas fotos do cantor, deve-se passar o protetor solar também, pois a máscara não exclui o protetor, dizem os entendidos em buff. A “mascara” serve ainda para proteger   o rosto contra respingos de água em navegação costeira, areia que fica na parte da frente do barco e de mosquitos, principalmente à tardinha, quando no navegar do barco, em locais onde tem muito mosquito e eles acabam se chocando contra seu rosto.

Muitos pescadores que optam por esse tipo de proteção, usam barcos rápidos e um besouro a mais de 70 km por hora, pode fazer   um belo estrago num choque eventual.

Protege também contra iscas artificiais que por ventura possam atingir o rosto. Os tecidos usados na fabricação desse tipo de proteção são diversos, e vão desde algodão  (bandanas) ou   até alguns mais sofisticados que usam tecidos sintéticos muito leves e de secagem rápida, como a que  Luan Santana aparenta estar usando.

A origem do nome  Buff está  atrelado a uma marca destes tubos, que tem o nome americano de TUBE NECK ou traduzindo tubo de pescoço. Também é muito usado por motociclistas, pilotos de carros, esquiadores e etc, lógico que com propriedades diferentes, podendo no caso de um cantor ou  atleta muito muito famoso,  torna-lo desconhecido,  em pleno rio Paraguai ou mesmo numa praia com muitas pessoas.

Nas redes sociais o próprio Luan Santana  além de compartilhar as fotos “mascarado”  da pescaria no pantanal em sua conta pessoal na rede social Instagram escreveu para delírio de seus fãs: “Não canso de admirar, de agradecer. Meu Brasil é lindo demais. Obrigado de novo, Pantanal Sul Mato-grossense”. A mensagem esta  na legenda de uma das fotos em que utilizava a “máscara preta de caveira”. A foto já ultrapassou mais de 200 mil curtidas e mais de 5.000 mil comentários.

Em 2013, em outra pescaria Luan e seu tambaqui. Foto: Instagram

Não é a primeira vez que o artista mostra que gosta de visitar o pantanal em suas redes sociais. No ano de 2014 ele já havia feito o mesmo e em 2013 postou uma foto com um tambaqui de 7kg que havia pescado.

Recentemente o cantor sul-mato-grossense de 26 anos, atingiu 57 milhões de visualizações no vídeo da música “Acordando o prédio”, que contou com a participação do youtuber Whindersson Nunes.

Hoje, ninguém chama Gurizinho pelo apelido de infância. Ele faz sucesso com o nome de batismo, Luan Santana. Segundo dados da Som Livre, a gravadora responsável por seus lançamentos, o cantor vendeu mais de 8 milhões de discos e DVDs em 10 anos de carreira, somando os mercados físico e digital. Um número que deverá aumentar consideravelmente com seu novo álbum já nas lojas e estourando nas rádios de todo o país.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

(Foto: divulgação / PRF) REGIÃO DE MIRANDA - MS
Carro com registro de roubo no RJ cai em área alagada e motorista foge na região de MIRANDA
Tiro disparado por assaltantes acertou o vidro dianteiro do motorista - Crédito: André de Abreu VÍDEO - ASSISTA
VÍDEO: Câmeras registraram tentativa de assalto que terminou com major baleado
BONITO - MS - AÇÃO DA PMA
Pecuarista é autuado por desmatamento ilegal de vegetação nativa para plantio de soja em Bonito
BONITO - MS - PASSAGEM AÉREA DE FAUNA
Para evitar atropelamento de animais, 'passagem' será feita em dois pontos na região de Bonito
Marlei Aparecida dos Santos e o filho Nickson Rosa Loveira, durante o embarque. BONITO - MS - SERVIÇO MILITAR
'Coração apertado', mãe se emociona ao entregar filho para servir o serviço militar por Bonito
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Motoniveladoras entregues pelo Estado potencializam a agricultura familiar, dizem prefeitos
LEILÃO NO MS
LEILÃO para vender bens apreendidos com o tráfico continua com lances a partir de R$ 100 reais
BONITO - MS - NA LISTA
BONITO na lista, Governo de MS entrega 28 motoniveladoras e 127 viaturas nesta segunda-feira
TRAGÉDIA NAS ESTRADAS
ACIDENTE FATAL: Passageira morre após carreta carregada de soja tombar na BR-163
Moradores colocaram areia e pedaço de metal em local onde mulher foi achada morta FEMINICÍDIO EM MS
CRUELDADE: Mulher de 47 anos é morta com facada nas costas