Menu
quinta, 5 de agosto de 2021
Busca
BONITO AGUAS DE BONITO JUNHO
Crime Organizado

Maior investigação da história do crime organizado denuncia 175 do PCC

11 Out 2013 - 09h01Por Estadão

Depois de três anos e meio de investigação, o Ministério Público Estadual (MPE) de São Paulo concluiu o maior mapeamento da história do crime organizado no País, com um raio X do Primeiro Comando da Capital (PCC). Por fim, denunciou 175 acusados e pediu à Justiça a internação de 32 presos no Regime Disciplinar Diferenciado - entre eles, toda a cúpula, hoje detida em Presidente Venceslau.

As provas reunidas pelos promotores do Grupo Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco) permitiram a construção de um retrato inédito e profundo da maior facção criminosa do País. Os promotores reuniram escutas, documentos, depoimentos de testemunhas e informações sobre apreensões de centenas de quilos de drogas e de armas. O Estado teve acesso aos documentos e a milhares de áudios que formam o maior arquivo até hoje reunido sobre o grupo.

O MPE flagrou toda a cúpula da facção em uma rotina interminável de crimes. Ela ordena assassinatos, encomenda armas e toneladas de cocaína e maconha. Há planos de resgate de presos e de atentados contra policiais militares e autoridades. O bando faz lobby e planeja desembarcar na política.

Presente em 22 Estados do País e em três países (Brasil, Bolívia e Paraguai), a "Família" domina 90% dos presídios de São Paulo. Fatura cerca de R$ 8 milhões por mês com o tráfico de drogas e outros R$ 2 milhões com sua loteria e com as contribuições feitas por integrantes - o faturamento anual de R$ 120 milhões a colocaria entre as 1.150 maiores empresas do País, segundo o volume de vendas. Esse número não inclui os negócios particulares dos integrantes, o que pode fazer o total arrecadado por criminosos dobrar.

A principal atividade desenvolvida pela facção é tráfico de drogas. Chamado de Progresso, prevê ações no atacado e no varejo. No último, a facção reunia centenas de pontos de venda espalhados pelo País. Eles são chamados de "FM". No caso da cocaína, os bandidos mantêm um produto de primeira linha, o "100%" e o "ML", que é a droga batizada, de segunda linha. A maconha é designada nas conversas com o nome de Bob Esponja. A droga do PCC vem do Paraguai e da Bolívia. Os três principais fornecedores de drogas para o PCC seriam o traficante paraguaio Carlos Antonio Caballero, o Capilo, e os brasileiros Claudio Marcos Almeida, o Django, Rodrigo Felício, o Tiquinho, e Wilson Roberto Cuba, o Rabugento.

Deixe seu Comentário

Leia Também

GUIA LOPES DA LAGUNA - PRF
Após fuga, polícia encontra veículo abandonado com mais de 1 tonelada de maconha em Guia Lopes
AÇÃO DA PMA
Homem é multado em R$ 50 mil por desmatamento ilegal e vegetação protegida de matas ciliares do Lago
BONITO - AÇÃO DA GUARDA MUNICIPAL
Guarda Municipal combate mais de 20 focos de incêndio só no mês de julho em Bonito
Bombeiros controlam incêndio no carro do motorista de aplicativo  Foto: José Aparecido/TV Morena POR POUCO
Motorista de aplicativo sequestrado é tirado de porta-malas antes de carro ser tomado por chamas
POLÍCIA
Homem é encontrado durante a madrugada por garota de programa todo ensanguentado em MS
AÇÕES DA PMA
PMA autua pescador profissional em R$ 13 mil por várias infrações cometidas
Tatyane Santinoni, Agepen AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Governo amplia número de vagas do último concurso da Agepen
MS EM DESTAQUE
Com destaque nacional, MS já dispõe da imunização completa de mais de 6 mil policiais
Na ocasião, estiveram presentes várias autoridades. Foto: Filipi Brites  Ascom CURSO DE MERGULHO CBMMS
Solenidade realizada em Bonito, marca início do 1º Curso de Mergulho em Caverna realizado pelo
BONITO - MS - AÇÃO DA PMA
PMA atende 02 incêndios em menos de 24h e alerta população para tempo seco em Bonito (MS)